Esqueceu a senha?

Gabrielli diz estar “protegido por orixás”

por Artigo compilado - sáb jan 09, 5:55 pm

Gabrielli nega acusação de Cerveró e diz estar “protegido por orixás”

Ex-presidente da Petrobras disse que não participou de um suposto esquema de desvios para pagar despesas de campanha do PT.

Gabriela Korossy/Câmara dos DeputadosO ex-presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielli, negou ter participado de um esquema de desvios para pagar despesas de campanha de Jaques Wagner ao governo da Bahia, em 2006.

Em entrevista ao jornal “Folha de São Paulo”, o ex-dirigente disse que está “protegido pelos orixás” e que as acusações do ex-diretor da área internacional da estatal, Nestor Cerveró, são infundadas.

Cerveró responsabilizou Gabrielli pela transferência da parte financeira da empresa para Salvador, “sem haver nenhuma justificativa, pois havia espaço” na sede do Rio de Janeiro. De acordo com o ex-diretor, recursos da Petrobras foram desviados durante a operação.

Segundo o jornal, Gabrielli rebateu as acusações de Cerveró e disse que a denúncia “é incoerente do ponto de vista da lógica” porque o novo escritório foi erguido depois da eleição de Jaques Wagner. “É juntar informações disparatadas para tentar construir um discurso absolutamente fantasioso”, declarou.

NOTA: Perguntaram “Por que o CACP, sendo um site de apologética, publica tantos artigos sobre política?”. Eu explico, entendemos que um país corrupto e sem liberdades, afeta toda a nossa vida cristã, nos rechaçando o direito basilar de existencialidade. Entendemos também que a esquerda, por ser anti-cristã, deve ser combatida como uma heresia. Também consideramos partidos como o PT, PSTU, PCO e outros de esquerda, não são somente partidos políticos, mas organizações religiosas ou anti-religiosas que precisam ser rebatidas e refutadas como qualquer heresia improdutiva e luciférica.

Fonte: http://noticias.portalvox.com/politica/2016/01/gabrielli-nega-acusacao-de-cervero-e-diz-estar-protegido-por-orixas.html


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement