- CACP – Ministério Apologético - http://www.cacp.org.br -

Governo instala censura contra o povo brasileiro

ditadura pt

Narcoditadura do Foro de São Paulo instala censura contra o povo brasileiro

As ações para o controle e censura da internet está em plena execução na narcoditadura da terrorista Dilma Rousseff. Em uma cerimônia no Palácio do Planalto, a soberana búlgara recebeu os representantes do Google, Facebook e Twitter, no lançamento da arapuca totalitária chamada de Pacto Nacional de Enfrentamento às Violações de Direitos Humanos na Internet.

É o Foro de São Paulo atuando junto com seus parceiros metacapitalistas na implantação do governo mundial, pronto para destruir as liberdades individuais de toda a população terrestre.

Dilma: é preciso conciliar liberdade de expressão e direitos individuais

A presidente da República, Dilma Rousseff, disse nesta terça-feira, 07, em cerimônia no Palácio do Planalto, que “é tarefa urgente conciliar liberdade de expressão com a garantia de direitos individuais com respeito à diversidade”. O discurso foi feito durante o lançamento do Pacto Nacional de Enfrentamento às Violações de Direitos Humanos na Internet. “Redes sociais têm sido palco de manifestações de caráter ofensivo, preconceituoso”, disse a presidente, para quem o anonimato da internet encoraja a prática de abusos.

Em um mundo em que “parte cada vez maior das interações tem ocorrido em ambiente digital” a presidente defendeu que regras do “mundo online” sejam as mesmas do “mundo offline”. A presidente disse querer que as redes sociais sejam campo de críticas e debates, não de violência verbal. “Vamos juntos promover uma internet livre, pacífica e segura, regida pelos princípios da tolerância e respeito”, chamou a presidente. “Queremos que as redes sociais sejam campo de críticas e debates, não de violência verbal”, disse.

Dilma reiterou que o governo tem “compromisso inabalável” com a liberdade de expressão e que o País terá regras claras que estabelecem o que pode e o que não pode ser retirado da internet. A presidente anunciou ainda a criação da primeira ouvidoria de direitos humanos online.

Extraído do site http://radiovox.org

[1] [2]Compartilhar [3]