Esqueceu a senha?

Grupo de evangélicos cobra saída de petistas

por Artigo compilado - qua abr 17, 2:06 pm

Dispostos a apoiar a permanência do deputado Marco Feliciano (PSC-SP) no comando da Comissão de Direitos Humanos, um grupo de  evangélicos lotou a sala da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara para cobrar a saída dos deputados José Genoino (PT-SP) e João Paulo Cunha (PT-SP).

Os dois petistas foram condenados no ano passado pelo Supremo Tribunal Federal pelos crimes do mensalão. Na semana passada, após ouvir pedidos de líderes partidários para deixar a presidência da comissão, Feliciano, em tom de ironia, disse que só renunciaria se os petistas deixassem a Comissão de Constituição e Justiça.

Mesmo sendo alvo de protestos e manifestações que o acusam de homofobia e racismo, Feliciano argumenta que foi eleito democraticamente e tem apoio para ficar no cargo. Ele nega as acusações de homofobia e racismo.

Na CCJ, os manifestantes estão sentados e com cartazes. Não há tumulto. Eles são da Assembleia de Deus do Gama, cidade próxima de Brasília.

Genoino, que estava na sala no início da sessão, deixou o local.

“Incoerente é Genoino e João Paulo estarem na CCJ. Nada é mais absurdo do que isso”, disse Carlos Almeida, vigilante, que participa do protesto.

Extraído da folha em 17/04/2013


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

1 Comentário

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Quem sabe, agora, os evangélicos acordem e não apoiem mais a um partido cuja a ideologia e anti-cristã?

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement