- CACP – Ministério Apologético - http://www.cacp.org.br -

Gueiros, fundador da Igreja Cristã Maranata, é preso

O pastor e fundador da Igreja Cristã Maranata (ICM), Gedelti Gueiros, foi preso nesta segunda-feira (24), na Praia da Costa, Vila Velha, Grande Vitória (ES). O pastor é acusado de estar envolvido na caso de desvio dos dízimos de fieis.

“Falar o que? Não tem muito o que falar, não sei o que está acontecendo, não sei por que estou sendo preso”, disse Gedelti, segundo o G1.

De acordo com a polícia, dez mandatos foram expedidos contra membros da igreja, dentro os quais oito foram cumpridos pelo Grupo de Operações Táticas (GOT) e dois se apresentaram espontaneamente.

Entre os que receberam a ordem de prisão incluem: Antônio Angelo Pereira dos Santos, Antonio Carlos Rogrigues de Oliveira, Antonio Carlos Peixoto, Amadeu Loureiro Lopes, Carlos Itamar Coelho Pimenta e Jarbas Duarte Filho.

Eles foram primeiro encaminhados para exames no Departamento Médico Legal (DML) e depois para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Viana, na Grande Vitória.

Os membros seguiam participando da administração da ICM e realizando estelionato de forma indireta, segundo informou o promotor de Justiça Paulo Panaro.

O pastor Arlínio de Oliveira teve decretada a prisão domiciliar, segundo o delegado Eduardo Chaddour.

Os líderes da ICM respondem por denúncias de crimes de estelionato, formação de quadrilha e duplicata simulada, feitas pelo Ministério Público Estadual (MPES) à Justiça.

Eles teriam participado de um esquema de desvio do dinheiro da igreja em um montante que chega a R$ 24 milhões, segundo o MPES.

A polícia interditou a sede do presbitério da Maranata, em Vila Velha. O interventor da instituição, Júlio Cezar Costa, recebeu ordem judicial de destituição.

Extraído do site christianpost.com em 26/06/2013

[1] [2]Compartilhar [3]