Esqueceu a senha?

Hawking critica a idéia de que há vida após a morte

por Pr. Natanael Rinaldi - dom set 09, 5:01 pm

O jornal O ESTADO DE SÃO PAULO* publicou uma notícia sobre o cientista mundialmente conhecido por nome HAWKING que nega haver vida depois da morte. Diz a notícia: “O renomado físico britânico Stephen Hawking afirmou, em entrevista no jornal THE GUARDIAN, que a idéia de que há uma espécie de paraíso após a morte é um ‘conto de fadas’ de gente que tem medo do escuro”. Hawking voltou a afirmar seu rechaço às crenças religiosas. Ele defende que o ser humano não experimenta mais nada a partir do momento em que o cérebro deixa de funcionar. O cientista também disse que a doença neurodegenarativa que o afeta, a esclerosa lateral amiotrófica, fez com que ele passasse a aproveitar mais a vida, apesar das limitações que a enfermidade impõe. Finalmente ele termina dizendo: “Considero o cérebro um computador que deixará de funcionar quando seus componentes falharem. Não há paraíso ou vida depois da morte para computadores.”.

PR. NATANAEL: Não está sendo arrogante esse cientista em se manifestar sobre assuntos não ligados às suas pesquisas e emitir opiniões descabidas?

A propósito, a Bíblia não se omite sobre tais pessoas que, embora se digam sábias, emitem opiniões descabidas em assuntos que não lhe dizem respeito. I Corintios 1:19 – “Porque está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios, E aniquilarei a inteligência dos inteligentes. 20 – Onde está o sábio? Onde está o escriba? Onde está o inquiridor deste século? Porventura não tornou Deus louca a sabedoria deste mundo? 21 – Visto como na sabedoria de Deus o mundo não conheceu a Deus pela sua sabedoria, aprouve a Deus salvar os crentes pela loucura da pregação. 22 – Porque os judeus pedem sinal, e os gregos buscam sabedoria; 23 – Mas nós pregamos a Cristo crucificado, que é escândalo para os judeus, e loucura para os gregos. 24 – Mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, lhes pregamos a Cristo, poder de Deus, e sabedoria de Deus. 25 – Porque a loucura de Deus é mais sábia do que os homens; e a fraqueza de Deus é mais forte do que os homens.

O cientista em apreço se manifestou sobre vários pontos negativos considerando que nós cremos em ‘contos de fadas’. Pode citar uma das declarações dele que podem ser consideradas descabidas?

Comparar a vida humana biológica, que ainda tem sentimentos, emoções, razão, inteligência com peças de computador é até irônico e ridículo partindo de Hawking! Será que um computador tem atributos de personalidade? Uma pessoa humana, criada à imagem e semelhança de Deus ser comparada a um computador, é uma asneira que jamais poderia ser pronunciada por um cientista. É a pergunta do texto bíblico: – “Onde está o sábio? Onde está o escriba? Onde está o inquiridor deste século? Porventura não tornou Deus louca a sabedoria deste mundo?”

Que outra declaração dele que também é descabida e irreverente?

É a forma jocosa de declarar que crer-se no paraíso celestial é coisa de “conto de fadas”. Quer dizer que Jesus, ao declarar que ele ia para a casa do Pai, e que seus seguidores também iriam estar no mesmo lugar, tal promessa de Jesus seria um conto de fadas? João 14:2 – “Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar. 3 – E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.” Também o apóstolo Paulo quando enumera suas revelações falando do terceiro céu como sinônimo do paraíso celestial, também estava enganando seus leitores com um conto de fadas? II Corintios 12:2 – “Conheço um homem em Cristo que há catorze anos (se no corpo, não sei, se fora do corpo, não sei; Deus o sabe) foi arrebatado ao terceiro céu. 3 – E sei que o tal homem (se no corpo, se fora do corpo, não sei; Deus o sabe) 4 – Foi arrebatado ao paraíso; e ouviu palavras inefáveis, que ao homem não é lícito falar.”

Ainda diz o cientista arrogante que quem crê no paraíso celestial é pessoa que “tem medo do escuro”. Isso não é pedantismo de pessoa ignorante das coisas que os olhos não vêem?

Sim. Diz a Bíblia: I Corintios 2:7 –“Mas falamos a sabedoria de Deus, oculta em mistério, a qual Deus ordenou antes dos séculos para nossa glória; 8 – A qual nenhum dos príncipes deste mundo conheceu; porque, se a conhecessem, nunca crucificariam ao Senhor da glória. 9 – Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, E não subiram ao coração do homem, São as que Deus preparou para os que o amam. 10 – Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus.”

Falar que a pessoa que crê nas promessas de Deus acerca de um paraíso celestial jamais imaginado pela mente humana é porque “tem medo do escuro” é porque está cego pelo Diabo, o deus deste século, como diz a Bíblia: II Corintios 4:3 – Mas, se ainda o nosso evangelho está encoberto, é naqueles que se perdem que está encoberto 4 – nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus.”

Usando a expressão jocosa desse cientista irreverente e debochado segundo a qual crer num paraíso celestial é “ter medo do escuro”, Paulo que escreveu sobre o paraíso celestial tinha medo da morte?

Se o apóstolo Paulo tivesse medo da morte não seria um mártir do cristianismo como ocorreu durante o governo do imperador romano Nero que o mandou matar a espada. Paulo estava preso, sabia que sua morte se avizinhava e escreveu ele uma carta a Timóteo e expressou seus sentimentos quanto ao futuro dizendo: II Timóteo 4:6 – “Porque eu já estou sendo oferecido por aspersão de sacrifício, e o tempo da minha partida está próximo. 7 – Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. 8 – Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.”

Nós, igualmente como Paulo, cremos na vida além túmulo e também podemos dizer como ele: Filipenses 1:21 – “Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho. 22 – Mas, se o viver na carne me der fruto da minha obra, não sei então o que deva escolher. 23 – Mas de ambos os lados estou em aperto, tendo desejo de partir, e estar com Cristo, porque isto é ainda muito melhor.” Notemos bem: “… tendo desejo de partir, e estar com Cristo, porque isto é ainda muito melhor. Esta é a esperança dos cristãos. Fora isso, só tem outro lugar mencionado por Jesus para pessoas que se portam como esse cientista atrevido: Mateus 25:41 – Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos.

*O ESTADO DE SÃO PAULO edição de 17 de maio de 2011


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement