Esqueceu a senha?

Homossexualismo é uma aberração, diz Maravilha

por Artigo compilado - seg jun 24, 2:54 pm

Mara Maravilha se declarou contrária à união entre pessoas do mesmo sexo durante o programa “Morning Show” (RedeTV!) nesta segunda-feira (24). A cantora, que é evangélica, comparou a homossexualidade a uma aberração.

“Têm muitos pais, muitas mães, muitas pessoas que não concordam com essa aberração. Eu não acho bonito nem um homem e uma mulher ficarem se atracando, esse tipo de coisa é particular. Imaginem duas mulheres, dois homens, em público? Eu não acho bonito. Agora, se acontecer de eu presenciar uma cena destas, se estiver me incomodando, eu não vou fazer baixaria, eu me retiro”, falou.

Durante a entrevista, a cantora disse acreditar que existe cura para os homossexuais e defendeu o deputado Marco Feliciano (PSC-SP), presidente da Comissão de Direitos Humanos, que se opõe ao casamento gay.

“Muitos pensam igual ao pastor Feliciano. Eu, particularmente, gosto muito do pastor Marco Feliciano e o respeito muito. E, assim como ele, eu e todos nós podemos ter as nossas opiniões. Você tem que respeitar o gay e tem que respeitar também a opinião de quem não pensa como o gay”, disse Mara.

Segundo ela, cada homossexual pode buscar a cura. “Eu conheço muitos homossexuais que querem a cura, que queriam viver livre disso. Mas, isso é de cada um. Essa discussão tem um outro lado também. Nós, que não concordamos com muitos comportamentos, estamos sendo vítimas de preconceito. Eu não concordo com essa aberração. Eu não estou falando de forma generalizada. Estou falando dessas pessoas que pensam em dar um beijo na boca da companheira, porque vai se promover com essa causa”, finalizou.

Extraído do site da Folha em 24/06/2013


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

2 Comentários

Comentários 1 - 2 de 2Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Há sim homossexuais que querem se livrar da prática homossexual, porém o termo “cura” pega mal e as pessoas não entendem, pegam isso pra ofender cristãos. Não devemos apoiar a homossexualidade, devemos respeitar o homossexual como ser humano e amá-lo, mas o pecado devemos repudiar sempre.

  2. Nós, cristãos devemos amar o pecador (adúltero, homossexual, etc.), mas não devemos compactuar com suas práticas. Devemos levar a mensagem de Jesus a essas pessoas.

Comentários 1 - 2 de 2Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário