Esqueceu a senha?

IASD: A expiação incompleta de Cristo

por Artigo compilado - qui maio 10, 11:08 am

Preliminarmente, antes de qualquer detalhamento, necessário se faz explicitar as seguintes teses adventistas sobre a expiação. Não se pode chamar de cristã uma seita que ensina o seguinte:

a- Os pecados dos justos pelos quais Cristo morreu não ficam eliminados, mas permanecem transcritos no livro de registro, depositado no santuário celeste ao lado da Lei.

b- A expiação não se deu na cruz; dar-se-á no santuário celeste.

c- Tem direito à eficácia expiatória do sangue de Cristo, registrado no santuário, os que se arrependem e os que creem, isto é, pelos méritos pios dos “esforçados”.

d- Os pecados não são imediatamente expiados por Cristo mediante o seu sacrifício vicário, mas transferidos para o santuário celeste para posterior avaliação e purificação.

e- Os pecados dos justos, no final do juízo investigativo, serão retirados por Cristo do santuário e colocados sobre Satanás, o bode sofredor da terra desolada.

f- A justificação é um ministério exclusivo da lei, sendo a fé uma virtude humana, que viabiliza e possibilita a obediência aos mandamentos. A causa operante da salvação não é a graça, mas a lei.

CONFIRA AS FONTES NO VÍDEO:

Aut. Sergio Baeta


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement