Esqueceu a senha?

IASD: “Os Fariseus eram imortalistas”

por Pr. João Flávio Martinez - sáb mar 10, 4:52 pm

Igreja Adventista contradiz apologista Sérgio Monteiro sobre a crença da imortalidade por parte dos Fariseus. IASD corrobora com a nossa tese de que a os Fariseus (e muitos judeus) da época de Cristo eram imortalistas (acreditavam na imortalidade da alma). Paulo corrobora com eles e deixa claro que a doutrina cristã também tinha uma esperança semelhante a dos Fariseus.

E Paulo, sabendo que uma parte era de saduceus e outra de fariseus, clamou no conselho: Homens irmãos, eu sou fariseu, filho de fariseu; no tocante à esperança e ressurreição dos mortos sou julgado. E, havendo dito isto, houve dissensão entre os fariseus e saduceus; e a multidão se dividiu. Porque os saduceus dizem que não há ressurreição, nem anjo, nem espírito; mas os fariseus reconhecem uma e outra coisa. Atos 23.6-8

Livros Adventistas que corroboram com a ideia de que os Fariseus (e judeus da época de Jesus) acreditavam que a alma sobrevive à morte do corpo como está em Mateus 10.28:

  • “Ao lidarmos com o estudo da visão neotestamentária da natureza humana, não podemos ignorar a possível influência do judaísmo helenista sobre os autores dos livros do Novo Testamento.” Livro: Imortalidade ou Ressurreição, Dr Bacchiocchi (www.verdadeonline.net/textos/cap3-ivimortal.htm)
  • “Pelos escritos judaicos, é evidente que os fariseus e vários outros (judeus), nos dias de Cristo, criam no estado consciente do homem após a morte”. Questões Sobre Doutrina, Pag 379, ed Casa.
  • “Também o notável W Walker, em sua obra de história eclesiástica, falando da ideia da imortalidade natural, registra: ‘Os Fariseus ensinavam a existência de espíritos tanto bons como maus… opinião que recebeu grande impulso das ideias pérsicas … Acreditavam os fariseus no galardão e suplício eterno, ideias que tiveram grande desenvolvimento nos dois séculos antes de Cristo… os discípulos de Cristo saíram da camada religiosa imbuído destas ideias’. Ai está a gênesis da ideia da pagã imortalista que e infiltrou na teologia popular cristã”. Livro apologético da IASD: Sutilezas do Erro, Christianini, Ed Casa Publicadora, 2º Ed, Pag 250
  • “Os Fariseus acreditavam na existência de espíritos, na imortalidade da alma, na ressurreição do corpo… Acreditavam que, na ocasião da morte, todas as pessoas vão para o Hades”. Dicionário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, Pag 495

VEJA O DOCUMENTO:

 


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

1 Comentário

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Os pseudomestres e pseudoprofetas sectários se contradizem no afã de defender as heresias de sua instituição religiosa. Quando se mente, mais cedo ou mais tarde, as contradições acabam surgindo! Muito triste tudo isso! Dou graças a Deus por ser “vacinado” contra esses engodos religiosos!

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement