Esqueceu a senha?

Igreja pró-gay será punida com a expulsão da CBB

por Artigo compilado - sáb jul 09, 5:16 pm

Igreja Batista que decidiu batizar homossexuais pode ser punida com expulsão da CBB

A decisão de aceitar a filiação e o batismo de homossexuais poderá custar à Igreja Batista do Pinheiro (IBP), em Maceió (AL), sua desfiliação do rol de congregações da Convenção Batista Brasileira (CBB). A CBB, acertadamente, excluirá a igreja apóstata.

Uma assembleia extraordinária da IBP, realizada em março desse ano, definiu que a congregação passaria a aceitar transferência de membros declaradamente homossexuais e que celebraria batismos de pessoas com essa opção sexual.

O caso é curioso porque a igreja local, liderada pelo pastor Wellington Santos, deixou de instruir as pessoas sobre a necessidade de abandonar a homossexualidade, ensino de ampla concordância entre as igrejas cristãs de diferentes abordagens teológicas.

Adaptado do site gospelmais.com.br em 09/07/2016


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

2 Comentários

Comentários 1 - 2 de 2Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. “Explicou-lhes Jesus : ” – Não tendes lido que, no princípio, o Criador ‘os fez HOMEM e MULHER”
    Mateus 19:4.

  2. Ponto para a CBB!

Comentários 1 - 2 de 2Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement