- CACP – Ministério Apologético - http://www.cacp.org.br -

IURD – Catolicismo disfarçado

iurd templo novo

Igreja Universal do Reino De Deus – Catolicismo disfarçado

Neste artigo pretendemos mostrar que as doutrinas da Igreja Universal do Reino de Deus são doutrinas católicas, e que, portanto, ela é uma seita católica romana. Para começar, bastaria notarmos que o nome “católico” e “universal” significam a mesma coisa; que o catolicismo também diz ser a sua instituição, o universo do Reino de Deus sobre a terra; que ambas as “igreja” buscam o lucro, pois enquanto o catolicismo enfatiza as indulgências e o pagamento dos sacramentos, a “universal” subordina as bênçãos divinas ao dinheiro e cobram os objetos “ungidos”.

Examinaremos com cuidado as semelhanças dessas duas religiões heréticas, que brigam entre si pelo lucro e pela exploração do nosso povo sofrido.

Todos as citações referentes as doutrinas da “universal” foram retiradas de sua própria literatura.

————–

O SACRIFÍCIO DA MISSA

O catolicismo crê que o sacrifício de Cristo é repetido em cada missa. Diz o catolicismo, que quando o padre consagra os elementos da missa, eles viram o corpo literal de Cristo e seu sangue, e que Cristo é imolado ou sacrificado OUTRA VEZ sobre o altar. Por este motivo, o pão é chamado de hóstia, que quer dizer “vitima de sacrifício”. A hóstia, segundo o enganoso catolicismo, seria Jesus morto ou sacrificado.

A IURD também crê na repetição do sacrifício de Cristo, pois também chama o pão da ceia de hóstia: “O pastor Jorge Coelho, líder da região de Campinas, convidou o povo para, num ato de fé, passar por uma cruz que se encontrava no centro do ginásio, e logo após tomar a hóstia” (Revista Plenitude, Ano IX, número 54, 1991, pág.6). Na mesma página citada acima, abaixo de uma foto, tem-se o titulo: “Passagem pela cruz e a hóstia: Pr. Jorge explica o sentido da páscoa”.

A Bíblia nega a repetição do sacrifício de Cristo, logo nega também a hóstia: “Mas este [Jesus], havendo oferecido UM ÚNICO sacrifício pelos pecados, ASSENTOU-SE PARA SEMPRE À DIREITA DE DEUS” (Hebreus 10.12).

————–

HIERARQUIA EPISCOPAL

Assim como no catolicismo há a diferença entre o bispo e o padre, também na IURD há diferença entre o bispo e o pastor ou presbítero. A Bíblia, porém, mostra que bispo, presbítero e pastor (QUEM APASCENTA) é a mesma função.

Paulo diz aos presbíteros da igreja de Efeso: “cuidai pois de vós mesmo e de todo o rebanho sobre o qual o Espírito vos constituiu Bispos para pastoreardes a igreja de Deus” (Atos 20.28).

————–

ÁGUA BENTA E RELÍQUIAS

Na igreja católica, existem as “relíquias”, ou objetos miraculosos. Na IURD existe oração por roupas, para que elas fiquem miraculosas. E ninguém venha citar que a roupa de Paulo curou (Atos 19.12), pois Paulo não orou pela roupa. Além do mais, não foi a roupa que curou. O que aconteceu foi que Deus naquela ocasião curou diretamente as pessoas, e escolheu como momento da cura o momento do contato com a roupa de Paulo, para assim dar testemunho do seu apostolado (2Coríntios 12.12).

Assim como no catolicismo existe a água benta, também na IURD existe a água orada, que realiza a mesma “função”. O católico pede ao padre para benzer a sua casa. Na IURD acontece algo parecido: “As residências igualmente são unigidas…” (Revista PLENITUDE, ano 54, 1991, pág. 38).

A atribuição de poderes a objetos é feitiçaria. A Bíblia diz: “… e aos feiticeiros… a sua parte será no lago ardente de fogo e enxofre, que é a Segunda morte” (Apocalipse 21.8).

————–

A IGREJA E AS OBRAS PARA A SALVAÇÃO

O catolicismo crê que a sua instituição tem uma tarefa importante na salvação do pecador, bem como as obras e penitências deste para a IURD é semelhante. Geralmente as pessoas da IURD não atribuem a melhora de sua vida a Jesus, mas à “igreja” universal”. Rosalina J. M. de Pietro dá o seu testemunho: “quando comecei a frequentar a Igreja Universal minha vida se transformou” (Revista PLENITUDE, ano IX, número 54, 1991, pág. 39).

A Bíblia ensina a salvação só em Jesus Cristo: “E em nenhum outro há salvação; porque debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devemos ser salvos” (Atos 4.12).

A IURD, como o catolicismo, ensina o homem a obter a graça de Deus através de obras e penitências: “Ele vê um sacrifício da sua parte para salvar sua família, então ele age em seu favor. Não é fácil, você chora, sofre, mas consegue” (Revista PLENITUDE, ano IX, número 54, 1991, pág. 46).

No livro “Orixás, Caboclos e Guias – Deuses ou Demônios?”, o bispo Macedo coloca a fé em Jesus apenas como uma das condições de libertação, dentre outras. Como o catolicismo que enumera os DEZ MANDAMENTOS DA IGREJA, o Bispo Macedo assim enumera os DEZ PASSOS PARA A LIBERTAÇÃO (como ele chama ) nas páginas 146 a 153:

  1. Aceitar de fato o Senhor Jesus como único Salvador
  2. Participar das reuniões de libertação
  3. Ser batizado
  4. Buscar o batismo com o Espírito Santo
  5. Andar em santidade
  6. Ler a Bíblia diariamente
  7. Evitar más companhias
  8. Frequentar reuniões de membros
  9. Ser fiel nos dízimos e nas ofertas
  10. Orar sem cessar e vigiar.

A Bíblia aponta a salvação só pela fé: “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é Dom de Deus; não vem das obras…” (Efésio 2.8-9).

————–

O USO DA CRUZ

A IURD usa muito a cruz. Na Bíblia cruz é MALDIÇÃO (Gálatas 3.13) e OPRÓBRIO (Hebreus 12.2). O uso da cruz tem origem no catolicismo, em relação à Cristandade, pois já existia a cruz “tau” como símbolo pagão; a cruz de Nero como símbolo de feitiçaria na Idade Média, e a cruz da foice e martelo apareceu como símbolo do comunismo.

————–

O BATISMO NAS ÁGUAS COMO PARTE DA SALVAÇÃO

Para o catolicismo, é o batismo nas águas que perdoa os pecados e regenera o pecador, logo sem o batismo não haveria salvação. Para a IURD é a mesma coisa. Renato Maduro, responsável pela direção de oito reuniões semanais na sede da universal no Rio de Janeiro, diz no seu livro A DOSE MAIS FORTE: “A morte da carne, do meu ego, pelo batismo nas águas…” (p. 148). “Matar o ego pela confissão dos pecados e pelo batismo… pois o batismo significa ‘purificação de culpas e pecados’”( p. 148). “O homem confessa suas culpas pelo batismo e recebe a justificação por Cristo, através de seu sacrifício na cruz do calvário… Assim fizemos e ele orou a Deus pedindo que nos tornasse novas criaturas a partir daquele batismo… e esse milagre aconteceu comigo” (p. 149). “Amigo, se é viciado, quero lhe garantir que sem a morte do corpo pecaminoso, pelo batismo, você jamais abandonará o desejo das drogas… O batismo nas águas é de vital importância para que você receba uma força especial a fim de seguir a Jesus” (p. 150).

A Bíblia, porém, diz que o batismo “não é o despojamento da imundícia da carne, mas a indagação de uma boa consciência para com Deus” (1Pedro 3.21).

O ladrão na cruz não se batizou, mas pela fé foi para o paraíso. A purificação dos nossos pecados só vem pelo sangue de Jesus: “e o sangue de Jesus seu filho nos purifica de todo pecado” (1João 1.7).

————–

CONCLUSÃO

Os membros da IURD são católicos romanos, portanto, precisam ser evangelizados.

————–

Fonte: Texto extraído do Jornal Trombeta de Sião – Ano I – No. 5 – Nov/1997

[1] [2]Compartilhar [3]