Esqueceu a senha?

Jean Wyllys quer legalizar o aborto

por Artigo compilado - qui mar 26, 7:47 am

Jean Wyllys retoma agenda da morte com projeto que legaliza o aborto

“Não são os deputados ou especialistas que podem dizer quem merece viver ou não”, rebateu Magno Malta

deputadojeanwyllysluismacedoagcamara
Jean Wyllys apresenta projeto para legalizar o aborto

Se depender do deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) o aborto será legalizado no Brasil. O parlamentar apresentou o projeto de lei 882/15 que prevê a legalização do aborto até 12 semanas de gestação no Sistema Único de Saúde (SUS) se a mulher assim o quiser.

“Precisamos tornar essa pauta uma política pública, independente de ser contra ou a favor da interrupção voluntária da gravidez indesejada”, defendeu Jean Wyllys. O deputado chegou a gravar um vídeo buscando apoio para sua nova prioridade na Câmara Federal.

Na justificativa do PL, Wyllys ataca indiretamente os grupos pró-vida declarando que “os discursos contra a legalização do aborto estão contaminados por mentiras, falácias e hipocrisia”. O deputado mobilizou todas as suas redes sociais para defender o aborto.

Wyllys disse também que o projeto de lei foi elaborado com a participação e colaboração de “diferentes entidades, coletivos e pessoas, especialistas na matéria e militantes dos movimentos sociais”, mas não informou os nomes e instituições que apoiam o projeto.

Para o senador Magno Malta, presidente da Frente Parlamentar Em Defesa da Família e da Vida, a vida começa na concepção e por isso aborto é assassinato. Ele chamou a atenção dos evangélicos para a retomada da agenda da morte no Congresso Nacional.

“Não podemos relativizar as coisas. Aborto é assassinato. E uma forma cruel de assassinato, porque o bebê não tem chance alguma de defesa. A vida quem dá é Deus. Não são os deputados ou especialistas que podem dizer quem merece viver ou não”, criticou.

Com informações Yahoo

Extraído do gospelprime.com.br/ em 26/03/2015


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

6 Comentários

Comentários 1 - 6 de 6Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. O cara tem que ser muito filho do diabo mesmo para militar essa “causa”. Daqui alguns dias ele vai querer aprovar outras barbaridades também.

  2. Como seria se a mãe do J.W tivesse decido aborta-lo quando gestante deste cidadão “pró-marchá-ré” ? com certeza o discurso seria outro, “faça para os outros, o que gostaria que lhe fizessem, pois essa é a lei e profetas” (Jesus). – Se não quiser ser abortado, também não aborte outros.

  3. Sempre serei Contra o Aborto e para mim Aborto é sinônimo de assassinado de Crianças.

  4. Sou Totalmente Contra o Aborto e Sou Contra a Pena de Morte. Sou Contra toda Manisfestação de Violênica Física. eu sou a Favor da Vida!

  5. Esse senhor foi eleito por uma população que não representa o universo de leitores do Brasil, apenas com os votos de eleitores do Rio de Janeiro . Ele tenta a todo custo enganar o povo brasileiro com açoes maléficas,

  6. Só mesmo um sujeito extremamente mal intencionado ou absurdamente tolo consegue conceber e batizar de “argumento” a ideia de que estaria sendo garantido à mulher o “direito de decidir sobre SEU corpo”.

Comentários 1 - 6 de 6Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement