Esqueceu a senha?

Jesus Cristo não é o Arcanjo Miguel

por Enviado por email - qua abr 05, 11:35 am

O ensinamento de que Jesus é Miguel Arcanjo é um velho e cansado argumento ariano.  Este ensinamento surgiu, como muitos outros erros, da interpretação errada de certos textos bíblicos lidos fora do contexto e remonta aos primeiros séculos da Igreja.

Os primeiros pioneiros adventistas conjecturaram a heresia chamada “arianismo”, que arvora que Jesus não é Deus, o Filho, a segunda Pessoa da Trindade. Aqueles que creem nesta falsa doutrina ensinam que Jesus é um anjo exaltado.

Aqueles, como as Testemunhas de Jeová, que promovem esta heresia hoje argumentam que Jesus é Miguel, o Arcanjo.

Esta heresia apareceu em diversos livros e artigos publicados pela Igreja Adventista do Sétimo Dia. Ela até se manifestou na musicalidade da denominação.

No hinário oficial adventista do sétimo dia, publicado desde 1941 até sua recente revisão em 1985, a igreja antitrinitaria havia mudado as palavras do hino “Santo, Santo, Santo” que diz: “Deus em três Pessoas, bendita Trindade” a “Deus Em geral quem governa a eternidade”.

Evidências dessa poluição doutrinal são encontradas nos escritos de Ellen White: “…Mas o príncipe do reino da Pérsia me resistiu vinte e um dia, e eis que Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu fiquei ali com os reis da Pérsia…” (Daniel 10, 13).

Aqui vemos [MIGUEL] é [UM] entre [MUITOS]  Príncipes “hierarquia” celestial.

“Moisés passou pela morte, mas o Arcanjo Miguel desceu e deu-lhe a vida antes que seu corpo tivesse visto a corrupção. Satanás tentou segurar o corpo, reivindicando-o como seu, mas Michael ressuscitou Moisés e levou-o ao céu. Mas Cristo não repreendeu o Seu adversário, … Ele humildemente o remeteu a Seu Pai, dizendo: ‘O Senhor te repreenda.’ “ (Primeiros Escritos, p. 164) (grifo nosso).

” Quando Jesus se levantar, quando sua obra estiver terminada no Santíssimo, então não haverá outro raio de luz a ser transmitido ao pecador … A luz é feita para chegar bem adiante, onde tudo é escuridão total. MICHAEL se levanta. (Spiritual Gifts, vol. 2, p. 276) (grifo nosso).

“Pouco antes de entrar na reunião, tive um reavivamento de algumas cenas interessantes que tinham passado diante de mim em visão … Parecia-me que os anjos estavam fazendo uma fenda na nuvem e deixando entrar os raios de luz do céu. O assunto que foi apresentado tão surpreendentemente foi o caso de Moisés. … Os anjos o sepultaram, mas o Filho de Deus logo desceu e o ressuscitou dentre os mortos e o levou ao céu”. (Testemunhos para a Igreja, vol. 1, p. 659) (grifo nosso).

“Como povo, devemos permanecer como o Redentor do mundo, quando em controvérsia com Satanás, em relação ao corpo de Moisés, Cristo não ousou contrariar uma acusação de trilhos”. (Testemunhos para a Igreja, vol. 9, p. 239.)

A BÍBLIA DIZ:

“Pois a qual dos anjos disse alguma vez: ‘Tu és o meu Filho, hoje te gerei?'” Hebreus 1: 5.

” Mas do Filho Ele diz, ‘Teu trono, ó Deus , é para todo o sempre …'” Hebreus 1: 8a (ênfase adicionada).

“Mas a qual dos anjos disse alguma vez: ‘Senta-te à minha direita, até que eu faça dos teus inimigos um escabelo para os teus pés?’ Eles [os anjos] não são todos espíritos ministradores, enviados para prestar serviço por causa daqueles que herdarão a salvação? ” Hebreus 1: 13-14 (ênfase adicionada).

“Prostrei-me aos seus pés (anjo) para adorá-lo, mas ele (anjo) me diz: Não faças isso! Eu sou um servo, como tu e teus irmãos, possuidores do testemunho de Jesus. Adora a Deus. Porque o espírito profético não é outro que o testemunho de Jesus.” (Apocalipse 19, 10.)

O anjo que fala com o Apóstolo João, lhe adverte que só Deus é digno de adoração.

CONCLUSÃO:

A Bíblia apresenta muitas diferenças entre Jesus e Miguel:

– Jesus é criador (Jo. 1.3 ) , Miguel é criatura (Cl 1.16 )

– Jesus é Adorado por Miguel (Hb 1.6), Miguel não pode ser adorado (Ap. 22.8-9 )

– Jesus é o Senhor dos Senhores (Ap. 17.14); Miguel é príncipe (Dn. 10.13)

– Jesus é Rei dos Reis; Miguel é príncipe dos Judeus (Dn. 12.1).

É bem claro nas Escrituras que JESUS NÃO é e NUNCA foi um ANJO ou um ARCANJO! Parece que o único apoio que o adventismo tem para essa  falsa crença são os escritos  literários e heréticos da Srª  Ellen G White.

Aut. Sergio Baeta


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

2 Comentários

Comentários 1 - 2 de 2Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Em apocalipse 12 explana explicitamente que o Dragão é a antiga Serpente, diabo e satanás v.v.9
    Porém, também explana distintamente sobre Miguel e Jesus e NÃO AFIRMA que os dois são a mesma pessoa como foi no caso do verso 9.
    Essa tese Jesus-arcanjo é um absurdo sem fundamento.

  2. Mesmo em 1 Tessalonicenses 4:16 (à voz do arcanjo) não afirma que Miguel e Jesus são um único ser. Logicamente no arrebatamento envolve anjos e trombeta de Deus, mas mostra distinção entre.
    É tipico das seitas rebaixar Jesus, o adventismo e TJ chamam Jesus de “miguel”.

Comentários 1 - 2 de 2Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement