Esqueceu a senha?

Jesus não tinha autoridade?

por Prof. Paulo Cristiano da Silva - qui jan 29, 11:39 am

tj_pregando_continela

“O espírito de Jeová está sobre mim, porque me ungiu para declarar boas novas aos pobres…” (Lucas 4.18 TNM)

 “Ungir é o ato de conferir autoridade, ou incumbência, da parte de um superior a alguém que ainda não tenha tal autoridade. Aqui Deus é claramente o superior, pois ungiu a Jesus, dando-lhe autoridade que este não tinha antes”. (Deve-se Crer na Trindade ? pág. 18)

Resposta Apologética:

Esta interpretação é absurda por vários motivos. Vejamos:

1) Não encontramos na Bíblia apoio para tal argumento, é uma distorção e má interpretação das escrituras. As TJs tentam forçar a Bíblia dizer o que ela não diz. O ato de ungir a Cristo estava de pleno acordo com sua missão, pois o nome “Messias” deriva da palavra “ungir” e significa “O Ungido” ou  “O Cristo” .Jesus estava como o filho do homem e por isso tinha que ser ungido por seu Pai para cumprir as profecias e a sua tarefa como o Messias de Israel, mas nem por isso significa que Jesus não era igual ao Pai, pois em essência e natureza eram iguais, ao passo que em função (por ter se humilhado tomando forma de servo) era menor que este. De fato Davi quando foi ungido por Samuel, era inferior a este em cargo, ofício ou função, mas não em natureza, pois os dois eram igualmente da mesma natureza humana, assim como Jesus era da mesma natureza Divina que o Pai.

2) Nem sempre ungir é o ato de conferir autoridade a alguém. É bom lembrarmos que havia vários tipos de unções.

  1. a) Ungir a cabeça de um hospede era sinal de hospitalidade Lucas 7.46
  2. b) Ungir também era sinal de luto Deuteronômio 28:4 ou para prestar homenagem a um morto Mateus 26.12
  3. c) Ungir o escudo para a guerra Isaías 21.5
  4. d) Ungir para a cura Tiago 5.14
  5. e) Moisés ungiu o tabernáculo e seus utensílios Ex. 30.26 – 40.9

Outrossim, se as TJ acreditam realmente que a sabedoria de Provérbios é Jesus então Ele foi ungido bem antes, veja Provérbios 8.23 na verdade, desde toda a eternidade e isto seria uma contradição.

Jesus como homem precisava buscar o poder de Deus em oração Lucas 5.16 e em jejum Mateus 4.2 e também ser cheio do Espírito Santo Atos 10.38 para realizar seu ministério.

O ato de ungir Jesus não o torna inferior como o ato de Ele ter sido batizado por João Batista, não o torna   pecador, pois o batismo de João a qual Jesus se submeteu era para o arrependimento de pecados. Veja Mateus 3.6 ao 15, mas Jesus não tinha pecados II Coríntios 5.21 contudo era para que se se cumpri –se segundo os ditames da lei e das profecias concernentes a Ele. Assim também aconteceu em relação a sua unção por Deus o Pai.


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

1 Comentário

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. eles  não sabem o  que  é  trindade  ( ver)  1 João  5,  7e8  . joão 12  e 36    isaias 6  e 1     atos 28 e24 até 27   quem é JEOVÁ quem é JESUS quem é   o ÉSPIRITO SANTO quem  isaias viu  em isaia 6  o pai? o filho ou o espirito santo?

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement