Esqueceu a senha?

Jogo de RPG fala contra pastores

por Artigo compilado - qui jul 10, 3:19 pm

RPG pastores

Jogo de RPG fala contra pastores que enriquecem às custas dos membros

A editora Daemon conseguiu arrecadar R$ 92,7 mil para criar um jogo de RPG que promete ser uma grande polêmica. O jogo ganhou o nome de “Pequenas Igrejas, Grandes Negócios”, que como o nome sugere irá mexer diretamente com igrejas evangélicas.

A arrecadação da verba para a criação do game foi feita pelo site “Cartase” e se tornou um grande sucesso de participantes, conseguindo o valor necessário para projetar o jogo que será vendido pela web.

No “Pequenas Igrejas, Grandes Negócios” ganha quem conseguir ter a reputação ‘menos manchada’ até o dia do arrebatamento. Mas para chegar até o final do jogo, o gamer tem que derrotar seus rivais jogando cartas que podem acusá-los de desvios de dinheiro ou charlatanismo por venderem produtos como o “óleo que restaura a virgindade”.

Para criar o jogo o diretor da empresa, Marcelo Del Debbio, 39 anos, disse que usou informações de notícias reais publicadas na imprensa.

Debbio garante que o objetivo não é falar contra os evangélicos, mas de líderes que usam a fé das pessoas para enriquecer. “No jogo também tem pai de santo picareta e rabino picareta”, adianta.

Ao contrário dos demais produtos da Editora Daemon, o jogo “Pequenas Igrejas, Grandes Negócios” não será vendido em bancas e lojas de brinquedos, apenas pela internet sendo que os doadores do Catarse serão os primeiros a receberem o jogo que tem tiragem de 2.000 exemplares.

Extraído do site gospelprime.com.br em 10/07/2014


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

104 Comentários

Comentários 1 - 50 de 104Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Exceto Igrejas Históricas e Pentecostais Tradicionais, o resto é tudo comércio : neo-pentecostal e as tais comunidades evangélicas e “ministérios”. Só estão afim de grana.

    1. concordo com vc irmão.

    2. O que são “Igrejas Históricas e Pentecostais Tradicionais”, meu caro JCP? Não seriam estas também igrejas institucionalizadas que adquiriram seus patrimônios às custas da ignorância de seus fiéis? Vá ler o Novo Testamento para ver a definição bíblica de Igreja, “inocente”!

    3. as histórias e tradicionais não construiram nada “as custas” o povo contribuiu e quis. nem o movimento contraditório que á IURD que fez suposto “tempo de salomão” foi o povo deles que contribuiu, é o povo que quis.

    4. por que o jogador kaka saiu da neo pentecostal renascer ? porque os manda-chuva só indo com dolar escondido para o exterior não declarando imposto, e não investindo nos templos, e teto caindo na cabeça e matando fieis dentro da igreja …. é isso que vc defende?

    5. Meu caro, JCP, há muita gente que “adora ser enganada” e que acha que está contribuindo com a obra de Deus! Isto não é de hoje! O que defendo, querido, é o claro ensino das Escrituras e não instituição A ou B. Aliás, você conferiu a definição bíblica de igreja, como lhe recomendei?

    6. Aliás, se não têm mais argumentos, não me venha, por favor, com evasivas e ataques pessoais, como da última vez! Lembra-se, “senhor ignorância”?

    7. se eu conferi a sua sugestão ?! eu não tenho que obedecer você.  ataques pessoais?!  é você quem chama de “senhor ignorância”. e não precisa chamar-me de “querido” “meu caro” que não gosto, isso são melosas dos neo que só estão interessados no meu dizimo.

    8. Ora, ora, meu caro JCP, desde quanto sugestões são ordens, “MEU QUERIDO”? Lembra-se do “cabeção risonho” ao se referir a mim em outra postagem? Pois é, AMADO “IRMÃO”, quando não há argumentos, os incoerentes sempre recorrem à afrontas pessoais!

    9. Além disso, você é cego, ou não sabe ler mesmo? Ao contrário de você não tenho o “rabo preso” com nenhuma denominação, ministério, partido, seita ou fação cristã. Vivo unicamente pela Palavra de Deus!

    10. Quanto ao seu “dízimo”, que você afirma estarem os “NEO” de olho nele, pergunto: Não estão seus “líderes” também de olho no “montante”? Liberte-se desde jugo, “MEU QUERIDO”, e vá estudar a Bíblia por si mesmo, ao invés de se deixar levar pelas falácias de seus “mestres”!

    11. Finalizando (depende de você, é claro!), pergunto: O que você prefere: Continuar permitindo que seus líderes lhe enfiem “goela abaixo” suas interpretações tendenciosas das Escrituras, ou buscar nelas a Verdade dos fatos por si mesmo? Saiba que a indolência é um grave pecado!

    12. Ah, e já ia esquecendo! Grato por sua contribuição para com o livro que estou escrevendo sobre o suposto “dízimo cristão”! Quem sabe eu utilize alguns de seus “rasos” e estúpidos comentários no mesmo! Um abraço!

    13. Caro Coiso e cabeção risonho tú dissestes a mim : grave pecado tendes ! chamastes-me estupido.
      não me interessa a sua definição igreja “inocente” – eu concordo com o dizimo, mas não com as “empresinhas” são várias as insurgentes a cada dia, pensando que a piedade é fonte de lucro.

    14. Darivan, se estivesse no culto da neo onde desabou o teto e matou vários fieis e tu sobrevivesse a tragédia queria ver se voce teria o mesmo discurso. 
      o teto desabou porque os caras não investiram em reforma no templo deles. e dinheiro tinham.
       

    15. não me interessa seu livro. não me chame de “meu querido” porque eu sou hetero, e nem por sonho e nunca venha-me com essas conversas, já falei que não gosto, gurade isso para seu grupo. pois chamaste-me de irmão entre aspas “irmão”. quanto fingimento, tu pensas só em si proprio.

    16. Em primeiro lugar, JCP, também sou hetero. Já você, “irmão”, não sei, pois heteros não costumam dar “chiliques”. O termo “QUERIDO”, seu “troglodita”, é uma forma educada e bastante corriqueira em debates sérios, com pessoas de alto nível, o que não me parece ser o seu caso.

    17. Em segundo lugar, de fato não sei se estou a tratar com um verdadeiro irmão em Cristo, ou com um mero “crente” religioso que, ao que parece, sequer sabe a definição bíblica de igreja. Daí o uso que fiz das aspas.

    18. Em terceiro lugar, QUERIDO JCP, não me lembro de haver recomendado meu livro a você! Apenas lhe agradeci por me brindar, talvez (e somente talvez) com mais alguns subsídios para o mesmo.

    19. Em quarto e lugar, acho que você é no mínimo míope, por isso, vou repetir em letras garrafais: “AO CONTRÁRIO DE VOCÊ, NÃO TENHO O “RABO PRESO” COM NENHUMA DENOMINAÇÃO, MINISTÉRIO, PARTIDO, SEITA OU FACÇÃO CRISTÃ. VIVO UNICAMENTE PELA PALAVRA DE DEUS!”. Ficou claro?

    20. Em quinto lugar, procure ser mais claro em seus comentários, pois saber escrever é primordial a um debate claro e objetivo. Quanto ao suposto pecado de que me acusa, não seja leviano, meu caro, pois me referi a seus comentários sobre as questões em foco, e não à sua pessoa.

    21. Em sexto lugar, para que você tenha uma “boa” razão para me acusar de algum pecado, não se esqueça que desta vez foi a você que me dirigi acima ao chamá-lo de “troglodita”. “Debite isto em minha conta, por favor!”

    22. Em sétimo e último lugar, o fato de haver desabado o templo de denominação A ou B, por qualquer razão que seja, não vem ao caso, MEU QUERIDO. Este seu subterfugio é tão infantil que não vale nem a pena comentá-lo. Quer me fornecer mais material para meu livro? Continue!

    23. Já deve ter ficado claro a você, “JCPzinho”, que estou salvando todas as mensagens deste nosso “debate”. Por isso, seja esperto! Use argumentos sólidos para defender sua tese, do contrário, caso eu utilize parte deste material em meu livro, você não ficará “bem na foto”!

    24. Aliás, o que significa JCP? Você acha honesto se esconder por trás de uma sigla? Não significaria esta, por acaso, “JOÃO CARA de PASPALHÃO”? Ops! Mais um débito na conta! Fico devendo!

    25. Quanto blá-blá-blá NEM LI o que você leu, voce me faz sorrir de divertimento, se está com raiva tire a calça e pise em cima. quá-quá-quá … eu não me chamo João. 
      Os meus amigos me chamam de MAXIMUS, mas você me chame de GLADIADOR.
      quá-quá-Debitar em sua conta.??? rsrs – não.

    26. chamaste-mes de “JCPzinho” ! 
      Argh ! saí prá lá, cara estranho ! 
      Eu tb vou escrever um livro, chama-se “Quando explode os canhões” (já registrado copyright). conta a história de um observador da guerra civil de secessão USA que vê os irmão contra irmão no campo de batalha.

    27. Meu caro JCP (vulgo “GLADIADOR”)! Em nenhum momento desta nossa “tão agradável” conversa, você me viu “dar chilique”, algo que parece ser do seu feitio! Sou irônico, sarcástico, e até firme em minhas palavras, mas jamais perco o equilíbrio dando uma de “louco varrido”.

    28. Além disso, jamais alimento,como você insinua, sentimentos de “raiva” ou “rancor” para com ninguém, pois mesmo não sendo perfeito (ainda), sou verdadeiramente nascido de novo!

    29. Ademais, meu tom iônico é natural, mais por vezes torna-se um tanto difícil a “ofensa”, pois certas pessoas não o entendem. Quanto à raiva, ela faz com que nem mesmo nos demos conta do que falamos ou escrevemos. Quer um exemplo?

    30. Darivan Castro, Ok entendi, boa noite. 

    31. Quando você diz “NEM LI o que você leu”, o que realmente queria dizer era “NEM LI o que você escreveu”, não é mesmo? (Mas será que mesmo que você não leu o que escrevi? Tenho minhas dúvidas quanto a isso!)

    32. eu já li tudo, obrigado por escrever. 

    33. Lamento se lhe fiz “perder as estribeiras”, meu caro! Acalme-se, e se realmente quiser debater qualquer assunto comigo, à luz das Escrituras, é claro, procure ser civilizado, do contrário, não passará credibilidade alguma!

    34. Me informe sobre seu “livro” quando sair, pois tenho certeza de que você ouvirá falar do meu! A questão é: Será que terá coragem de lê-lo? Abraços e que Deus o ilumine!

    35. você é de fala ambigüa, muito perigoso, não escolho-te para amizade. o seu suposto livro se existir vou alimentar a fogueira da minha lareira neste inverno.

    36. você é igual ao david banner, passivo, mas quando algo não lhe favorece ou não concordão seus olhos ficam esbugalhados de verde e explode de raiva. melhor procurar um médico psiquiatra urgentemente.

    37. Deste mato não sai coelho! A Paz de Cristo, JCP! Se não quiser, devolva-a! Vá dormir, meu caro, que “seu mal é sono”!

    38. Ao Anjo da Igreja em Tiatira : “…falam as cousas profundas de satanas.”
      NÃO DEEM OUVIDOS.

    39. Amém!

    40. Já ia terminar, mas ao atentar melhor para o que escreveu, lembrei-me de Mateus 12:24 em que Cristo foi acusado pelos fariseus de “expulsar demônios em nome Belzebu”. Se meu Mestre passou por isso, como seu discípulo, não posso julgar-me isento de sofrer acusação semelhante.

    41. Cuidado com suas palavras, JCP, pois “Todo o pecado e blasfêmia se perdoará aos homens; mas a blasfêmia contra o Espírito não será perdoada aos homens” (Mateus 12:31). Por favor, não se deixe chegar a esse ponto! Contenha-se!

    42. vc é um apologista fracassado juntamente com esse seu blog, eu testo a sanidade dos que me respondem aplicando algumas dificuldades, e você é um deles e não pára de tentar me calar, agora com essas ameças – cuidaaddooo ! boo ! ki medo ! tu tremes de raiva. vai tomar algum calmante.

    43. Você “testa a sanidade dos que me respondem aplicando algumas dificuldades”? E que “dificuldades” você aplicou para testar minha santidade, além das abobrinhas que disse e dos chiliques que teve, meu caro?

    44. HOMEM QUEM ME CONSTITUIU JUIZ OU REPARTIDOR ENTRE VÓS? Lc 12:14

      Guarda a serra elétrica, não divida seu computador ao meio de tanta braveza. é a avareza que te impele responder responder … é insano. se tivesse bom senso e moral não falava mais nada.

    45. O que o texto que você citou têm a ver com a questão, meu caro? Bela exegese a sua! Além disso, você diz “se tivesse bom senso e moral não falava mais nada”. Demonstre então seu “bom senso” e “sua moral” e cale-se então! Serviu a arapuca?

    46. negativo não me calo, antes já disse testo a sanidade dos que me respondem, aplicando dificuldades e tu simplesmente falha no teste sendo sem-educação e querendo dar a última palavra.
      vá fazer isso lá no seu blog chato e xarope. 

    47. Pois bem JCP, você teve a sua chance. Eu, contudo não desperdiçarei a minha. Demonstrando meu bom senso e minha moral, calar-me-ei. Não importa o que diga, nossa conversa encerra aqui. Pelo menos até que você cresça e amadureça! Um abraço e tenha uma boa noite!

    48. Pois bem DARIVAN, você teve a sua chance. Eu, contudo não desperdiçarei a minha. Demonstrando meu bom senso e minha moral, calar-me-ei. Não importa o que diga, nossa conversa encerra aqui. Pelo menos até que você cresça e amadureça! Um abraço e tenha uma boa noite!

  2. kkkkkkkk quanta zueria. Quero ver eles fazerem um jogo sobre os islâmicos radicais, acho difícil… 

  3. Se fosse um jogo sobre os homossexuais violentando crianças já seria homofobia.

  4. Se fosse um jogo sobre a pedofilia dos padres gays e desvios do banco do vaticano isso seria embargado na justiça!!!!

  5. Inocente a pessoa que pensa que algumas Igrejas Evangélicas por serem tradicionalistas iram ficar de fora de tudo isso. Ou paramos de se isolar como faz a IURD e se unimos em favor do Evangelho ou continuaremos sendo motivos de piadas.

  6. Se o camarada vai a um estadio de futebol, gasta uma fortuna com um ingresso, bebida, mulher e outras coisas, alguns deixam de comprar comida pro filho pra gastar com jogo gasta até mais que dez l0% por que um crente não pode dar o dizimo para a obra de Deus… 

  7. Quem critica o dizimo, conhece pouco da bíblia.

    1. Esse é seu argumento DLZ? Como diria Silvio Santos: “Você está certo disso?”. Lhe recomendo (se tiver coragem os artigos em meu blog sobre o assunto, depois poderemos debater à luz da Bíblia, para ver quem, de fato, dela conhece pouco!

    2. Eis o link: http://apologeticacristahoje.blogspot.com.br/.

    3. Leia, por favor, todos os artigos, e baixe também parte do material sobre o livro que estou escrevendo acerca da questão (disponível em uma das postagens), pois não quero ter que tratar com você, repetindo tudo o tenho dito e escrito sobre o assunto! Que Deus o ilumine!

  8. vc é muito irônico, o que tem de errado um servo do senhor em um ato de gratidão por ele ter lhe abençoado dar o dizimo do que ele ganha. e não quero debater acerca de uma doutrina que é biblica.

    1. Dou o dizimo pois Deus tem me abençoado e se eu pudesse dava até mais que o dizimo. pois conheço muitos exemplos que não é o meu de homens q viviam uma vida na prostituição, na bebedeira, no jogo e gastava tudo o que tinha, e hoje são servos de Deus e dão até mais que l0% do que ganham.

    2. Meu caro, DLZ! Em primeiro lugar, até Cristo foi, por inúmeras vezes irônico com os fariseus. Quer que eu cite alguma passagem para comprovar? Acho que não há necessidade, afinal, você conhece “tanto” as Escrituras, não é mesmo?

    3. Em terceiro lugar, ao que parece, meu caro, você não se deu ao trabalho de ler minhas postagens. Claro, você não é obrigado a concordar comigo, mas você deveria ser, no mínimo, capaz de refutar-me à luz das Escrituras, provando-me que o dízimo foi um mandamento dado à igreja!

    4. Quer dizer que você crê, meu caro, DLZ, que Deus o tem abençoado por ser um “dizimista fiel”? Bem, eu não sou, e ainda assim sou grandemente abençoado por meu Senhor! E sabe por quê? Por que não faço barganhas com Deus! Sou liberal com sua obra e não um escravo da lei!

    5. Além disso, você sabia que muitos ímpios também são abençoados por Deus, apesar de não “dizimarem”. E sabe por que? Leia Mateus 5:45 e você terá a resposta!

    6. Bom, a biblia tambem diz: ”honraras teu pai e tua mão para que se prolongue seus dias na terra” não precisa ser um servo de Deus para honrar pai e mãe para que viva muitos dias na terra. vou dizer meu exemplo. ”nao dou o dizimo para ser abençoado mas porque sou abençoado”

    7. vc deve esta confundindo abençoar no que diz respeito a dinheiro e abençoar no que diz respeito a paz com a familia, com sigo mesmo, com Deus. nisso Deus tem me abençoado, pois eu particularmente (sei que não é do seu interesse) não tenho uma situação financeira tão boa…

    8. …estou citando meu exemplo, pois não faço e nunca fiz barganha com Deus.

    9. Você acha que isto responde as perguntas que lhe fiz? Não seja ingênuo meu caro! Na dispensação da graça as bênçãos de Deus não estão atreladas a nossa obediência. Além disso, não honramos a Deus entregando “dízimos”, mais cumprindo o que está escrito, por exemplo, em Tiago 1:27.

    10. Além disso, Cristo disse em Mateus 9:13, por exemplo, “Misericórdia quero, e não sacrifício”. Não venha me dizer que não é nenhum sacrifício a você entregar o dito “montante” a seu pastor, pois não duvido que sua consciência lhe acusará se não o fizer. E isto denota sacrifício!

  9. Em segundo lugar, em uma coisa concordamos: o dízimo é bíblico, mas nunca foi dado a um gentio e muito menos à igreja!

    1. Em terceiro lugar, ao que parece, meu caro, você não se deu ao trabalho de ler minhas postagens. Claro, você não é obrigado a concordar comigo, mas você deveria ser, no mínimo, capaz de refutar-me à luz das Escrituras, provando-me que o dízimo foi um mandamento dado à igreja!

    2. Eu li sim tenho um minimo de bom senso.

    3. Eu li sim, tenho um minimo de bom senso.

  10. Como o amigo jcp disse ”vc é um apologista fracassado” não vou debater com vc. eu não disse que eu era um teologo para conhecer as escrituras de capa a capa, mas conheço o suficiente para saber o que Deus quer de mim.

    1. Ora, ora, meus caros DLZ e JCP! Isso vale para os dois: “Quando um “crente” não é capaz de pensar por si mesmo, e por si só buscar a Verdade, é porque há muito ele já teve sua mente cauterizada por aquilo que seus “líderes” lhes enfiam goela abaixo! (Atos 17:11).

    2. Leu mesmo? Todos os meus “irônicos” artigos? Então os refute biblicamente, se for capaz. Ou então permaneça em sua cega e consciente ignorância dando ouvido ao que seus “líderes” lhe têm dito. Aliás, eles são os mais interessados em ocultar-lhes a verdade dos fatos!

    3. E diga-me uma coisa, por favor! Quem disse que precisamos ser teólogos para conhecermos as Escrituras? Conheço grandes homens de Deus que pelo conhecimento bíblico que têm põem muitos teólogos “no bolso”.

    4. Quanto a ser um “apologista fracassado”, meus caros, esse um ponto de vista particular de vocês cegos e ignorantes. Se sou “fracassado” em minha apologética, porque tanto medo ou desinteresse em debater seriamente a questão? Não seria por que têm argumentos bíblicos?

    5. No debate acima de vc e jcp vi poucos argumentos bíblicos, mas uma guerra de palavras e insultos ate sobre a masculinidade um do outro.

    6. É verdade! Mas vou lhe dizer porquê: Diferente de você a quem indiquei um link com meu posicionamento sobre a questão (e que é bíblico, diga-se de passagem), o vulgo JCP, já havia recebido em outra postagem os referidos links! E a resposta dele você pode claramente ver acima!

    7. Você vai seguir o mesmo tom insano do discurso dele, sem sequer apresentar uma passagem bíblica refutando o que tenho escrito sobre o assunto? Ou você vai, de fato, expor biblicamente seu ponto de vista como eu já fiz nos links que lhe indiquei? Estou pronto para começar!

    8. Corrigindo: Se sou “fracassado” em minha apologética, porque tanto medo ou desinteresse em debater seriamente a questão? Não seria por que NÃO têm argumentos bíblicos?

  11. Não disse que precisa ser teólogo para conhecer as escrituras apenas usei um exemplo de mim mesmo pois EU NÃO SOU TEÓLOGO e não sou um grande conhecedor das escrituras, muito pelo contrario, todos os dias eu  aprendo algo a mais inclusive agora.

    1. Admiro sua honestidade DLZ, mas não “é um grande conhecedor das Escrituras”, como ousa dizer que o dízimo é um mandamento obrigatório para a igreja? E não venha com evasivas do tipo: “E não disse isso”, “Você me entendeu mal”, etc., pois isto está implícito em seus comentários!

    2. Se eu dissesse que o dizimo é um mandamento obrigatorio para a igreja eu estaria mentindo para mim mesmo, mas não vejo problema em dar l0 % do que eu ganho para a manutenção da obra de Deus

    3. Nem o próprio cristo proibiu de dar o dizimo, mas tambem não criticou quem dizimava. mas criticou os farizeus pela sua forma arrogante de dar o dizimo. pois queriam ser melhores do que os outros que não davam.

    4. Ah, enfim, uma menção bíblica! Conquanto a evasiva de que falei não faltou, não é mesmo? Pois bem você está citando Mateus 23:23, não é? Pois bem, lhe pergunto então: A quem Cristo está se dirigindo, aos judeus que, assim como Ele, estavam debaixo da lei, ou à igreja?

    5. Poderia ter Cristo dito aos escribas e fariseus: “deveis, porém, fazer estas coisas, E PODEM omitir aquelas”? Ora, meu caro, se Ele o fizesse seria acusado de incitar o povo a descumprir um mandamento da lei!

    6. Além disso, no verso 3 do mesmo capítulo de Mateus, Ele disse: “TODAS AS COISAS, pois, que vos disserem que observeis, observai-as e fazei-as; mas não procedais em conformidade com as suas obras, porque dizem e não fazem”. O que Cristo quis dizer com “TODAS AS COISAS”?

    7. Ora, a expressão “TODAS AS COISAS”, meu caro, refere-se à toda a lei. Cristo está dizendo aos judeus (e não à igreja) que eles deveriam observar e cumprir TUDO QUE A LEI OS OBRIGAVA!

    8. Assim, se os defensores do suposto “dízimo cristão” quiserem ser honestos em fazer uso do verso 23 de Mateus 23 para alegar que Cristo está nos ensinando a “dizimar”, então deviam eles reconhecer que devemos guardar toda a lei (v. 3), pois assim Cristo o diz!

  12. Corrigindo:Se não “é um grande conhecedor das Escrituras”, como ousa dizer que o dízimo é um mandamento obrigatório para a igreja? E não venha com evasivas do tipo: “E não disse isso”, “Você me entendeu mal”, etc., pois isto está implícito em seus comentários!

  13. logico que cristo estava se referindo aos judeus, pois eles estavam debaixo da lei. mas isso não quer dizer que nós não devamos dizimar.

    1. Tive que sair por um momento, mas vamos lá! Me diga: Você vai mesmo fazer “vistas grossas” para verso 3 de Mateus 23? Você não está sendo coerente com as Escrituras, meu caro! Ou guardamos toda a lei ou de nada nos adianta guardar o preceito do dízimo!

  14. Se vc ler em atos dos atos 4.32-37 os primeiros cristão vendiam uma herdade e depositavam o dinheiro aos pés dos apóstolos no texto diz que, eles depositavam todo o dinheiro para ajudar os cristão nescesitados. isso não seria uma forma de dizimar.

    1. O que Atos 4:32-37 têm a ver com dízimos, meu caro? Não force a barra! Lembre-se que não devemos ir além do que está escrito (1 Coríntios 4:6). Não há nada nesta passagem que sequer remotamente corrobore a ideia de que o cristão deve dizimar!

  15. Então esta certo vc quase me convence que não podemos dar o dizimo xau vou dormir ja são quase meia noite e vou trabalhar amanha depois agente conversa. (estou falando serio). 

    1. Bem, DLZ, não sou eu quem deve convencê-lo de nada, e muito menos de que “não podemos” dar o dízimo”. A quem não é se “podemos ou não podemos”. A questão é que este preceito não se coaduna com a nova aliança e, portanto, nenhum cristão está obrigado a cumpri-lo.

    2. Na nova aliança não existe dízimo, nem mesmo como “princípio”, como querem alguns, fazendo uso de linguagem ambígua, impor aos crentes. Não estamos mais debaixo da lei (de nenhum de seus 613 preceitos). E se não a cumprirmos em sua totalidade somos MALDITOS (Gl. 3:10; Tg 2:10).

    3. Recomendo-lhe no amor de Cristo, que faça um estudo bíblico pessoal sério e profundo das Escrituras quanto à questão, para entender o que de fato era o dízimo segundo a lei, como ele era praticado pelos israelitas e por quê ele não se acomoda à dispensação da graça!

  16. Contudo, faça-o de joelhos no chão, e não se deixe contaminar por fontes poluídas e vagas sobre assunto. Como você percebeu, sou irônico, mas até mesmo Cristo o foi. No entanto, a ironia muitas vezes se faz necessária para “sacudir” os que estão dormindo!

    1. Não precisa ler meus artigos se não quiser. Mas saiba que assim como eu, todos os que tiveram a coragem de enfrentar a questão de peito aberto, tiveram de admitir que o dízimo não é uma doutrina cristã. Se tiver esta coragem para começar e ir até o fim, Deus há de lhe iluminar.

    2. Contudo esteja preparado para a resistência fanática de muitos! Tratar do assunto do ponto de vista bíblico é extremamente fácil, contudo, do ponto de vista da tradição a nós imposta não é tão simples assim! Tenha uma boa noite, e que que Deus o abençoe!

  17. o jogo diz alguma mentira?
    esse site é o primeiro a falar de padre mas não exige moralização de pastor ladrão

Comentários 1 - 50 de 104Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement