Esqueceu a senha?

Jonas e Paulo – Histórias de contrastes

por Artigo compilado - ter abr 14, 11:08 am

Jonas 1.1-17; Atos 27.14-37

I- Atitudes diferentes

  • Jonas:Provoca tempestades, ele é o causador delas
  • Paulo: Acalma pessoas em meio à tempestade (anima, encoraja, motiva) (Atos 27:22)
  • Jonas: Não ama os perdidos, os pagãos, os diferentes, pois só ama o seu povo, os seus iguais
  • Jonas: Só quer fazer missões em Israel, é bairrista, nacionalista e sem visão do reino.
  • Paulo:Faz missões em todos os lugares, ama e considera a todos, sem acepção prega a todos.
  • A missão que Jesus começou é a de Paulo, ele está comprometido com o ministério (Atos 20:24)

II-  Objetivos diferentes

  • Jonas:Faz uma viagem de fuga e sem projetos.
  • Paulo: Sabe para onde vai e porque vai, pois tem um projeto bem definido.
  • Jonas:Usa sua liberdade para fugir da missão e da presença de Deus.
  • Paulo: Usa sua prisão para fazer a vontade de Deus e cumprir o ministério de Jesus.
  • Jonas:Está no navio para fugir, alienar, isolar e dormir.
  • Paulo: Está no navio para se integrar, pregar, orar, ensinar, abençoar, salvar vidas para Jesus.
  • Jonas:Dorme indiferente a tudo e a todos, pois está em fuga, não quer contato com ninguém.
  • Paulo: Entra no navio e ora por todos e testemunha para todos.
  • Jonas:Não ora nem mesmo no meio da tempestade ao contrário dos pagãos que estão no navio que o repreendem (Que vergonha!).
  • Paulo:Considera se sabedor da solução de Deus para vencer a tempestade e salvar a todos.
  • Jonas: Se considera o causador da tempestade, da tragédia e de problemas.

III-  Visão de vida diferente

  • Jonas: Quer ser jogado no mar, não quer cumprir a missão, não quer viver quer morrer.
  • Paulo: Quer ganhar alguns, cumprir o ministério, (Atos 20:24) está apaixonado pela vida.
  • Jonas: Nega seu nome, sua fé, sua teologia está em desobediência e em fuga.
  • Paulo: Se sente livre, motivado, seguro, animado, torna-se o líder do navio (Atos 27:25, 31, 32).
  • Jonas: Foi vomitado pelo peixe, vai para Nínive prega sem compaixão, misericórdia e amor.
  • Paulo: Na Ilha de Malta prega compaixão curando, abençoando e salvando pessoas (Atos 28:7-8).
  • Jonas: Deseja a morte e destruição de seus ouvintes.
  • Paulo: Ora, cura e deseja a salvação e vida plena para os seus ouvintes.
  • Jonas: Pede a morte para si por causa do arbusto que secou. (Jonas 4:6-8).
  • Paulo: É mordido por uma cobra venenosa e não se importa (Atos 28:3-6).
  • Jonas: Valoriza coisas, valoriza mais uma árvore do que mais de 100 mil perdidos.
  • Paulo: Não pensa em conforto, dedica-se as pessoas, tenta ganhar todos para Jesus.
  • Jonas: Quer a destruição da cidade de Nínive.
  • Paulo: Quer levar a vida e a salvação de Cristo a todos (I Timóteo 2.3-4).
  • Jonas: Desencoraja e desmotiva os seus ouvintes.
  • Paulo: Encoraja, anima, motiva a todos os que o ouvem (Atos 27.21,22,25).
  • Jonas: Não assume a liderança em Nínive.
  • Paulo: Teve um encontro com um anjo e confiou na mensagem dele da parte do Senhor
  • Jonas: Não tem nenhum ardor evangelístico.
  • Paulo: Tem grande paixão evangelística, é apaixonado pela salvação dos perdidos, demonstra interesse, compaixão, fé e amor, pois está comprometido com a grande comissão.

Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement