Esqueceu a senha?

J. Peters: um cessacionista ensinando “apologética”

por Julio Severo - qui fev 26, 3:32 pm

justin-peters

Justin Peters: um cessacionista americano ensinando “apologética” aos pentecostais do Brasil

Palestrante convidado da VINACC, um evangélico americano virou manchete ao lançar uma rajada de críticas aos pregadores da Teologia da Prosperidade classificando-os como falsos profetas.

Justin Peters deu sua aula de apologética num templo da Assembleia de Deus em Campina Grande em 16 de fevereiro de 2015. A VINACC realizou nessa igreja seu 2º Encontro Apologético Internacional.

No evento, Peters disse: “Benny Hinn, Kenneth Copeland, Joel Osteen, Myles Munroe, Joyce Meyer e outros são todos falsos profetas. O que eles ensinam não é o Evangelho pregado por nosso Senhor Jesus Cristo, mas um ensino que não tem nenhuma base bíblica.

No entanto, as críticas dele não pararam nos profetas da prosperidade (que realmente alguns deles merecem certas críticas). Ele também ensinou, no nome da apologética cristã, acerca dos dons e “como Deus não fala hoje” através de profecias e revelações.

Na Declaração Doutrinária de seu site, Peters diz que “os dons miraculosos de línguas, interpretação de línguas, revelação divina e cura física” eram dons apenas para os Apóstolos de Jesus. Ele também diz que esses “dons não estão mais em atividade hoje… e que são, portanto, desnecessários.”

Desnecessários? O evangelismo de poder era um componente essencial e vital do ministério de Jesus e seus discípulos. Dons sobrenaturais são ferramentas de Jesus para espalhar o Evangelho. Esses dons têm sido vitais para evangelismo eficaz no Brasil, para equipar os cristãos a confrontar as forças das trevas e libertar as pessoas das garras de Satanás.

Se eles eram extremamente necessários para Jesus e seus discípulos, por que eles seriam desnecessários hoje? As forças das trevas se evaporaram?

Tratar os dons sobrenaturais do Espírito Santo como “desnecessários” nunca foi parte do verdadeiro Evangelho. O cessacionismo (a doutrina herética que diz que os dons sobrenaturais do Espírito Santo cessaram dois mil anos atrás e não estão mais disponíveis hoje) nunca foi parte do ministério de Jesus e seus Apóstolos.

Se Peters ensinou tal “apologética” num templo da Assembleia de Deus no Brasil, com certeza ele ofendeu muitos brasileiros! Os pentecostais, os neopentecostais e os renovados são a maioria dos evangélicos brasileiros.

Não tenho dificuldade com críticas contra abusos de pregadores calvinistas, luteranos, pentecostais e neopentecostais. Mas rotular os pentecostais como “falsos profetas” ou “pregadores heréticos” só porque a motivação do crítico é o cessacionismo é hipocrisia. Ensinar contra o Espírito Santo é heresia.

Justin Peters acabou mostrando no Brasil que Myles Munroe, Kenneth Copeland e os que acreditam em profecias, línguas e revelações estão todos destinados ao inferno. Ao que tudo indica, a motivação para sua oposição ao pentecostalismo e aos dons sobrenaturais do Espírito Santo para hoje é seu amor por suas insignificantes doutrinas religiosas humanas que limitam Deus e seu poder e ações — sob o disfarce de amor pela “verdade.”

Esse tipo de “apologética” — que merece um título justo de <pseudo apologética> — teria causado problemas nas igrejas do Apóstolo Paulo, que viu muitos abusos dos dons sobrenaturais do Espírito Santo na igreja de Corinto, mas sua resposta não foi bani-los ou pregar o cessacionismo. Sua resposta foi corrigir os abusos. Ele jamais condenou, criticou ou atacou esses dons. Ele nunca desestimulou seu povo de buscar mais dons sobrenaturais.

Como seria de esperar, a equivocada apologética de Peters causou confusão entre os brasileiros. E seu ministério deu um relatório público do que aconteceu:

“No final de sua sessão, para dar uma apresentação prévia da próxima sessão, Justin falou sobre o abuso do dom de línguas e como Deus fala e não fala conosco. Aparentemente, isso deixou alguns transtornados, por assim dizer. Algumas pessoas evidentemente confrontaram os organizadores e os convenceram a pedir que Justin ajustasse e modificasse sua mensagem a fim de não mencionar o dom de línguas e o abuso de línguas, sob a premissa de que falar sobre tais coisas ofenderia muitos. É claro que Justin explicou que ele não podia, em sã consciência e diante de Deus, ajustar sua mensagem ou aguá-la para agradar às inclinações de uma audiência. Na realidade a única coisa que pode arrancar as pessoas que estão sob falsas doutrinas não é aplacar, mas falar a verdade em amor. Justin lhes disse isso e eles o proibiram de concluir seu seminário… os organizadores deviam se envergonhar de ter tão pouca firmeza de caráter. É claro que tenho certeza de que ovelhas fervorosas entre os organizadores lutaram para que não ocorresse essa concessão. Triste, eu mesmo lutei. Esse é outro motivo por que temos, como crentes, de nos submeter a um jugo com os que já estão condenados. É melhor ter uma conferência pequena fiel à verdade do que uma grande multidão que negocia a verdade. Os que estão sob falsa doutrina não se curvarão facilmente porque a doutrina falsa é uma batalha espiritual.”

“Doutrina falsa”: crer nos dons sobrenaturais do Espírito Santo para hoje.

“Falar a verdade em amor”: ensinar o cessacionismo.

O público da VINACC não estava transtornado porque Justin pregou contra Benny Hinn e outros. Aliás, eles estavam ali para ouvi-lo atacar esses pregadores. Eles ficaram transtornados porque ele queria também atacar suas experiências pessoais com Deus.

Há muitos apologetas calvinistas no Brasil que adoram o cessacionismo. Com a mesma paixão, eles adoram fazer críticas implacáveis aos pentecostais e neopentecostais. Ao mesmo tempo, muitas vezes eles escondem sua verdadeira motivação. Pelo menos nisso, Peters é mais honesto do que os calvinistas brasileiros. Aliás, tenho um e-book (“Teologia da Libertação versus Teologia da Prosperidade”) que desmascara a falsidade deles.

Pelo fato de que Peters é americano e não sabe que o evangelicalismo brasileiro é essencialmente pentecostal, ele não conseguiu ou não quis ocultar sua motivação para detonar os pregadores da Teologia da Prosperidade.

Para sua teologia humana, os cristãos que falam em línguas, ouvem a voz de Deus e têm profecias e revelações espirituais são tão “falsos cristãos” quanto todos os outros pregadores condenados por ele.

Discordo da teologia de Peters. Em minha opinião, o cessacionismo dele é heresia. Contudo, eu aplaudo a sinceridade e honestidade dele. Nesse aspecto, os críticos calvinistas anti-pentecostais do Brasil têm muita coisa para aprender com ele.

Nota do Pastor Euder Faber: “O Pastor Justin não tratou do tema <cessacionalismo> na VINACC”.

Versão em inglês deste artigo: Justin Peters: an American Cessationist Teaching “Apologetics” to Brazilian Pentecostals

Fonte: www.juliosevero.com


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

42 Comentários

Comentários 1 - 42 de 42Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Os dons não estão limitados a 1 Corintios 12, vide em :
    “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é DOM de Deus.” Efésios 2:8
    Se cessacionismo fosse correto, então a salvação cessou também? pois está é um “DOM”. 

    ESSE PESSOAL FEDE DE RUIM !

    1. ohhh..gostei..valeu mesmo, mais um arsenal para argumentar a favor da atualidade dos dons…mas quero te lembrar….os cessacionistas..arguentam que existem dons ordinarios e extarordinarios , o primeiro não cessou, só o ultimo..claro que essa distinção é ficticia e antibiblica.

    2. Pr Clavio, sim mas essas teses caem como goiaba podre. O dons ordinários : [Deus] é quem dá a todos a vida, e a respiração, e todas as coisas; At.17:25
      A salvação não é para o homem natural (que AINDA não aceitou Jesus) é dom extraordinário “..porque não sois do mundo..”Jo 15:19

  2. Sou contra ao psiquismo em torno dos dons, principalmente a enfase em profecia e falar linguas, o crente não pode negligenciar o “caminho sobremodo excelente” 1 Cor 13, e nem o estudo das escrituras 2 Tm 3:16 – depois SIM atentar as melhores práticas dos dons. 1 Cor 14.

  3. Uma cousa é estar adormecido na fé Mt 25; outra cousa é estar passando por um momento de ceticismo, e outra cousa é ensinar errado os irmãos. O cara saí dos E.U.A (berço da maioria das heresias ditas “cristãs”) e vem aqui pregar contra o Espírito Santo. (autor dos dons).  

  4. O problema é a interpretação errada dos pentecostais, isso que o cessacionismo defende. Profecias acabaram pois a Bíblia já está completa. Dons de cura ainda existem mas não como os pregadores da TV utilizam. Línguas são conhecidas e não palavras enroladas.

    1. O artigo e ninguém está defendendo curas modo TV. O espirito da profecia, (Espirito Santo) concluiu as revelações sobre Jesus de Genesis a Apocalipse. Quando ao DOM de profecia e linguas para a comunidade cristã isto é claro em 1 Cor 14 onde há regras claras, fora disso é heresia. 

    2. Os pentecostais não estão interpretando errado, eles não são ignorantes, tem pessoas academicas formadas, cultas. infelizmente ter ovelhas negras, aie descarta, mas isso é em ambos lados, no tradicionalismo tem o calvinismo que tanto combatemos … e assim vai. 

  5. Logicamente poderá acontecer se um missionário for a um povo desconhecido o Espírito Santo poderá dar a ele o dom de pregar naquela língua se necessário. Vários morávios e outros missionários anabatistas fizeram missões aprendendo normalmente a língua dos povos. 

  6. William Carey quando trabalhou na Índia não aprendeu nem falou o hindi ou sânscrito num repente. Estudou e aprendeu. Muitas vezes esse é o verdadeiro poder do Espírito, capacitar com inteligência e tenacidade para o trabalho cristão.

    1. O dom de linguas se interpretado é profecia, para edificação particular da comunidade ou de um individuo. falar em linguas dos homens como voce explanou, melhor ainda. mas tudo tem que ser julgado, não tenham medo de ler e aceitar 1 Cor 14 (capitulos inteiros).

  7. Não nego a profecia como no caso de Timóteo, e Deus pode mostrar qual será a missão da pessoa na vida cristã, pastor, diácono, missionário ou outros. Agora a profecia como estes pentecostais fazem, profetizou isso na tua vida ou aquilo, é contra a Bíblia.

    1. “esses pentecostais” fazem … ?! julgue a profecia, se estiver errado o contexto despreze ou denuncie como heresia. agora só falar que estão errados isso é julgamento temerario, e aie o sr. está errado, como esse pastor americano .

  8. Sim, claro que existem pentecostais decentes, Paulo Romeiro, falecido David Wilkerson. Mas infelizmente estes não são valorizados. Prefere-se vender livros destes falsos profetas citados no artigo do que dos verdadeiros estudiosos.

    1. Luiz, você batista, eu não sou (nada contra) … Atenção CACP se quiseres dar uma palavra para esse rapaz agradeço. já esgotei o repertório. tchau luiz.

  9. Agora fiquei curioso qual sua denominação jcp?

    1. Ilson, saber minha denominação não adianta nada, mas se for curioso quanto a pessoa de Jesus, você será um abençoado ! Ei, você deve-me umas trégua. 

  10. gostaria de saber a onde esta o veresìculo no novo testamento onde os dons cessaram ? a assemblèia  de Deus traze um camarada  desse para ensinar em seus pupitos é lamentavel agora eu tenho um texto e provo que os dons nâo cessaram, leiam por favoer  AT.2;38,39, 

  11. Só lembrando que existem muitos arminianos cessacionistas também e que nem todo calvinista é adorador do cessacionista, por exemplo eu, sou calvinista e acredito na continuidade dos dons!

    1. Eu conheço a denominação Presbiteriana Renovada, são pentecostais logicamente e não são cessacionistas … mas tem no seu dogma de fé o calvinismo e essa doutrina deve ser repreendida na Palavra, é muito similar ao cessacionismo.

  12.  è isso ai irmâo Bruno você està certissimo, nâo adianta ficar citando livros e livros temos que usar textos biblicos,  fica uma pergunta se nâo existe um texto que prove que os dons cessaram isso significa o que entâo? 

  13. Todos se baseiam em Coríntios, pois foram os textos do início da Igreja. Os textos posteriores não falam mais desses sinais. As línguas e sinais serviram para confirmar a Igreja nascente. Atualmente a pregação do Evangelho é suficiente. O resto é invencionice humana. 

  14. Epafrodito, Timóteo e Trófimo não foram curados por Paulo. Os sinais miraculosos não são a base da Igreja e sim a pregação do Evangelho. O maior milagre é o mais terrível pecador cair aos pés de Jesus e mudar por completo.

  15. O dom do amor suplantou todos os outros. E é o que mais falta atualmente. É o que trás o ímpeto missionário. A autoridade da Igreja já está firmada e sua base não são os milagres ou línguas inventadas e sim p amor aos pecadores.

  16. Se esses supostos dons fossem para a Igreja atual por que existem também nos movimentos carismáticos católicos? Ou vão dizer que os católicos adorando Maria e santos, orando à mortos e anjos, imolando Cristo várias vezes, recebem dons do Espírito Santo?

    1. E quem poderá dizer que não estão lá?

    2. Luiz, 
      arvore boa não dá mau fruto e arvore má não dá bom fruto. manifestação do erro podem ser imitadas pelo maligno, só lembrar de janes e jambres. Paulo, expulsou espirito de “adivinhação” passando-se por “revelacionismo” … julgue todas as coisas e retenha o que é bom  

  17. É, a cada hora aparece um para dizer qualquer coisa …. e essa qualquer coisa sempre vira sensação. Percebo mesmo é que, hoje, muitos não estão a procura de uma religião, mas sim de uma vida com Deus, e uma vida plena….agora, como pode os dons acabarem?

  18. jcp perguntei apenas por curiosidade. Te admiro muito e gostaria de saber qual denominação você segue e tentar buscar Jesus com a sua igrejs porque não conheço nenhuma.

    1. llson, não siga eu aonde congrego, isso vai de cada pessoa como mesma relaciona-se com Deus.
      em resumo como escolher uma igreja :

      http://www.cacp.org.br/em-busca-de-uma-igreja/

  19. jcp você diz que os dons carismáticos católicos são do diabo. Pois bem, penso que você na verdade deve ser sabatista pois vocês não suportam os católicos.

    1. Olivera, aonde eu escrevi em comentários que são diabolicos ? eu não escrevi isso, cada caso é um caso, então tem julgar cada caso. se escrevi me mostra então. 

    2. eu não citei “carismáticos católicos”, no comentário acima eu disse manifestações podem ser fraudes de entidades malignas …quem apontou nome de foi o comentarista Luiz, batista extremista.o qual não dá para ter comunhão com o mesmo, de tanto arbitrariarismo que o mesmo faz.

  20. Nunca presencie uma cura fisica, perguntei ao meu pai de 82 anos ele tambme nunca presenciou uma cura fisica, e a todos que pergunto, nunca viram pessoalmente acompanharm de perto tal acontecimento com um conhecido intimo, isso me leva a crer no que Justin pregou, crer sem substancia não é fé.

    1. Cura Divina não tem enfase, o Espirito Santo é um Ser que não fala de si mesmo. As vezes, uma cura real passa por desabercebido, “porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido” João 16:13 Se não existe cura e outras coisas então crer em um Deus incapaz ? 

    2. Na hora da cura ou etc,os anjos não vão tocar o tema do filme “Jesus of Nazareth”;
      Até os dons ordinários ou natural (nossa respiração e movimentos) não damos glória a Deus por isso. quanto mais os espirituais.agora vem dos EUA falar mentira aqui e pecar contra o Espírito, o cara vem.

    3. Seu raciocínio é muito “inteligente,” para não dizer outra coisa. Só porque você e seu pai nunca viram Jesus curando, então os milagres dele não foram reais? Aliás, vocês não podem crer em Jesus, pois vocês não o viram há dois mil anos. Você daria um belo ateu!

  21.  tantos comentarios , blá blá mas versículos biblìcos nada. precisamos responder os argumentos com base na biblÍa, quero dizer que, encerro minha fala deste assunto, só um lembrete aos irmãos Atos dos apostolos nâo terminou, no capitulo 28 e outro sim Jesus nunca mudou, 

    1. se eu fosse pago para pregar o “cessacionismo”, eu diria ao fulado : “o seu dinheiro seja contigo para sua perdição” – pregar o cessacionismo é mesma coisa que falar na face do Espirito Santo, que dá dons aos homens, “TÚ NÃO DAS DONS” . estão blasfemando, o pecado é gravissimo.

  22.  tantos comentarios , blá blá mas versículos biblìcos nada. precisamos responder os argumentos com base na biblÍa, quero dizer que, encerro minha fala deste assunto, só um lembrete aos irmãos Atos dos apostolos nâo terminou, no capitulo 28 e outro sim Jesus nunca mudou, e nunca mudara

    1. Atos 28 não terminou? isso é outra lenda evangélica, todas as escrituras estão encerradas, o que temos hoje são crônicas pessoais de evangelistas. Eu comentei coisas com base biblica, como não foi falado ou só blá blá? eu acredito nos dons, desde estejam bem julgados.

  23. 2 Timóteo 4:3
    Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências(cobiça de bens materiais) resumindo fim das igrejas QUE SÓ PENSAM EM GRANA.

Comentários 1 - 42 de 42Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement