Esqueceu a senha?

“Lula lidera entre os evangélicos”, que vergonha!

por Artigo compilado - qua ago 22, 12:03 pm

Nota do CACP: Não sabemos se a pesquisa do IBOPE revela mesmo os fatos, mas caso sim, isso mostra a crise moral que afeta, não somente o Brasil, mas a Nação Evangélica. Oremos!!!

————-

Segundo Ibope, Lula lidera intenção de voto entre evangélicos

Uma nova pesquisa Ibope, encomendada pela TV Globo e pelo jornal “O Estado de São Paulo” e divulgada nesta terça (20), avaliou a intenção de voto para presidente da República em dois cenários distintos. Apesar de estar preso em Curitiba e inelegível, por ter sido condenado em 2ª instância, o nome ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi incluído.

A pesquisa realizada entre os dias 17 e 19 de agosto ouviu 2.002 eleitores em 142 municípios. Ela também foi dividida por sexo, idade, escolaridade, renda, região, religião e raça.

Entre os católicos, Lula lidera com 41% e Jair Bolsonaro vem em seguida, com 15%. Geraldo Alckmin aparece com 6% e Marina Silva tem 5%. Os demais têm percentuais abaixo disso.  Brancos e nulos somam 16% e os que dizem “Não sabe/não respondeu” são 6%

Já entre os evangélicos, Lula aparece com 31% e Jair Bolsonaro com 23%. Marina Silva soma 8% e Geraldo Alckmin tem apenas 5%.  Muito identificado com o segmento, Cabo Daciolo figura com 1%. Entre os entrevistados, brancos e nulos são 15% e “Não sabe/não respondeu” somam 7%.

Contraste

Cerca de um terço da população brasileira é formada por evangélicos. Segundo o Ibope, são pelo menos 27% dos eleitores do país. Historicamente, o segmento tende a apoiar candidatos que se identificam com as bandeiras conservadoras defendidas pela maioria.

No final de julho, o Instituto Idea Big Data propôs, a pedido da revista Veja, fez uma pesquisa eleitoral focada especificamente na intenção de votos entre o público evangélico. O contraste com os números do divulgados pelo Ibope é grande.

Entre os pentecostais, Jair Bolsonaro tem 25% da preferência, Lula tem 24% e a ex-ministra Marina Silva (Rede) – fiel da Assembleia de Deus – 13%. Brancos e nulos são 9% e indecisos, 8.

Junto aos batistas, Bolsonaro tem 28% dos votos, 22% do petista e 13% optam por Geraldo Alckmin (PSDB). Brancos e nulos são 10% e indecisos somam 9%.

Outras vertentes (protestantes históricos, neopentecostais etc) mostram Bolsonaro com 31%, Lula com 26% e Marina, 7%, Ciro Gomes (PDT), com 6%. Brancos e nulos somam 17% e indecisos, 5%.

Os dados divulgados pelo Ideia Big Data têm margem de erro de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Entre os dias 20 e 23 de julho foram ouvidos 2.036 eleitores, que vivem entre 134 municípios do país.

Extraído do site gospelprime.com.br em 22/08/2018


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

5 Comentários

Comentários 1 - 5 de 5Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Já passou da hora de se ensinar o que é política na igreja. As profecias, por exemplo, estão associadas às questões políticas.

  2. A verdade é que o povo brasileiro, e principalmente o evangelicalismo brasileiro, precisa passar pelo comunismo na prática para ver se cria vergonha na cara. O povo é muito idiota e ignorante.

    1. Calma doido, chamando o Comunismo para o Brasil ? pedindo maldição ? tá doido ?! É a pesquisa do IBOPE quem diz que há uma suposta predileção pelo Lula, mas as agências de pesquisas tem soado muito como resultados mentirosos. vai com calma em xingar os evangélicos sem saber a verdade.

    2. a verdade é que não temos ninguém em quem votar, estão muito ruins os cão-didatos de um modo geral.

  3. São igrejas onde os lideres evangélicos pertencem a maçonaria. O Bolsomaçom, tem apoio do Silas Malafaia, Marcus Feliciano, ah, pastor Everaldo, lembram? Aquele que recebeu cinco milhões no debate da globo para dar voz ao Aécio Neves.

Comentários 1 - 5 de 5Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement