Esqueceu a senha?

Malafaia organiza marcha contra o “casamento gay”

por Artigo compilado - ter abr 16, 6:59 pm

Protesto em frente ao Congresso Nacional vai defender Marco Feliciano e atacar Projeto de Lei 122, que criminaliza a homofobia

O pastor Silas Malafaia organiza, com outros líderes evangélicos, uma grande manifestação em defesa “da família tradicional, da vida, da liberdade de expressão e religiosa”. O evento está programado para o dia 5 de junho, em Brasília, com parada estratégica em frente ao Congresso Nacional. Malafaia assegura que levará mais de 30.000 fieis ao protesto, para marcar posição contra o casamento gay, o aborto e o Projeto de Lei 122, que criminaliza a homofobia. Deputado pelo PSC e presidente da Comissão de Direitos Humanos, Marco Feliciano ocupará posição de destaque no evento. “Já que estão forçando a barra sobre o casamento gay, vamos a Brasília para dizer que estamos do outro lado. Não é um ato exclusivo para apoiar Marco Feliciano, mas para marcarmos nossa posição. Vamos dar a nossa resposta. Todas as lideranças evangélicas estarão presentes, assim como a bancada evangélica. Vai ter gente de todos os lados do Brasil”, avisa Malafaia, acrescentando que fiéis estão sendo convocados pelas redes sociais.

Antes da Jornada Mundial da Juventude, que levará o papa Francisco ao Rio de Janeiro, de 23 a 28 de julho, os evangélicos terão ainda outro grande evento público. Marcada para 25 de maio, a Marcha para Jesus espera reunir de 100.000 pessoas na Avenida Rio Branco, no centro do Rio. A caminhada, segundo Malafaia, também não tem o objetivo de ser um ato pró-Feliciano, mas as manifestações de apoio, incluindo cartazes e faixas, “estão liberadas”.

No ano passado, a Marcha para Jesus reuniu 300.000 pessoas na Avenida Rio Branco, no Centro do Rio. Com patrocínio de 2,5 milhões de reais da prefeitura – segundo Malafaia 500 milhões de reais foram devolvidos – o ato teve como tema o “direito à liberdade de expressão” – uma referência ao Projeto de Lei 122. Ao longo da manifestação, evangélicos seguraram faixas contrárias ao projeto e ao aborto. Para os evangélicos, o PL 122 é uma ameaça ao direito de “liberdade de expressão”. Os pastores temem que, com a aprovação do texto, possam ser presos caso preguem contra a homossexualidade.

Apesar de Feliciano não ser o objetivo central dos dois eventos, é certo que o apoio ao pastor dará o tom das reuniões. Líderes evangélicos e partidários, no entanto, começaram a estabelecer o que é a posição pessoal do deputado e o que pensam as igrejas. Em vídeos divulgados recentemente, Feliciano afirma, durante uma pregação, que a morte de John Lennon e dos integrantes do grupo Mamonas Assassinas foram castigos de Deus. “Ninguém afronta Deus e sobrevive para debochar”, disse Feliciano, sobre o ex-Beatle assassinado em 1980. Para Malafaia, os episódios recentes envolvendo Feliciano, deputado federal eleito com 211.000 votos, têm efeito positivo e terão efeito certo: aumentarão a bancada evangélica.

“Na próxima eleição, Marco Feliciano terá mais de 500.000 votos. Pode escrever. Ele vai arrebentar. Tudo isso foi bom para ele, foi bom para as eleições dos evangélicos em 2014. A comunidade evangélica é fracionada por várias opiniões, mas existem assuntos que nos unem. Essa questão do Marco Feliciano nos uniu. Nós, os evangélicos, não “habemus Papam”. Nós “habemus” líderes. E o Feliciano dá a possibilidade de nós, líderes, dizermos para os evangélicos: Vocês estão vendo aí? Vejam o que dá votar em gente contrária aos nossos princípios”, disse.

Fonte: Revista Veja

Divulgação: www.juliosevero.com


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

8 Comentários

Comentários 1 - 8 de 8Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. VAMOS PRA CIMA DELES VAMOS MOSTRAR QUE COM O POVO DE DEUS NAO SE BRINCQA VAMOS BOTAR 300000 LA EM BRASILIA

  2. Isso vai lá … deixa emprego, trabalho, esposa e filhos em casa, e vai lá Brasilia.
    aonde está na Palavra de Deus que precisa fazer passeata?
    ” … e os clamores … entraram nos ouvidos do Senhor dos Exércitos.” Tiago 5:4b
    Não confia em Deus, o Senhor dos Exércitos ?? os crentes agora de ovelhas tem que ser cabritos que dão marretadas??

  3. jpc, se essa resposta foi diretamente a mim, eu acho que eu exagerei com a expressão que eu usei no meu comentario acima como se quem fosse pra brasilia fosse um bando de mal feitores com a intençao de sair quebrando tudo por la. mas, eu acho que nao seria nada de errado fazer uma caminhada pra mostrar o nosso descontentamento com nossos governantes tratam o nosso pais

    1. Ok, no problem. é isso aí direitos e deveres.

  4. SOU TOTALMENTE CONTRA ESSA ATITUDE. NÓS, CRISTÃOS, DEVEMOS LUTAR CONTRA O PECADO E NÃO CONTRA O PECADOR. CRISTO ( SOCIALMENTE ) NOS ENSINOU A DEIXAR CRESCER AMBOS JUNTOS ( MT 13:30 – JOIO E TRIGO ), NO CAMPO ( VV. 24,27 ), QUE, POR SUA VEZ, É O MUNDO ( V. 38 ) E NÃO A IGREJA. DE QUE ADIANTA LUTAR CONTRA O PECADOR SE O PECADO FICARÁ ATIVO DENTRO DELE ? ALGUMAS PESSOAS NÃO PECAM PORQUE EXISTE UMA LEI, OBRIGANDO-AS A AGIREM ASSIM COMO NO CASO DA VELHA DISPENSAÇÃO. OS JUDEUS ” NÃO PECAVAM ” PORQUE EXISTIA UMA LEI QUE OS OBRIGAVA E, DESSA FORMA, ERAM LEGALISTAS. É O QUE ESSES ” IRMÃOS ” ESTÃO FAZENDO. QUEREM FAZER UM TRABALHO DE TRANSFORMAÇÃO QUE COMPETE SOMENTE AO ESPÍRITO SANTO. ESSA ATITUDE É, PORTANTO, PESSOAL E NÃO RELIGIOSA. CASO FOSSE, POR QUE NÃO REAGEM DA MESMA FORMA PARA QUEM SE PROSTITUI, SE DROGA, PARA QUEM BEBE, ADULTERA . . . ?

  5. Eu sou Totalmente Contra o Casamento Gay e sou Totalmente Contra as Praticas Homossexuais.

  6. Para mim só a União entre um Homem e uma Mulher no Casamento é Aprovada e Abençoada por Deus.

  7. O Manoel tu falou so besteira e asneira,Casamento gay e o que? nao e pecado?Defender Feliciano e uma obrigaçao de qualquer pessoa decente,ele esta sendo perseguido.

Comentários 1 - 8 de 8Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement