- CACP – Ministério Apologético - http://www.cacp.org.br -

Maria pode ser adorada?

Maria, o mesmo que Miriam ou “amada”, deve ser respeitada e, por ser a mãe do Senhor Jesus, não podemos dizer dela menos que Isabel: “Bendita és tu entre as mulheres… E de onde me provém que me venha visitar a mãe do meu Senhor?” Em seu “Magnificat”, Maria demonstra a sua humildade e, aí, vemos o porquê da sua escolha por Deus. De fato, ela é venturosa entre as mulheres, por ser a escolhida para mãe do Salvador. Mas, de modo nenhum, devemos fazê-la motivo de adoração. É pecado adorar, não somente a Maria, mas a qualquer outro nome que não seja o do Pai, do Filho, e do Espírito Santo. Ela mesma, em seu cântico (Lucas 1.47), afirma: “E o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador”. Este versículo bíblico é uma confirmação de que ela necessitava também da salvação. Ora, como alguém que carece de salvação pode salvar outros? Além do mais, só os cegos espirituais,não vêem a grande diferença entre o Senhor Jesus e Maria. E quem a ela rende culto prova a sua total ignorância das Sagradas Escrituras.

A história tem mostrado quantas aberrações têm sido cometidas, quanto a esses fatos. A adoração a Maria e a inúmeros outros santos, como é sabido de todos, foi uma coisa forjada pelo romanismo. Sem ir muito longe, é digno de registro o fato, e até dispensa comentários, de que o papa Paulo VI ofereceu uma rosa de ouro ao Brasil, e ao benzê-la na Capela Sistina em 5 de março de 1967, perante uma representação brasileira, expressou: “No Santuário de Nossa Senhora Aparecida, ela (a rosa) dará testemunho de nossa constante oração à Virgem santíssima para que interceda junto de seu Filho… Vamos a Maria para chegar a Jesus. Amando desse modo Nossa Senhora… chegaremos a Cristo, o Filho de Deus”. Qualquer novo convertido ao Evangelho sabe que em nenhum outro nome há salvação, a não ser no nome de Jesus.

Quanto à salvação, o próprio Jesus disse: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim”, Jo 14.6; “… tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, Ele vô-lo concederá”, Jo 15.16b; “… Eu sou a porta das ovelhas”, Jo 10.7.

– Que disse o apóstolo Pedro, acerca de Jesus? – Ele disse “e não há salvação em nenhum outro nome, dado entre os homens pelo qual importa que sejamos salvos”, At 4.12.

Fonte: A Bíblia Responde – Ed. CPAD

[1] [2]Compartilhar [3]