Esqueceu a senha?

Meu envolvimento com a Umbanda

por Enviado por email - sáb set 15, 4:47 pm

Conforme nos orienta a PALAVRA DE DEUS, no Evangelho de João 10.10 – “O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância”. JESUS CRISTO nos revela que temos um decreto de morte sobre as nossas vidas, conforme lemos na parte “A” do versículo. Porém Ele nos acalenta quando diz que Ele morreu na cruz para nos dar vida e VIDA COM ABUNDÂNCIA, descrita na parte “B” do mesmo versículo.

De acordo com a BÍBLIA SAGRADA temos ao nosso acesso AS VERDADES DE DEUS, porém existem também as mentiras de nosso inimigo, satanás e seus demônios, conforme está registrado na Carta de Paulo aos Efésios 6.10 – “Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.” DEUS nos deu a opção de decidir se acreditamos e vivemos de acordo e debaixo da autoridade e de SUAS VERDADES ou se vivemos uma vida de mentira e debaixo do jugo deste mundo, que jaz no maligno.

Resumindo, o inimigo combate AS VERDADES DE DEUS com as suas mentiras!

E quantas pessoas têm sido enganadas por estas mentiras, vivendo uma vida de miséria espiritual, mentiras, desilusões, frustrações, tristezas, e outras coisas semelhantes.

Não me recordo quando participei pela primeira vez de um terreiro de umbanda, mas era bem pequeno, pois me lembro vagamente de quantas vezes fui a este lugar com meu pai, na cidade de Ribeirão Preto.

Quando morávamos nesta cidade, certo dia apareceu em nossa casa um garoto negro, mais velho que eu, que se chamava Paulo. Ele bateu palmas e nos pediu um prato de comida. Ele entrou, comeu e depois foi embora. Voltou outras vezes e assim ficamos amigos, criamos um laço forte de amizade até que meus pais o trouxeram para morar conosco. Ele passou a fazer parte da nossa família. Ele morava com sua avó, mas como ele nos contou, ela o maltratava muito, por isso ele foi morar em minha casa.

Ele participava da umbanda e trabalhos de magia negra, me ensinava e me dizia muitas coisas a este respeito. Tinha muitos livros sobre estes assuntos e eu tinha acesso a estes livros. Ele se envolveu a ponto de se tornar um pai-de-santo, como se chama na umbanda.

Sempre tive um desejo muito forte de conhecer e encontrar DEUS verdadeiramente. Fui educado em um colégio de freiras (éramos católicos) na cidade de Belo Horizonte, e este desejo se aflorava a cada dia em mim, queria muito ser padre nesta época.

Freqüentei centros espíritas de mesa branca (não me encontrei), mas eu queria ter um envolvimento maior com DEUS. Eu queria mais, foi quando, na cidade de São José do Rio Preto, conheci e comecei a freqüentar um terreiro de umbanda.

Lembrava-me de todas as vezes que eu tinha estado em um lugar deste, quantas vezes fui consultar os guias e orixás, como dizem, eu gostava de tudo aquilo. Era bom estar no caminho para encontrar DEUS, imaginava.

Nesta época eu já era casado, minha esposa não gostava muito de tudo aquilo, porém ela tinha que aceitar, pois eu acreditava que estava finalmente no caminho que DEUS tinha determinado para as nossas vidas.

Fui convidado pelo pai-de-santo para uma conversa, em que ele me disse que eu tinha mediunidade e precisa desenvolvê-la. Disse-me que minha esposa tinha também e que teria que estar comigo, porém ela se recusou a participar e se envolver como eu.

Comecei a participar dos trabalhos (as giras), a cada dia eu me aprofundava mais e queria conhecer aquele mundo que eu agora fazia parte. Comecei a me relacionar mais com a família do pai-de-santo, de sua casa, de seu cotidiano, realmente eu estava me dedicando a esta religião, pois estava a cada dia mais envolvido com ela.

Não tenho como relatar aqui neste testemunho todos os momentos que vivi dentro da umbanda, pois precisaríamos de umas 100 folhas, mas quero compartilhar com você, que está lendo algumas passagens, o que acredito ser mais relevante.

Eu crescia a cada dia dentro da umbanda, o guia chefe daquele terreiro me chamou certa ocasião para me dizer que eu tinha superado muitos que estavam ali a muito mais tempo do que eu. Ele me disse que eu seria grande dentro da umbanda e muito poderoso, que eu teria um grande futuro pela frente. Foi ai que me dediquei mais ainda. Eu passava muitos momentos comendo quiabo cru com mel dentro de um quarto escuro, me purificando (este ritual era de acordo com o santo de cabeça de cada um, conforme fui ensinado). Tomava muitos e muitos banhos de erva e comia muitas comidas (comidas de santo). Fazia trabalhos quase diários em encruzilhadas, cemitérios e no próprio terreiro. Muitas vezes não podia ser tocado por ninguém, não podia fazer sexo com minha esposa e outras coisas que faziam parte dos rituais. Andava todo de branco com uma guia amarela no pescoço, que representava (como eles acreditam) a cor do meu santo.

Estava crescendo…

Não me recordo os dias (DEUS apagou certas informação de minha mente), mas tinha os trabalhos de 1ª linha ou linha branca que eram as giras com os erês ou bigis, caboclos e pretos velhos – pretas velhas, boiadeiros, baianos e baianas, ciganos e ciganas e outros que não me recordo. Tinha também a 2ª linha ou linha negra que eram as giras de pombas-gira e exus, estas eram as giras que eu mais gostava. Pessoas que haviam morrido voltavam e incorporavam nos cavalos (pessoas chamadas de cavalos, sendo que DEUS nos chama de filhos) para se elevarem a um nível ou dimensão superior e ajudar as pessoas.

Porém te convido a abrir a Bíblia Sagrada (você deve ter uma em casa) e leia Hebreus 9.27, Gálatas 5.19 a 21 e Apocalipse 21.8.

Tornei-me cambone de uma mulher que recebia muitos guias, era interprete e servia-os quando incorporavam nela.

Nesta época me tornei muito amigo do irmão do pai-de-santo, que também era um dos líderes daquele terreiro e também pai-de-santo. Confiava muito nele e o tinha em um alto conceito, pois ele era o meu líder espiritual e a pessoa que eu me espelhava dentro da umbanda.

Eu bebia, fumava, traía a minha esposa, era extremamente nervoso, tinha ódio, mágoa, vingança em meu coração… Apesar de estar procurando e desejando encontrar DEUS todas estas coisas faziam parte de minha vida. E descobri com a convivência que aquelas pessoas que ali estavam comigo tinha atitudes iguais as minhas – inclusive o pai-de-santo (líder e seu irmão), o líder espiritual daquela comunidade – não é estranho? (Cf. Gálatas 5.22 e 23).

Nesta época, em 02 / 12 / 1991, eu tive uma notícia muito triste, um dos piores momentos de minha vida, o meu pai havia falecido com um ataque cardíaco fulminante. Fiquei muito triste, porém encontrei apoio no irmão do pai-de-santo, no velório, todas as vezes que eu olhava para ele, a sua presença me confortava, pois eu o considerava muito.

Participei de muita coisa, rituais, consagrações, giras secretas, bebíamos muito (muitas vezes mais de cinco tipos de bebidas por noite), comidas, cigarros, rituais com derramamento de sangue de animais, ficávamos horas e horas nas festas dos guias, nos trabalhos secretos.

Eu tinha um desejo muito forte por uma mulher daquele terreiro e queria muito ficar com ela. Ela era uma das que recebiam guias, e sabem quem me ajudava a conquistá-la? A pomba-gira que ela incorporava. Eu gostava daquilo. “Será que DEUS concorda com isso?” – pensava.

No ano de 1992, no final dele, eu iria para uma praia, pois faria a consagração da umbanda que era o ritual de raspar a cabeça e consagrar a minha família naquela religião. Tinha a minha filha mais velha e minha mulher estava grávida. Os guias disseram que seria um menino, eu fiquei muito feliz, pois queria muito um filho. No dia em que nasceu, tamanha foi minha decepção quando me disseram que era uma menina de 4 quilos, chequei até a desprezá-la. Mas os guias disseram que era um menino, mas o que aconteceu?

Meu irmão adotivo, o Paulo, lembram, veio para minha casa e me disse que seu guia queria falar comigo. Fomos para uma mata e ali, incorporado, me disse que queria que eu e meu irmão abríssemos um terreiro, na cidade de Ribeirão Preto. Eu estava crescendo dentro da umbanda, estava subindo na hierarquia.

Porém tudo começava a mudar…

Um belo dia eu soube que meu primo fora em um jantar, de uma tal de ADHONEP, de muletas, pois havia operado os dois joelhos. Ele saiu de lá andando com as muletas nas mãos. Fiquei curioso para saber o que havia acontecido, pois o desejo de encontrar DEUS era cada vez mais forte em mim (eu acreditava ter O encontrado no terreiro de umbanda). Comecei a ter contato real com a BÍBLIA SAGRADA e a ouvir o que nela está escrito. Na umbanda nunca usamos a Bíblia, os ensinamentos eram adquiridos do pai-de-santo que seguia as normas e ensinamentos da umbanda, tanto que não podíamos passar por ele com a cabeça erguida e todo encontro com ele tinha que me abaixar até o chão e bater cabeça para ele. Que coisa maluca! DEUS não divide a sua Glória com ninguém, ninguém! (Cf. Isaías 42.8)

Para resumir eu estava totalmente fora dos padrões de DEUS. Tinha sentimento de vingança em meu coração, tanto que quando alguém me desagradava eu colocava o seu nome no garfo de uma imagem de exu para que ele fosse prejudicado. Minha casa tinha muitas imagens dos guias, orixás, muita vela dentro de casa e fora dela. Minha esposa via índios, ciganos, caboclos, crianças, via meu pai já falecido e estas imagens traziam medo ao coração dela. Porém no terreiro me diziam que eram os guias nos visitando para nos dar força, pois me diziam que eu era especial para eles. Numa noite, em um trabalho na encruzilhada eu fiquei frente a frente com um cachorro preto, muito grande, mas não via a sua cara, e de repente ele voou, vazou uma cerca de arame farpado e se foi na noite escura. Muitas experiências semelhantes aconteceram comigo.

Porém tudo aquilo me incomodava, pois eu havia começado a ouvir a Palavra de DEUS. Vi que muitas coisas não batiam com a Bíblia Sagrada (hoje sei que a Bíblia Sagrada é a Palavra de DEUS para o ser humano e a Sua Vontade). Hoje entendo que era a ação da Verdade de DEUS agindo na minha vida, me libertando das mentiras que eu estava vivendo – DEUS estava me resgatando para ELE! Em João 8.32 está escrito: “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.”

Eu ouvia a Palavra de Deus e continuava a servir o terreiro de umbanda, ouvia a Palavra de DEUS e continuava a servir o terreiro de umbanda… Porém algo estava mudando em meu coração.

Para finalizar, aconteceram duas coisas que me fizeram prestar mais atenção à Palavra de DEUS e começar a enxergar algumas coisas que até então eu não enxergava. A primeira foi que tinha um homem no terreiro, casado e pai de dois filhos, que em certo momento ele largou da sua mulher e de seus filhos e foi viver com o pai-de-santo (líder). Viviam uma relação homossexual.

Achei muito estranho aquilo, pois não via DEUS naquilo – as escamas dos meus olhos começavam a cair. Comecei a perceber tudo a minha volta, muita bebida, traições, desejos sexuais desenfreados e relações homossexuais. Grande parte dos pais-de-santos que eu conhecia eram homossexuais, muitos ali dentro também eram… Tudo começou a ficar muito estranho para mim, comecei a me sentir mal.

A segunda e fatal para mim foi que uma noite teve uma festa na casa do pai-de-santo, minha esposa tinha viajado, eu estava sozinho em casa. Fui àquela festa com uma única intenção: queria sair e levar a mulher que eu citei anteriormente para a cama, ela mexia muito comigo, era a minha oportunidade. Fui, porém ela não pode ir. Fiquei decepcionado, comecei a beber muito (tinha bebida a vontade), bebi tanto que eu não conseguia ficar de pé. Não tinha condições de voltar para casa (outras vezes eu também havia bebido muito a ponto de certa vez chegar em casa vomitando e de quatro, pois não consegui ficar de pé. Minha esposa vendo aquela cena, um belo exemplo, não acham?), então o irmão do pai-de-santo (aquele que era o meu exemplo e meu amigo) me levou para a sua casa e me colocou na cama. Por volta de 4 horas da manhã eu despertei sentindo algo em meu órgão genital. Quando abri os olhos o pai-de-santo estava mexendo e praticando volúpia oral. Fiquei decepcionado, assustado, o que estava acontecendo, como um líder espiritual, aquele em quem eu confiava, estava se aproveitando daquela situação para praticar tal ato? Fui para o banheiro, esperei o dia clarear e fui embora.

Voltei ao terreiro, totalmente decepcionado, mas voltei. Porém em uma sexta-feira, gira de exu e pomba-gira, me veio ao coração um versículo da Palavra de DEUS – João 14.6 – que eu já havia escutado algumas vezes, mas naquele momento ele ecoou em meu coração muito forte: “Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.” Entendi que meu lugar não era ali, DEUS estava colocando um basta em toda aquela mentira que vivi durante anos. Naquela noite eu disse para o guia que eu servia que eu iria servir o DEUS verdadeiro, que eu iria servir a JESUS CRISTO, pois foi Ele que havia morrido na cruz por mim e mais ninguém. Sabe qual foi a resposta? Se você sair daqui nunca mais terá vitória na sua vida. Será que DEUS ameaça o homem a qual Ele mesmo criou? Certamente que não, o homem é que abandona o seu Criador e vai atrás de deuses estranhos. E para a Honra e Glória do Senhor JESUS CRISTO isto aconteceu algumas semanas antes de eu participar da consagração (raspar a cabeça) e consagrar minha família a toda àquela mentira.

Hoje entendo que todos aqueles guias, orixás, etc…, não passam de demônios para enganar o homem. Quando tomei a decisão de não voltar mais naquele lugar e servir i Verdadeiro DEUS e Único, a guia amarela que eu tinha no pescoço estourou, arrebentou sozinha.

Nunca mais voltei aquele lugar. Conheci o DEUS Verdadeiro, Santo, Misericordioso que me ensinou a amar, a perdoar, me ensinou o que é bom e o que não é bom para mim, hoje sou verdadeiramente um servo do SENHOR!

Lembram do meu irmão adotivo? Ele continuou a servir tudo aquilo, era um pai-de-santo. Uma noite (conforme me disseram) ele foi até a sua casa onde havia morado com sua mulher (eles haviam se separado e ele disse a ela que iria matar ele e seu filho e depois se suicidar), foi até a janela do quarto onde ela estava, e na sua frente ele se suicidou. Ele deu um fim na sua vida… Foi muito triste.

Se você, neste momento está à procura de encontrar DEUS, quero lhe dizer o caminho: (João 14.6) “Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.”

Entregue a sua vida para JESUS CRISTO: (Apocalipse 3:20) “Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.”

Você tem neste momento a oportunidade de mudar de vida e conhecer a verdadeira paz, o verdadeiro caminho como eu conheci um dia: JESUS CRISTO!

Alexandre José Gossen


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

56 Comentários

Comentários 1 - 50 de 56Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Vc mudou a minha vida com essa palavra…estava a ser aliciada para entrar nesse caminho….obrigada pela palavra e acerteza. Deus o abençoe.

    1. A Paz do Senhor Juliana!

      Fiquei muito feliz por ler seu comentário, poder compartilhar com você e tantas outras vidas desse Jesus Cristo Maravilhoso e Poderoso que conheci um dia e hoje posso apresentá-lo às vidas que necessitam conhecê-Lo.
      Conte comigo (ministerioalex@yahoo.com.br)

    2. ministério alex ?! precisa explicar sua crença e não ficar chamando os outros para “tc” com você. 
      Pescador de aquário ! 

  2. Que o nosso Deus lhe abençoe também grandemente jcp!!!

    1. “nosso Deus” ?! depende qual esse deus seu de fala mansa.

  3. Cara isso n eh umbanda nao vc foi num centro de candomblé

    1. ah ah eu conheço a velha rixa entre umbanda e o candomblé um acusa o outro de “feitiço”.
      mas são farinha má da mesma botija.

    2. Exatamente, André. Esse cara quer alienar as pessoas! Pobre de conhecimento, rico de preconceito!

  4. 5-Quero expor minha opinião que a umbanda ou o candomblé não influenciam jamais alguem a praticar atos medonhos como o seu porém acho que a sua religião deve ser respeitada assim como a minha também!Realmente tudo o que você disse acima não conheço nem dentro da umbanda nem do candomblé!

  5. Irmão isso quer dizer que vc não conhece a umbanda vc foi enganado, que Deus lê ajude e digo a verdadeira umbanda é paz, amor e caridade nada de santo.

    1. Falou tudo Carlos…

  6. carlos diz “…a verdadeira umbanda é paz, amor e caridade nada de santo.” 

    quantas inverdades heim ?! – voces são idolatras, tanto de estatuas diversas e quanto a pactuar-se com espiritos imundos (auto denominados “deuses”). 

    toma forma de espiritismo é feitiço e anti cristão.

  7. Não sou umbandista, respeito todas a religiões mais tenho meus pontos de vista pessoal, só meu amigo que eu achei o seu testemunho, se é que se pode chamar isto de testemunho bastante incoerente com a religião umbandista, ainda mais quando você falou em sacrifício de animais.

    1. Nos rituais e procedimentos internos TEM SIM abate de animais (bodes) e as famosas macumbas de encruzilhada onde matam galinhas em sacrificio, e isso inclusive no candomble e umbanda.   

    2. meu amigo, te digo a verdade que há sim sacrifícios como eu também já participei, Umbanda tem sim

  8. Ola,gostei muito de ter lido seu testemunho,me ajudou muiito,eu tbm tive experiencias nada agradaveis,te confesso que estava tendo ate recaida de voltar,,pois vc sabe a carne e fraca e os praxeres mundanos nos conquista,mas lendo iisso tive a certeza do meu caminho a seguir,eu quero Deus!!

  9. Seu testemunho de vida tem ajudado muitas pessoas , tenho certeza .

  10. Eu acho que falta aqui é bom senso o rapaz relatou o que ele viveu foi uma experiência pessoal não é uma generalização da religião pq pessoas boad e ruins tem em todos os lugares …

  11. Creio que você não era umbandista. Se vc não sabe a umbanda é caridade e amor. Na verdadeira umbanda não há sacrificios de animais, muito menos magia negra. Enfim, antes de ficar contando histórias impressionantes, procure entender melhor o seu passado e saber a quem vc servia. 

    1. é feitiço sim. paz e caridade até o islã fala …tem sim sacrificio de animais e aves, não se faça de desentendida, matam galinha para encruzilhadas. umbanda candomble kardecismo é magia negra. não faz parte do entendimento cristão.

  12. Nossa meu ex marido está nesse caminho de mentira largou sua família está morando com outra mas creio nesse Deus que restaura que liberta … muito bom ouvir esse testemunho!

  13. Existem muitas e muitas igrejas, assim como existem muitos e muitos terreiros, então se em um terreiro que você foi, as coisas eram assim, não quer dizer que é assim em todos, então não generalize e respeite, porque apesar de toda a experiência que você diz ter tido, você não conhece nada!

  14.  Minha mãe e irmã eram da umbanda e nos rituais internos tem sim sacrifício de animais. A vida delas desandou. Minha mãe estava com câncer e o tal do exu disse que era para ela parar com a quimioterapia pois já estava curada pelos guias. Resultado: câncer espalhou e ela morreu.

  15. Fui Umbandista 20 anos. Graças a Deus encontrei Jesus e minha cegueira espiritual foi quebrada!
    Pude me converter e compreender que até os escolhidos seriam enganados…Mateus 24:24
    Esses demônios envolvem as pessoas, até realizando “algo bom” para justamente ganhar a fidelidade das pessoas!

  16. Onde que Deus precisa de intermediários para ajudar um filho? Como pode ser algo de Deus, utilizando cigarro, alcool e sacrificio de animais?

  17. impressionante seu testemunho, ja li e ouvi outros parecidos, e cada dia mais tenho a certeza que só há um verdadeiro DEUS a seguir, o “Senho Jesus”.

  18. Bom meu caro amigo, dizem que quando voce julga a religião do outro a sua ja não é a certa, “Amararas o teu próximo como a ti mesmo” porque voce julga a religião de alguem sendo que a sua julga a do outro? amigo voces dizem para nao idolatrar .. Mais Voces IDOLATRAO JESUS cristo?

  19. e mais uma coisinha,voce n estava em um centro de umbanda e sim na zona voce só nao quis dizer, pra se fazer de santo pra sua mulher é oque todo evangelico faz dentro da igreja esconde seus pecados atras de um AMÉM Tomem vergonha na cara. voces nao vee umbandista saindo bebado dentro de terrero.

    1. guilherme seg jul 03 at 2:48 am ” … Mais Voces IDOLATRAO JESUS cristo?”

      pelos seus diversos erros de gramática suponho ser você uma pessoa indouto em literatura. mas uma coisa o sr. está certo, sim os crentes adoram Jesus Cristo sim. porque Ele é Deus.

    2. nas atividades umbandista tem sacrifício de animais, quem deveria ter vergonha seria mais propriamente você guilherme. umbandista não sai bêbado, mas lá dentro bebem a marafo.
      é uma religião deixa muito a desejar.

  20. olha eu acabei de volta para o verdadeiro e unico salvador ,servi a umbanda por 15 anos e me tornei pai pequeno do centro no qual eu frequentava,sei que ha certas incoerencia no testemunho pois ha uma mistura de umbanda com candomblé.mas este negocio que a umbanda é paz amor e caridade

  21. Nunca podemos aceitar um comentário no qual acima foi descrito que na umbanda não há sacrifício de animais, bebidas e cigarros isto é fato. Minha opinião é que só podemos adorar a Deus que morreu na cruz para nós salvar, pois ele é a verdade, falo isto com conhecimento de causa !!!!

  22. Querido, sou evangélica, mas tb tenho conhecimento da umbanda , por meio da família do meu noivo… Infelizmente há pessoas que deturpam valores utilizando a religião. Isso ocorre na igreja católica, evangélica, umbanda. Não generalizar, pois de fato vc não conheceu a verdadeira umbanda.

    1. “não conheceu a verdadeira umbanda”

      existe a verdadeira e falsa umbanda ? se vc fosse evangélica de fato, pelo estudo bíblico saberia que espiritismo seja lá como se apresenta é tudo feitiço, e envolver-se com os tais é jugo desigual com incrédulo.

    2. Jesus é o caminho a verdade é a vida assim como você disse irmão.
      Quem me levou a Deus foi um ex-espirita e hoje um servo do Deus vivo, e não de coisas que prometem levar a Deus. Só há um caminho e o caminho é ele. 
      Somente Deus cura os sentimentos ruins e comportamentos também. 

  23. Todo cristão e fanatico, para se ter uma ideia, na India, poucos conhecem a biblia ou Jesus ou mesmo o deus hebreu, cada cultura tem o seu deus,mas os cristaos sempre vao achar que so eles estal salvos ou sei la o que.

  24. MEU AMIGO, NÃO SEI ONDE VOCE ANDOU, MAS COM SERTAMENTE NÃO FOI NA UMBAMDA VERDADEIRA.E QUANTO A ESSA QUESTÃO DE RELIGIÃO, CADA UM CRE NAQUILO QUE QUER CRER!

    1. CADA UM CRE NAQUILO QUE QUER CRER ???

      isso é obvio. porém se você acessa o artigo alguma coisa você entendeu. umbanda verdadeira ? os umbandista avisa que o candomblé é feitiço, e vice versa. entre eles mesmos tem controvérsia. não tem replica ? repense seus conceitos.

  25. POR MAIS DE 25 ANOS CONGREGUEI EM UMA IGREJA PSEUDA CRISTÃ, E TE AFIRMO COM SEGURANÇA!MUITAS SÃO PIORES QUE TUDO ISSO QUE VC NARROU! E VEIA BEM !!!!! NÃO SOU UMBANDISTA!!!!!!MAS CONHEÇO MUITA GENTE DESSA CRENÇA, MUITO MELHORES QUE MUITOS QUE SE DIZEM SANTOS E DONOS DA VERDADE.

    1. o artigo argui quanto a doutrinação deste movimento espírita, quanto a parte comportamental isso é inerente a pessoa, verifique a parte final do artigo onde convida sobre aceitar Jesus, como voce diz que “congregou” em pseudo cristãs, então busque uma eclesiologia saudável.

  26. Gostei muito do seu testemunho. Eu e meu esposo fomos convidados para um suposto terreiro de umbanda,após questionar certas atitudes do “pai de santo” o mesmo disse que trata-se de Jerema Sagrada. O pai de santo acariciou o p do meu esposo, depois ficou mandando msg p ele no whats. Falso profeta

  27. Aconteceu comigo e com meu esposo, o tal pai de santo deu em cima dele, depois ficou mandando magia no whats querendo que ele fosse sozinho no terreiro. Alegou que fizeram um trabalho para ele e eu não poderia ir junto pois poderia pegar em mim. Disse que a religião é a Jerema Sagrada.

  28. o teu depoimento e corajoso e correto para que muitos saibam que o diabo veio pra roubar, matar e destruir, mas aquele que aceitou o Nosso Senhor Jesus Cristo de todo o coração, tem poder sobre o diabo, pois o diabo não passa de um cachorro na coleira de Deus.

  29. Lemos mais uma vez a verdade que o diabo insiste em ofuscar de nosso entendimento.

  30. Vc não está falando de umbanda meu amigo…está falando de candomblé… umanbanda não faz trabalho para o mau e muito menos raspa a cabeça…. te enganaram bonito.

    1. candomblé ou umbanda pode ter lá seus diferenças peculiares mas no fundo é espiritismo a mesma coisa ou farinha do mesmo saco.

      ” … E não quero que tenhais qualquer comunhão com os demônios.” 1 corintios 10:20 b
      ” … Não podeis … da mesa dos demônios.” v.v 21

  31. Existem 3 tipos de umbandistas. O leigo que não enxerga o viés maligno. O Doutrinador que sabe da verdade maligna dos guias mas doutrinam que é uma religião de luz e Paz. E por último Feiticeiro que é tão aprofundado nas magias demoníacas que não consegue ser doutrinador. Sem mimimi

  32. O que você relatou e a mais pura verdade, quem bem souber nunca entrem nisso pq quando vc tentar sair sera ameaçado, e se mesmo assim você sair os demônios vão acabar destruindo suas vidas ou das pessoas que você mas ama, essas entidades não deixam barato

  33. Fiz o caminho exatamente oposto. Vi coisas absurdas na igreja evangélica (não digam que não existem) e me encontrei na umbanda, depois de 20 anos evangélico, convertido e batizado. Fui recebido lá, acolhido, tratado e hoje amo Deus, os orixás e meus guias.

    1. seu comportamento seria o que se chama na Bíblia de “apostasia” .Um dia conheceu mas deixou a fé cristã e foi ouvir espíritos por aí. 1 Timóteo 4:1. Usa a desculpa que viu “absurdos” na igreja. No tempo de Jesus, Ele foi traído, negado e abandonado então Jesus é “absurdo” também?

  34. Meu ex marido participa desses lugares também e está levando meu filho também, segundo a lei não posso proibir e nem consigo conversar com ele pois o mesmo anda extremamente perturbado nesse caminho. Seu depoimento veio para me mostrar que posso colocar a vida do meu filho nas mãos de Deus

  35. Gostaria de ter acesso ao restante do testemunho preciso de ajuda pfv poderia entrar em contato?

  36. quanta mentira kkkk sou Umbandista a 20 anos e nunca vi nada do que você mencionou, é mais um mentiroso sensacionalista, e estou lhe denunciando e o convidando a comprovar judicialmente tudo o que disse.

  37. a umbanda que vc frequentou foi a umbanda errada meu caro.

  38. Vc não frequentava UMBANDA.
    Está mentindo para todos.

  39. “Ele participava da umbanda e trabalhos de magia negra” Somente com esse início de seu belo testemunho, você apunhala a Umbanda e se engrandece daquilo que você crê. Em nenhum terreiro/centro/reunião de Umbanda há magia negra. Isso é Quimbanda, Candomblé!

Comentários 1 - 50 de 56Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement