Esqueceu a senha?

Mormonismo e seu mundo espiritual após a morte

por Artigo compilado - sáb fev 21, 10:35 am

missionários mormon lds sud jesus cristo

De acordo com o ensino mórmon, os espíritos vão para o mundo espiritual. Este mundo espiritual é descrito como um lugar de espera, de trabalho, de aprendizado e de descanso. Viverão nele até que estejam prontos para a ressurreição. Existem divisões neste mundo espiritual.

Este mundo espiritual chegará ao fim após a ressurreição. Então todos serão designados para um dos quatro lugares que lhes foram preparados:

  • Reino de glória celeste (com três graus de glória);
  • Reino de glória terrestre;
  • Reino de glória teleste;
  • Trevas exteriores ou inferno.

Dependendo do julgamento pelo qual cada um passará, irá para um dos quatro lugares, sendo assim descritos os três primeiros:

CELESTIAL

Estes são os que receberam o testemunho de Jesus, e creram no seu nome e foram batizados… Para que, guardando os mandamentos, pudessem ser lavados e purificados de todos os seus pecados e recebessem o Santo Espírito. Estes são aqueles que sobrepujaram o mundo por sua fé. São os justos e puros aos quais o Espírito Santo pôde selar com suas bênçãos (veja “Doutrina e Convênio” 76:51-53). Os que herdarem o grau mais alto do reino celestial, e que se tornarão deuses, deverão ser também casados para a eternidade no templo (veja “Doutrina e Convênio” 131:1-4). Todos os que herdarem o reino celestial viverão com nosso Pai Celestial e Jesus Cristo para sempre (veja “Doutrina e Convênio” 76:62).

TERRESTRIAL

São aqueles que rejeitaram o evangelho na terra, mas que o receberam depois no mundo espiritual. Foram pessoas honradas na terra, mas que foram cegas para o evangelho de Jesus Cristo pelas artimanhas dos homens. São aqueles que receberam o evangelho e um testemunho de Jesus, mas que depois não se mostraram valentes. Eles serão visitados por Jesus Cristo, mas não pelo Pai Celestial (veja “Doutrina e Convênio” 76:73-79). Não serão parte de uma família eterna; viverão separadamente e como solteiros para sempre (veja “Doutrina e Convênio” 131:1-4).

TELESTIAL

Estes não receberam o evangelho nem o testemunho de Jesus nem na terra nem no mundo espiritual. São aqueles que sofrerão por seus pecados no inferno até depois do milênio, quando serão ressuscitados. Estes são os mentirosos, feiticeiros, adúlteros e libertinos, e todo aquele que ama e inventa mentiras. Eles são tão numerosos quanto as estrelas do céu e as areias da praia. Serão visitados pelo Espírito Santo, mas não o serão nem pelo Pai nem pelo filho Jesus Cristo (veja “Doutrina e Convênio” 76.81-85, 103-106) (“Princípios do Evangelho” – Edição 1988, p. 286).

Assim o mormonismo é a única religião que fala que existem três lugares para os quais as pessoas podem ir ao seu estado final de bem-aventuranças. Duas passagens são citadas pelos mórmons para justificar tal ensino: 1 Co 15.40-41 e 2 Co 11.2-4.

Resposta Apologética:

O texto de 1 Co 15.40-41 fala da glória do sol, da lua e das estrelas. Os mórmons interpretam isto como uma apresentação dos reinos celestial, terrestrial e telestial. Observa-se, entretanto, que aí surge um problema numérico. Só existem duas designações: celeste e terrestre. Foi preciso inventar uma terceira: telestial.

Quanto a 2 Co 12.2-4 não ensina o que os mórmons pretendem. Ensina sim que terceiro céu é uma expressão que se iguala a Paraíso e esse é o lugar para onde vão os salvos em Jesus Cristo. Entende-se, pois que:

1º céu – É a nossa atmosfera – Gn 7.23; Dn 2.38;

2º céu – O espaço sideral – Gn 1.14-16; 22.17; Mc 13.25;

3º céu – Onde Deus habita – Mt 6.9, os anjos Mc 12.25 e onde ficam os salvos quando morrem – Fp 1.22-23; 3.20-21; Hb 12.23; Ap 6.9-11.

E finalmente o quarto lugar – lugar onde existem trevas exteriores. São para os mórmons apóstatas, e viverão para sempre ao lado de Satanás.

De acordo ainda com os ensinos de Jesus, existem dois caminhos que conduzem a dois fins e não a quatro lugares como aponta o mormonismo:

Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; e por que estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem (Mt 7.13-14).

Para os mórmons alcançarem o reino celestial e o grau de exaltação são necessários os seguintes trabalhos:

  • Devem ser batizados e confirmados membros da Igreja de Jesus Cristo.
  • Devem receber o Espírito Santo.
  • Devem receber o endowment (dote) no templo.
  • Devem ser casados para o tempo e para toda a eternidade.

Além das ordenanças exigidas, existem também muitas leis que devem obedecer para se qualificarem para exaltação. Devem:

  • Amar a Deus e adorá-lo.
  • Ter fé em Jesus Cristo.
  • Viver a lei da castidade.
  • Arrepender-se dos nossos erros.
  • Pagar dízimos e ofertas honestas.
  • Ser honestos nos negócios com os outros e com o Senhor.
  • Falar sempre a verdade.
  • Obedecer à Palavra de Sabedoria.
  • Pesquisar nossos mortos e realizar ordenanças salvadoras do evangelho por eles.
  • Guardar o dia do Senhor.
  • Freqüentar as reuniões da Igreja com tanta regularidade quanto possível, para renovar os convênios feitos no batismo. Isto é feito ao partilhar do sacramento.
  • Amar e fortalecer os familiares nos caminhos do Senhor.
  • Orar individualmente e em família todos os dias.
  • Honrar os pais.
  • Ensinar o evangelho aos outros pela palavra e pelo exemplo.
  • Estudar as escrituras.
  • Ouvir e obedecer as palavras dos profetas do Senhor.
  • Amar ao próximo (“Princípios do Evangelho.” Editora A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, edição 1988, pp. 291-292).

Extraído da Série Apologética do ICP


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Comentários fechados neste artigo.

Advertisement