Esqueceu a senha?

Nasa: grande asteroide passará ‘raspando’

por Artigo compilado - seg out 26, 2:55 pm

Nasa: grande asteroide passará ‘raspando’ a Terra na véspera do Halloween

A rocha espacial, batizada de 2015 TB145, chegará a uma distância pouco maior que existente entre a Lua e a superfície terrestre. Apesar de ser relativamente grande, o fenômeno não apresenta risco de colisão com o nosso planeta

Ilustração da Nasa mostra a passagem de um asteroide próximo da Terra

Em ilustração, Nasa mostra asteroide passando próximo à Terra, porém sem riscos de colisão com o planeta.(NASA/Divulgação)

A Nasa anunciou que, às vésperas do Halloween, um asteroide de grandes proporções passará muito próximo à Terra. Descoberta recentemente, em 10 de outubro, a rocha espacial foi batizada de 2015 TB145 e tem diâmetro de 470 metros. Segundo a Nasa, no ponto de maior aproximação com a superfície terrestre, previsto para a madrugada do dia 30 para 31 de outubro, o asteroide estará a uma distância de 499 000 quilômetros do planeta. No entanto, os cientistas alertam que não há perigo de impacto com a Terra.

Até 2027, essa será a maior rocha espacial a se aproximar da superfície terrestre, de acordo com a Nasa. Essa distância de 499 000 quilômetros equivale a 1,3 a distância média da Lua em relação à Terra. Em 1999, um asteroide, que media cerca de um quilômetro de diâmetro, conseguiu ficar ainda mais próximo do nosso planeta: a rocha 1999 AN10 ficou a 30 000 quilômetros de distância da Terra. Esse fenômeno também não ofereceu riscos de colisão.

A posição da órbita do 2015 TB145 é o mais surpreende os cientistas. Diferente da maioria dos asteroides – possuem órbitas circulares -, essa rocha espacial orbita no formato de uma elipse, com grande inclinação, cerca de 40 graus, em relação aos planetas do Sistema Solar. Mesmo com o advento das tecnologias astronômicas, essa característica faz com que seja difícil detectar esse tipo de rocha e evitar colisões com os astros.

Extraído do site da Revista Veja em 26/10/2015


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

6 Comentários

Comentários 1 - 6 de 6Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Meteoros ou meteoritos caem todo dia e toda hora na terra só que são incinerados na entrada da atmosfera. Os asteroides e outros maiores são desviados de colisão com a terra por um processo natural gravitacional que os próprios planetas do sistema solar exerce.

  2. Até já caiu na terra algo grande, mas foi em area desabitada ou no mar. o cometa harlew em 1910 foi visivel a olho nú e não colidiu com a terra. É uma matematica perfeita de Deus, se cair aqui é devido cumprimento profetico bíblico (sem calculos pifios). podemos dormir sossegados.

  3. Os sinais da volta do Senhor Jesus Cristo estão acontecendo SIMULTANEAMENTE. Tsunamis, terremotos, guerras, fome, terrorismo, tempestades, pestes, meteoros, furacões, tornados, vulcões. Não passará esta geração sem que tudo aconteça. 7 anos de grande tribulação. Início 2011.

  4. Mauricio T seg out 26 at 7:37 pm  “e o nome jcp vai assumir quando?”

    por que quer saber meu nome ? você está precisando de um pai e quer meu sobrenome porque se acha algum tipo de bastardo ? se quer DNA vai lá no seu patrão ratinho, e faça seus barracos lá. 
    PILANTRA E FINÓRIO.

  5. Jesus Cristo morreu e ao 3º dia ressucitou, Jesus também retornará ao 3º dia, 3000 anos, porque para Deus 1 dia é como 1000 anos e 1000 anos como 1 dia. Não passará esta geração sem que tudo aconteça, Israel 1945 a 2015 = 70. Serão 7 anos de grande tribulação, início 2011.

  6. Jesus Cristo morreu e ao 3º ressucitou, ele ressucitou nas primeiras horas do 3º dia, não no final do dia, assim também Jesus Cristo retornará nas primeiras horas do 3º dia, 3000 anos, porque para Deus 1 dia é como 1000 anos e 1000 como 1 dia. 7 anos de grande tribulação, início 2011.

Comentários 1 - 6 de 6Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement