Esqueceu a senha?

Nike assume apoio público ao “gayzismo”

por Artigo compilado - sex fev 19, 10:04 am

 

Nike rescinde contrato por lutador ser contra casamento gay

Empresa norte-americana encerra contrato de nove anos com Manny Pacquiao.

Depois de uma declaração polêmica dada a um canal de TV filipino, contra o casamento gay, o boxeador Manny Pacquiao teve seu contrato com a Nike rescindido.
A popular empresa norte-americana de calçados, roupas e materiais esportivos divulgou um comunicado sobre a decisão:

“Nós achamos os comentários de Manny Pacquiao detestáveis. A Nike fortemente se opõe à discriminação de qualquer espécie e tem uma longa história de apoio à comunidade LGBT. Nós não temos mais nenhum relacionamento com Manny Pacquiao”, diz o comunicado.

Após a celeuma inicial, Pacquiao usou seu Facebook para se desculpar. O lutador disse não ter tido a intenção de ofender ninguém, apenas quis expressar sua posição contrária às relações homoafetivas, conforme a Bíblia lhe ensina.

Tais desculpas, porém, não foram suficientes para a gigante de material esportivo, que suspendeu um contrato que vigorava desde 2006 em prazo recorde.

Manny Pacquiao possui 57 vitórias, seis derrotas e dois no contests; já foi campeão mundial em oito categorias diferentes.

Com informações ESPN

Extraído do site noticias.gospelprime.com.br em 19/02/2016


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário