Esqueceu a senha?

O Batismo das Testemunhas de Jeová é cristão?

por Enviado por email - dom dez 30, 9:46 am

O Ex-Ancião das Testemunhas de Jeová, Osmanito Torres que quando fazia parte da organização da Torre de Vigia imergiu pessoas explica:

Se você comparar o batismo dos cristãos dos primeiros séculos, mais precisamente os batismos registrados em Atos dos apóstolos, poderá ver um enorme abismo em relação ao praticado pelas Testemunhas de Jeová. Em primeiro lugar, nenhuma TJ pode ser batizada apenas por exercer fé em Cristo Jesus e que ele é o salvador prometido. É preciso muito mais. Antes de se batizar como membro da organização, o candidato precisa aceitar todas as doutrinas e regras impostas pelo corpo governante (embora nessa fase algumas ainda estejam ocultas) e se comprometer a ensiná-las e divulgá-las. Para se certificar de que o batizando está “apto”, uma sessão de perguntas e respostas que abrangem a maioria das regras e ensinos da Torre de Vigia é realizada sob o olhar atento de três anciãos experientes. É eles quem decidirão se a pessoa está ou não apta e não basta o desejo do fiel.

Em segundo lugar, uma TJ não é batizada em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo (embora eles usem esta formula), mas ele é batizado em nome de Jeová e da organização que supostamente o representa. Após aprovado, o batizando deverá responder “sim” diante da assistência em um congresso ou assembleia as duas perguntas a seguir:

1ª A base do sacrifício de Jesus Cristo, arrependeu-se dos seus pecados e dedicou-se a Jeová para fazer a vontade dele?

2ª Compreende que a sua dedicação e o seu batismo o identificam como uma das Testemunhas de Jeová, em associação com a organização de Deus, dirigida pelo espirito dele?

Veja que claramente, a “organização de Jeová”, ou seja, a religião do Corpo Governante é embutida na declaração que o batizando deve aceitar em público. O Espírito Santo sequer é destacado. E então ele é imerso em água como símbolo de dedicação, não a Deus, mas ao serviço à Torre de Vigia.

Assim, entendo claramente que este batismo NÃO É um batismo cristão e tampouco tem qualquer validade ou respaldo bíblico.


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement