Esqueceu a senha?

O Batismo pelos mortos

por Pr. João Flávio Martinez - sex set 07, 3:35 pm

Batismo Pelos Mortos é o batismo por procuração – alguém pode ser batizado em favor de uma pessoa morta. Trabalham para levantar a genealogia de pessoas com o propósito de batizar seus antepassados.

O tema do capítulo 15 é a ressurreição, pois ainda havia confusão na Igreja de Corinto sobre essa doutrina. Aqui temos duas possíveis explicações: 1) O apóstolo Paulo mostra que até os de fora, que não conhecem a Cristo, admitem a doutrina da ressurreição, caso contrário não se batizariam pelos mortos. Por isso dizemos que essa doutrina mormonista, de se batizar pelos mortos, não é cristã. Veja que o apóstolo usa a terceira pessoa do plural “os que se batizam pelos mortos”. O apóstolo não se identifica com esse grupo de pessoas. 2) Lembramos de que o original foi escrito sem pontuação, podemos pôr a nota de interrogação depois da palavra “batizados”, e então o versículo adquiri sentido de acordo com a doutrina das escrituras. Assim ler-se-á: “Que farão os que se batizam? E para os mortos, se os mortos não ressuscitam”. O apóstolo está discutindo, não o batismo, mas a ressurreição. Mas no caso de não haver nenhuma ressurreição, então Cristo é um dos mortos, e os batizados estão apenas associados com gente morta e sem esperança na ressurreição. Concluímos à luz da Palavra: “E, como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo depois o juízo”. (Hb 9.27). Depois da morte vem o juízo e ponto final não tem mais jeito. Se a interpretação dos mórmons for correta a Bíblia estará se contradizendo e é lógico que isso não acontece. Na verdade o que acontece no meio mórmon é mais uma prática maligna para desvirtuar as pessoas da necessidade de ter um compromisso hoje com Deus.

Fontes de Pesquisas:

Revista Defesa da Fé – Ed. ICP;

Bíblia Explicada, Ed. CPAD


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário