Esqueceu a senha?

O castigo futuro

por Pr. Natanael Rinaldi - qui maio 04, 10:16 am

E, se a tua mão te escandalizar, corta-a; melhor é para ti entrares na vida aleijado do que, tendo duas mãos, ires para o inferno, para o fogo que nunca se apaga, onde o seu bicho não morre, e o fogo nunca se apaga. E, se o teu pé te escandalizar, corta-o; melhor é para ti entrares coxo na vida do que, tendo dois pés, seres lançado no inferno, no fogo que nunca se apaga, onde o seu bicho não morre, e o fogo nunca se apaga. E, se o teu olho te escandalizar, lança-o fora; melhor é para ti entrares no reino de Deus com um só olho do que, tendo dois olhos, seres lançado no fogo do inferno, onde o seu bicho não morre, e o fogo nunca se apaga” (Marcos 9.43-45).

I – PESSOAS NA BÍBLIA QUE MAIS FALARAM SOBRE 0 INFERNO

JESUS, o Filho de Deus, nosso Salvador e Senhor

“Eu, porém, vos digo que qualquer que, sem motivo, se encolerizar contra seu irmão, será réu de juízo; e qualquer que disser a seu irmão: Raca, será réu do sinédrio; e qualquer que lhe disser: Louco, será réu do fogo do inferno” (Mateus 5.22).

“E lançá-los-ão na fornalha de fogo; ali haverá pranto e ranger de dentes” (Mateus 13.42).

Assim será na consumação dos séculos: virão os anjos, e separarão os maus de entre os justos, e lançá-los-ão na fornalha de fogo; ali haverá pranto e ranger de dentes” (Mateus 13.4950).

“Serpentes, raça de víboras! Como escapareis da condenação do inferno?” (Mateus 23.33).

Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos; porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber; sendo estrangeiro, não me recolhestes; estando nu, não me vestistes; e enfermo, e na prisão, não me visitastes. Então eles também lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, ou com sede, ou estrangeiro, ou nu, ou enfermo, ou na prisão, e não te servimos? Então lhes responderá, dizendo: Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes, não o fizestes a mim. E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna” (Mateus 25.41-46).

DAVI, o homem segundo o coração de Deus

“Os ímpios serão lançados no inferno, e todas as nações que se esquecem de Deus” (Salmo 9.17).

“Sobre os ímpios fará chover laços, fogo, enxofre e vento tempestuoso; isto será a porção do seu corpo” (Salmo 11.6)

“Tristezas do inferno me cingiram, laços de morte me surpreenderam” (Salmo 18.5).

“A morte os assalte, e vivos desçam ao inferno; porque há maldade nas suas habitações e no meio deles” (Salmo 55.15).

“Pois grande é a tua misericórdia para comigo; e livraste a minha alma do inferno mais profunda” (Salmo 86.13).

“Os cordéis da morte me cercaram, e angústias do inferno se apoderaram de mim; encontrei aperto e tristeza” (Salmo 116.3).

PAULO, o apóstolo dos gentios

“E que direis se Deus, querendo mostrar a sua ira, e dar a conhecer o seu poder, suportou com muita paciência os vasos da ira, preparados para a perdição” (Romanos 9.22).

Porque muitos há, dos quais muitas vezes vos disse, e agora também digo, chorando, que são inimigos da cruz de Cristo, cujo fim é a perdição; cujo Deus é o ventre, e cuja glória é para confusão deles, que só pensam nas coisas terrenas” (Filipenses 3.19).

“Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobre-virá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão” (ITessalonicenses 5.3).

E a vós, que sois atribulados, descanso conosco, quando se manifestar o Senhor Jesus desde o céu com os anjos do seu poder, como labareda de fogo, tomando vingança dos que não conhecem a Deus e dos que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo; os quais, por castigo, padecerão eterna perdição, ante a face do Senhor e a glória do seu poder” (IITessalonicenses 1.7-9).

JOÃO, o discípulo amado

“E o anjo lançou a sua foice à terra e vindimou as uvas da vinha da terra, e atirou-as no grande lagar da ira de Deus” (Apocalipse 14.19).

E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte. E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo” (Apocalipse 20.14-15).

II – PORQUE ESSAS PESSOAS FALARAM TÃO FRANCAMENTE DO INFERNO?

1- Porque falaram a verdade

“E, chegando eles, disseram-lhe: Mestre, sabemos que és homem de verdade, e de ninguém se te dá, porque não olhas à aparência dos homens, antes com verdade ensinas o caminho de Deus…” (Marcos 12.14).

“Aquele que crê no Filho tem a vida eterna; mas aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece” (João 8.36).

“Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida” (João 5.24).

2- Porque eram cheios de amor pelos pecadores

“Dize-lhes: Vivo eu, diz o Senhor DEUS, que não tenho prazer na morte do ímpio, mas em que o ímpio se converta do seu caminho, e viva. Convertei-vos, convertei” (Ezequiel 33.11).

“Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido” (Lucas 19.10).

“Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, e apedrejas os que te são enviados! quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das asas, e tu não quiseste!” (Mateus 23.37).

“Assim que, sabendo o temor que se deve ao Senhor, persuadimos os homens à fé, mas somos manifestos a Deus; e espero que nas vossas consciências sejamos também manifestos” (IICoríntios 5.11).

“Porque muitos há, dos quais muitas vezes vos disse, e agora também digo, chorando, que são inimigos da cruz de Cristo” (Filipenses 3.18).

Se mais amamos mais falamos do inferno. Uma pessoa que ama outra, não deixará de avisá-la do perigo.

3- Porque queriam ver-se livres da culpa do sangue.

“Portanto, no dia de hoje, vos protesto que estou limpo do sangue de todos” (Atos 20.26).

Filho do homem: Eu te dei por atalaia sobre a casa de Israel; e tu da minha boca ouvirás a palavra e avisá-los-ás da minha parte. Quando eu disser ao ímpio: Certamente morrerás; e tu não o avisares, nem falares para avisar o ímpio acerca do seu mau caminho, para salvar a sua vida, aquele ímpio morrerá na sua iniquidade, mas o seu sangue, da tua mão o requererei. Mas, se avisares ao ímpio, e ele não se converter da sua impiedade e do seu mau caminho, ele morrerá na sua iniquidade, mas tu livraste a tua alma” (Ezequiel 3.17-19).

III – OS NOMES DADOS AO INFERNO

1- Fogo eterno – Mateus 25.41.

Gostamos de ouvir falar de Jesus como o Bom Pastor (João 10.11), Caminho, Verdade e Vida (João 14.6); Rocha (Habacuque 1.112; Romanos 9.33), Videira (João 15.1) e como ele falou do céu (João 14.2-3). Gostamos de ouvir falar também do paraíso (ICoríntios 2.9; Filipenses 3.20-21), das portas de ouro (Apocalipse 21.3-4).

2- Fornalha de fogo – Mateus 13.42,50.

3- Abismo – Lucas 8.31.

4- Cadeias de escuridão – IIPedro 2.4.

5- Cair nas mãos de Deus – Hebreus 10.31

6- Trevas exteriores – Mateus 8.12 e 22.13

7- Negrura das trevas – Judas 13

8- Palavras hebraico-gregas: seolhades (Salmo 9.17; Lucas 16.22-23 geena (Mateus 10.28; Lucas 12.4-5) tártaro (IIPedro 2.4).

Inferno não é a sepultura, pois as palavras traduzidas como sepultura são kever (hebraico) mnema e maemeion (gregas).

IV – INFERNO NÃO É ANIQUILAÇÃO

Vejamos o clamor dos perdidos:

1- O tormento do rico – Lucas 16.24.

2- Lugar de ranger de dentes – Mateus 13.43, Mateus 13.49-50, Mateus 22.13.

3- No inferno há graus de castigo ou tormento – Mateus 11.22-24; Hebreus 10.29.

4- O caso de Judas – Mateus 26.24. Seria melhor para judas não ter nascido Atos 1.25.

5- A eternidade do inferno. Jesus repetiu três vezes: “o bicho não morre e o fogo não se apaga” (Marcos 9.43-45).

V – A DURAÇÃO DO INFERNO É IGUAL À ETERNIDADE DE DEUS

A eternidade de Deus é descrita em Apocalipse 4.9-10, 5.14 e 12.5 “ao que vive para todo o sempre”.

A mesma expressão é usada para o sofrimento dos perdidos – Apocalipse 14.11 e 20.10.

A vida dos justos – Apocalipse 22.5.

CONCLUSÃO

1- Aos crentes: De tudo isto que foi descrito o cristão está livre, mediante a morte expiatória de Jesus na cruz (Romanos 5.1 e 8.1).

2- Aos descrentes: Urge tomar providência para sua salvação, aceitando a Jesus Cristo como seu único Senhor e Salvador, enquanto há tempo oportuno (IICoríntios 6.2).

Pr. Natanael Rinaldi


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement