Esqueceu a senha?

O Concílio de Laodicéia e o Domingo

por Prof. Paulo Cristiano da Silva - qua set 05, 8:57 pm

Introdução

Consideremos agora a asserção dos sabatistas, de ter sido o Papa quem mudou a guarda do sábado para domingo e, por conseguinte é “o sinal da besta” (Apoc. 13:16) . Isso também não tem nenhuma base bíblica ou histórica. Basta frisar que até hoje ainda não puderam provar isto pela história e dizer o nome do papa que fez a mudança! Senão por meio de uma interpretação capciosa de qualquer referência papal ao domingo. O Sr. Waggoner, uns dos sabatistas mais eminentes, depois da pressão que DM Canright (ex-pastor adventista) lhe fez, recebeu a incumbência hercúlea de ver se poderia catar o nome e o tempo do célebre papa que fez tal edito. Para isso ele viajou por toda a Europa e América do Norte, pesquisando as melhores bibliotecas, mas nada encontrou!… Finalmente, ele estabeleceu o Concilio de Laodicéia, A. D. 364, como lugar e tempo da mudança do sábado. Dai para diante todos os sabatistas repetem essa descoberta a miúdo como prova esmagadora daquilo que dizem! Mas, examinemos o fato.

O Cânon 29 desse concílio diz assim:

“Os cristãos não devem judaizar e descansar no sábado, mas trabalhar nesse dia; devem preferir o Dia do Senhor e descansar, se for possível, como cristãos. Se eles, portanto, forem achados judaizando, sejam malditos de Cristo.”

É, pois, este o célebre edito que, no dizer dos adventistas, fez ruir por terra a lei de Deus e estabeleceu a lei da “besta”, trazendo consigo toda a iniqüidade e “sinal da besta”. Waggoner diz que esse concilio foi “um concilio católico”. E todos eles ensinam hoje que foi a Igreja Católica que mudou o sábado e isto pela autoridade do Papa

Fala Canright sobre os seguintes fatos:

(1) Se o sábado foi mudado para o domingo nessa ocasião, pelo Papa, então certamente não foi mudado antes ou depois em qualquer outro lugar! Se foi o Papa nesse tempo quem fez a mudança, claro é que não foi Constantino em 325 A. D. ou vice-versa.

(2) Conforme a asserção citada, os sabatistas admitem logicamente que Constantino não fez coisa alguma para mudar o sábado.

(3) Temos já provado sobejamente, que todos os cristãos, muito antes desta data, eram unânimes em observar o dia do Senhor. Este fato prova o absurdo extremo da pretensão de ter sido mudado o sábado em Laodicéia, 364 A. D., ou pelo Papa em qualquer outro tempo.

(4) Eusébio, bispo de Cesaréia, na Palestina, escreveu a sua célebre “História do Cristianismo” no ano 324, justamente 40 anos antes deste concilio. E ele diz: “Todas as coisas que eram do dever fazer-se no sábado temos transferido para o dia do Senhor, muito mais honrável do que o sábado.” É esta, pois, a posição da Igreja 43 anos antes do concilio. Quanta verdade, pois, há na declaração de que foi o Concilio de Laodicéia que mudou o sábado É uma vergonha tal perversão da verdade. Além disso, consideremos outras coisas a respeito do Concílio de Laodicéia em 364 A. D.

(5) Laodicéia não é Roma. Estava situada na Ásia Menor, a mais de mil milhas para leste de Roma; e a Ásia Menor fica na Ásia e não na Europa; era uma cidade oriental e não latina ocidental, grega e não romana.

(6) O bispo (ou seja, o Papa) de Roma não esteve presente nesse concilio: nem mesmo mandou um delegado ou uma pessoa que o representasse. O fato é que nem a Igreja Católica nem o Papa tinham que fazer alguma coisa com esse concilio. Ele foi realizado mesmo sem o seu conhecimento ou consentimento.

(7) Outro fato estupendo é que, nessa data, 364 A D. , os papas, ou antes os bispos de Roma, não tinham ainda autoridade alguma sobre outros bispos e igrejas. Esta autoridade eles só adquiriram cerca de 200 anos depois dessa data. Mesmo no século VI a sua autoridade era contestada no oriente, onde se realizou o tal concilio. Os próprios sabatistas admitem este fato. Como é então possível um papa sem autoridade, senão numa igreja local, decretar alguma coisa universal a quem não lhe está sujeito e logo ser Obedecido universalmente?! É absurdo!

(8) Libério era bispo em Roma, no tempo do concilio. E ele foi degredado do seu ofício, banido e tratado com o maior vitupério. E para poder ficar livre do seu exílio, escreveu um pedido com a maior submissão aos bispos do oriente” (Bower’s History of the Popes Vol. 1, pág. 64). Foi esse o Papa que mudou o sábado num concilio composto desses mesmos “bispos do oriente”, a mil milhas distante, a que ele nunca assistiu!

(9) O Concilio de Laodicéia foi um concilio somente local, pequeno e sem importância e não um concilio geral. O Sr. Waggoner, como também os sabatistas em geral, hoje elevam-no a um concilio geral, católico, o que é inteiramente falso. Bower, na sua obra extensa sobre a “história dos Papas”, descreve todos os concílios gerais, os concílios locais importantes e todos aqueles que estão relacionados com Roma ou os papas, mas nem sequer menciona o Concilio de Laodicéia. Ele diz: “houve diversos concílios entre os anos 363 e 368, dos quais não temos uma descrição particular” (Vol. 1, pág. 79). A Enciclopédia de McClintock e Strong diz: “Estiveram presentes trinta e dois bispos das diferentes províncias da Ásia Menor”, portanto, eram todos bispos da igreja do oriente, e nenhum da Igreja Romana!! E ainda foi este o tempo e o lugar quando e onde a Igreja Romana e o Papa mudaram o sábado!

(10) Agora imagine o leitor: um pequeno concilio local, de 32 bispos, revolucionou o mundo inteiro, fazendo-o guardar o domingo!

(11) O simples fato daquele concilio é que unicamente regulou, naquela localidade, aquilo que havia muito tempo antes tinha sido a prática geral dos cristãos, como já provamos.

(12) A Igreja de Laodicéia foi instruída pelo próprio apóstolo Paulo; e a ela João escreveu uma das sete cartas apocalípticas (Col. 4:13, 16; Apoc. 3:14). Portanto, ela estava bem instruída na doutrina dos apóstolos. E quase cem anos antes do Concilio de Laodicéia, 270 A. D., Anatólio, o bispo de Laodicéia, escreveu: “A nossa consideração pela ressurreição do Senhor, que se efetuou no dia do Senhor, nos leva a guardá-lo baseado no mesmo princípio” (Cânon 16). Temos, portanto, aquela igreja guardando o domingo cem anos antes do concílio!

(13) Finalmente, se o Concílio de Laodicéia mudou o sábado como pregam os sabatistas, então foi a Igreja Grega e não a Romana que o mudou, e nesse tempo não existia ainda um papa na Igreja Romana que tivesse autoridade alguma sobre as igrejas do oriente! Se não foi, pois, o papa, que instituiu o domingo que há de ser então do “sinal da besta”?… Estes fatos são esmagadores. A única prova que os sabatistas apresentam, além da discutida, são as citações do Catecismo católico, que diz que foi a Igreja Católica que mudou o dia de sábado para o domingo. Se os sabatistas aceitam a declaração pretensiosa dos católicos como um fato verdadeiro, simplesmente por que ela o diz, por que então não aceitam como um fato verdadeiro a infalibilidade papal, sua sucessão na cadeira de Pedro, e que ele tem as chaves do reino dos céus?! Ela declara isto também, mas isto não lhes convém crer!

Além disso, o Catecismo não diz que foi o Papa quem mudou o sábado, mas a “igreja”, porque os católicos pretendem que a Igreja Católica tenha existido desde o tempo dos apóstolos e que a observância do domingo, praticado nas igrejas apostólicas, fosse instituída por ela. Isto é, pois, outro argumento forte que prova que o domingo foi observado pelas igrejas apostólicas; se é que queremos utilizar-nos da declaração católica como fazem os sabatistas.


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

36 Comentários

Comentários 1 - 36 de 36Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Se Deus deu os mandamentos, o único que poderia revoga-lo, seria ele próprio através de Cristo, mas Jesus não fez isto (Mt. 5.17) .

    1. As leis morais não são revogadas, são explicadas em Cristo, por exemplo : não adulterar, não é somente deitar com outra mulher, mas olhar com intenção impura já é adultério. Moises nunca ensinou isso. 

  2. se nao era mais necessario guardar o sabado, pq o apostolo paulo, que teve seu ministerio depois de cristo, congregava aos sabados? atos 18.4

    1. Paulo congregava nas sinagogas evangelizando os judeus, então logicamente ele ia nos sabados.
      alias, na igreja primitiva tinha muito traços de judaismo, que aos poucos foi saindo disso.

    2. O sabado foi substituido por outro dia chamado de “HOJE” heb 4:7 Porque, se Josué lhes tivesse dado descanso, Deus não teria falado posteriormente a respeito de outro dia.Heb 4:8
      Ser “santarrão” somente no sabado?! e outros dias não?!

    3. Para quem quem guarda o sabado no N.T sempre pergunto por que então não guarda o “ano sabatico” Leviticos 25? e fica um ano inteiro sem trabalhar, e vê se os sabatistas vem trazer comida na sua casa. 
      http://www.cacp.org.br/oracao-para-aceitar-a-profetisa-adventista/

    4. aguinaldo, porque o dia de Sábado foi feito para adoração ao Senhor nosso Deus. Dia de pregar a palavra, evangelizar, orar. Dia de levar o bem para um necessitado. Dia para elevar seus pensamentos ao Senhor, louvá-lo e adorá-lo. Isso conecta você com Deus! 

  3. Nunca na biblia o domiigo er considerado dia do senhor .mas o 7″dia er o sabado do senhor ..exodo:20:11_,

  4. Tadinho de você não estudou direito a biblia e foi expulso do pastorado, é assim mesmo, quem não estuda a biblia direito e como ela é, não fica como pastor adventista por muito tempo.

  5. O sétimo dia é diferente dos demais dias da semana. Gênesis 2: 1-3
    O sábado foi feito para o bem da humanidade. Marcos 2: 28,29
    Adoramos o criador por meio do descanso do sábado.Exodo 20:8-11
    O cristão não deve desprezar nenhum dos dez mandamentos. Tiago 2: 10-12 

    1. Sandrona, já que és tão pragmatica quanto guardar o sabado por que você não guarda o ano sabatico de leviticos 25 e fica um ano sem trabalhar. eu já perguntei isso acho mil vezes aos adventistas e até agora nenhum teve a hombridade de responder-me.

  6. elementos catolicos para impor o Domingo:
    -COFISSAO DE AUGSBURGO, SRT. XXVIII; CATECISMO DO CONCILIO DE TRENTO PARTE III, CAPITULO IV, 25; CARDIAL J.GIBBONS, A FÉ DE NOSSOS PAIS, EDICAO DE 103, PAG. 98; MONSENHOR SEGUR, PLAIN TALK ABOUT THE PROTESTANTISM OF TODAY, PAG. 213. OS DOCUMENTOS PROVAM.

    1. Aff quanta referencias de homens ….

  7. Deus fez o mundo em seguida escolheu, de modo especial, o seu dia. Em seguida, o introduziu em seus mandamentos que é a lei regia. Enfim, pergunto: quem, entre os pecadores seria competente para alterar esta escolha?

  8. Sr. Joaquim,
    Jesus resumiu os 10 mandamentos em 2 – e nestes dois não está incluso o “sabado”, e em Hebreus 4:7, o dia a ser observado é o “HOJE” (não endureça seu coração), se queres ser um obstinado do sabado, então desafio-o a guardar o ano sabatico Lev.25, fica um ano sem trabalhar?

    1. Certo amigo!
       Acho que você deve ter razão. Mas, Jesus o resumiu pq ñ havia necessidade de citá-los um a um, mas qdo precisou, ele citou vários qdo falava ao jovem rico (Mt 19:16-22). A mãe de Jesus guardava o sábado como de costume. Leia II João 6 e veja se falo de coisa do passado.

    2. Resumiu demonstrando q os 10 refletem estes 2. Por ex: qdo se guarda o sábado está se amando a Deus acima de todas as coisas; quando n se adultera, está amando o próximo como a si mesmo. Leia Mt 5:18,19 e veja q Jesus diz q os mandamentos da lei são válidos até hoje.

    3. “Pois toda a Lei se resume num só mandamento, a saber: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo” Galatas 5:14 
      “não adulterarás” por sí só é enferma pelo pecado, Jesus porém disse “quem olhar para uma mulher com impureza é adultero.”
      Jesus e Paulo nunca exaltaram o sabado.

    4. O amor não faz o mal contra o próximo. Portanto, o amor é o cumprimento da Lei. Rom13:10
      “Guardais dias [sabado], meses, tempos e anos[ano sabatico]. Temo que eu talvez tenha ministrado inutilmente para convosco. Gl 4:10

    5. È verdade. No entanto. O sintético não revoga o analítico. Se os mandamentos tivessem sido revogados, o próprio Cristo e o João não teria repetido, tantas vezes, no NT, a importância destes princípios ad eternos. Qto ao ano sabático, da lei transitória, estou fora. 

    6. Joaquim, vem com joguinho de palavras “sintetico não revoga analitico” – nada haver, se quer fazer joguinho, olha para sua “profetiza” e veja a louca que é dizendo que “viajou para saturno”.

      http://www.cacp.org.br/eg-white-enoque-num-mundo-com-sete-luas/

  9. Joaquim, 
    Os sabados semanais também foi transitório, Cl.2:16~17.
    voce insiste numa ambiguidade, ninguém disse que os mandamentos foi revogados, foram RATIFICADOS, menos o sabado. 
    Se o coletor de lixo faz o serviço no sabado, ele está pecando contra você? 
    sabado não é moral.

    1. leia Êxodo 31.18 e depois me diz quem escreveu os mandamentos
      Deus ou Moíses??
      Deus MUda??

  10. Por que tanta preocupação com “igrejas” ou “religiões”?
    Só você é quem faz exegese correta do texto bíblico? Quem lhe garante ser verdadeiro o que você escreve? Você dispõe dos originais do Novo Testamento? 

  11. AS PERGUNTAS SÃO:
    1º O MANDAMENTO DIZ QUE O DIA DE DESCANSO É O SÁBADO OU O DOMINGO?
    2ª A TRADIÇÃO TEM MAIS FORÇA QUE O MANDAMENTO?

    UMA AFIRMAÇÃO AGORA:
    A GUARDA DO SÁBADO FORA UMA DETERMINAÇÃO DIVINA NO ENTANTO GUARDAR O DOMINGO É UMA DEDUÇÃO PURAMENTE HUMANA!!!  

  12. Suponhamos que vc esteja certo mad vc nao esta.
    Mas vamos supor que nso foi o papado que mudou o sabado para o domingo apoiado np decreto de constantino,
    Me diz onde na biblia aparece a palavra domingo, onde na biblua jezus diz pra guardar domingo,onde na biblia os apostolos mandam guardar domingo

    1. “Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados, Que são sombras das coisas futuras, mas o corpo é de Cristo.”
      Colossenses 2:16,17
      Estamos no N.T e não no V.T – Estamos na Nova Aliança e não na Velha Aliança.

  13. A história nos conta.

    Em 321 d.C Edito de Constantino que estabelece o dia do Senhor como domingo, dia do deus sol.

  14. Depois em 325 d.C Concílio de Nicéia ( Igreja Romana) confirma o edito de Constantino ( imperador, o político) e institui adoração ao Deus Sol

  15. Ei”jcp”vc errou de novo:Se o coletor de lixo faz o serviço no sabado, ele está pecando contra você?
    sabado não é moral.
    Não “jcp”peca contra Deus!o Dia é Dele!Amor a Deus ,lembra:Amar a Deus e ao próximo.
    E não venha com cl 2:15-16,que coisa fácil de explicar .

  16. Fernando Souza sex set 09 at 8:25 am [sabado] peca contra Deus!o Dia é Dele!

    ei “fernando” onde no N.T está explanado explicitamente por Jesus e seus apostolos sobre o dever de guardar o sabado ? como é que é não venha com cl 2:15-16 ??? (pois são meros escritos de Paulo ?)

    1. voce ama mais EGW do que Deus por em nenhum momento neo testamentário tem-se o dever de guardar sabado na nova aliança. em Mt 23:23 disse Jesus : “deveis [dizimar] sem contudo deixar as coisas mais importantes da lei : fé, misericórdia, juízo.” onde está o sábado aqui ?

    2. no sermão do monte, Jesus explanou os mandamentos do decálogo, mas não citou o sábado, será que Ele se esqueceu ? falou sobre Jejum e esmolas mas nada de sábado, será que Jesus não priorizou a guarda do sábado, mas somente em 1844 nas supostas visões de EGW. ???

    3. não condene o coletor de lixo ! seo falso moralista !

      pois VOCÊ no sábado transgride o 4ª mandamento quando acende fogo para esquentar sua comida. “não acendereis fogo em nenhuma das vossas moradas no dia de sábado” (Êxodo 35:3)

  17. lucas gabriel – seg jun 19 at 1:09 pm Êxodo 31.18 depois me diz quem escreveu os mandamentos
    Deus ou Moíses??

    estamos no N.T Deus fez melhor a Palavra de Deus (logos) veio a nós em carne e não em tábua de pedra ambulante. pensa nisso. “remendo velho em roupa nova rasgar-se-a”

    1. os mandamentos de Deus ou Mosaico foi ratificado por Jesus e pelo magistério dos apostolos, exceto o sábado que foi excluido ou cumprido. conforme colossenses 2:16-17

Comentários 1 - 36 de 36Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement