Esqueceu a senha?

O Dilúvio Bíblico: Total ou parcial?

por Pr. João Flávio Martinez - dom set 09, 10:02 pm

Segundo a enciclopédia Wikipédia (http://pt.wikipedia.org), existe um grupo de pessoas que acreditam seriamente que o Dilúvio Bíblico, aconteceu de maneira universal e factual.

Os defensores do criacionismo da Terra jovem crêem num dilúvio literalmente universal, que teria provocado a extinção de um grande número das espécies que já viveram, cujos fósseis se encontram distribuídos diversas camadas geológicas de acordo com um padrão que os cientistas atribuem à eras geológicas.

Essas eras geológicas seriam uma ilusão, pois todos os seres preservados no registro fóssil teriam sido contemporâneos, tendo sido distribuídos em estratos geológicos durante a inundação universal. As colunas geológicas nem sempre se apresentam na ordem esperada, mas ocorrem inversões que julgam ser inexplicáveis, negando as explicações dadas pelos cientistas evolucionistas.

Como evidência da contemporaneidade de seres que os cientistas defendem ser de eras distintas, alguns deles apontam, por exemplo, trilhas de dinossauros em leitos de rios como o rio Paluxy em Glen Rose, Texas, EUA, ao lado de pegadas que parecem ser de humanos gigantes.

Outros ainda, sustentam que não apenas os dinossauros foram contemporâneos do homem, mas que possam ainda existir como “fósseis vivos”, e apontam como evidência casos de criptozoologia como o do Mokele-mbembe e o monstro do lago Ness. De modo geral, a maioria acredita que todos ou a maioria dos seres hoje extintos não couberam ou foram impedidos de entrar na arca de Noé.

Outros pesquisadores também consideram o fato como podendo ter sido real, e o relato bíblico seria, portanto, autêntico. A hipótese de que uma grande inundação local tenha tomado lugar na Mesopotâmia, com uma inundação causada pelos rios Tigre e Eufrates que tiveram uma enchente acima do normal (estipula-se que as enchentes naturais da agricultura sazonal daquela região seriam em torno de 9 metros, e nessa época os rios encheram-se 5 metros à mais, isso é: 14 metros) o que causou uma devastação total de toda a região em algum momento, forçando a construção às pressas de embarcações para abrigar os sobreviventes, parece não transmitir corretamente a vívida descrição de caos que os relatos parecem mostrar. As proporções da catástrofe parecem ter sido mundiais. O relato bíblico do Dilúvio chega a dizer: “Assim foram exterminadas todas as criaturas que havia sobre a face da Terra, tanto o homem como o gado, o réptil, e as aves do céu; todos foram exterminados da terra; ficou somente Noé, e os que com ele estavam na arca” Gênesis 7:21-23.

Alguns acreditam ainda que a própria arca poderia ser encontrada em algum ponto do Cáucaso, possivelmente no Monte Ararat, onde diversos relatos de pilotos que sobrevoaram a região durante a Segunda Guerra Mundial afirmavam ter visto um imenso barco no meio dessa cadeia de montanhas.

O Texto foi adaptado do site http://pt.wikipedia.org.


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

1 Comentário

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. excelente 

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement