Esqueceu a senha?

O Espírito Santo

por Pr. João Flávio Martinez - sex set 07, 2:36 pm

As Testemunhas de Jeová negam tanto a deidade do Espírito Santo, como sua pessoalidade, afirmando ser ele uma “força ativa”impessoal. Um dos primeiros argumentos usados para defender esta idéia é:

Como pode o Espírito Santo ser uma pessoa, e alguém estar cheio dele, e ele habitar em alguém?

Esta é uma grande falácia da STV.

Vejamos:

Satanás é uma pessoa (isto a STV concorda). Como pode ele habitar em alguém? Como pode alguém estar “cheido dele”? (Lc 22.3)

Isto comprova que o argumento da STV é uma falácia. Uma das características das “provas” da STV, é a inconsistência.

Não sei o que a STV entende por “pessoa”, pois todos os atributos do Espírito Santo nos fazem concluir que ele é uma pessoa. Não são somente alguns atributos, ou uma “personificação”, pois nada que é personificado na Bíblia tem todos estes atributos, e ainda os atributos divinos. É impossível mentir ou entristecer a uma “força impessoal” (Por exemplo, será que as TJ conseguem mentir à eletricidade?.

O Deus das Testemunhas de Jeová precisa de uma “força”, ao passo de que o dos cristão é onipotente por si só! Se o Espírito Santo é uma “força impessoal”, Deus também é, pois Deus é Espírito!

“Ora, o Senhor é o Espírito; e onde está o Espírito do Senhor aí há liberdade.” – IICo 3.17

Eis alguns atributos pessoais e divinos do Espírito Santo:


É inteligente
 (ICo 2.10-11; Rm 8.27);

Tem vontade própria
 (1 Co 12.11);

Pode se entristecer (Ef 4.30; Is 63.10);

Ele fala 
(Ap 2.7; Gl 4.6);

Ele chama
 (At 13.2; At 20.28);

Pode-se mentir a ele
 (At 5.3);

Ele é eterno
 (Hb 9.14);

Ele é onisciênte
 (ICo 2.10-11);

Ele é onipotente
 (Lc 1.35);

Ele é onipresente
 (Sl 139.7-10)

O Espírito Santo é Deus.



Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement