Esqueceu a senha?

O Eu Sou dentro de nós

por Artigo compilado - ter dez 12, 3:03 pm

JOÃO 8.58 — TODOS POSSUÍMOS A PRESENÇA DO EU SOU” DENTRO DE NÓS?

Os profetas da Nova Era, Mark e Elizabeth Clare, interpretam essas palavras de Jesus de acordo com a visão distorcida da Nova Era, elevando todos os seres humanos ao mesmo patamar de Deus. Esses “profetas” dizem que “a presença ‘Eu Sou’ de Jesus se parece com a sua. “Esse é o denominador comum. Esse é o termo de igualdade dos filhos e filhas de Deus. Ele criou você igual, ou seja, deu-lhe uma presença ‘Eu Sou’ Ele deu a você uma Natureza Divina” (Prophet, 1990, p. 83). De modo semelhante, a fundadora da seita Ciência Cristã, Mary Baker Eddy, disse que “por esses discursos Jesus não quis dizer que o Jesus humano tenha sido ou seja eterno, mas que a divina ideia, ou Cristo, era e é; portanto, antecedeu a Abraão; não que Jesus pessoalmente fosse um com o Pai, mas que no plano espiritual, Cristo, habita para sempre no seio do Pai” (Eddy, Science and health, págs. 333,334).

RESPOSTA APOLOGÉTICA: João 8.58 não pode ser interpretado no sentido de que todo ser humano possui em si mesmo “a presença do Eu Sou”. Neste verso Jesus atribuiu a si mesmo o divino nome Yahweh. A base desse fato é que “Eu Sou” e “Yahweh” são equiparados em Êxodo 3.14-15. Jesus aqui estava se equiparando ao Deus Todo-Poderoso, como o próprio Deus se revelou em Êxodo 3.

Os judeus não entenderam que Jesus estivesse ensinando que eles também eram identificados como “Eu Sou”, nem Jesus os corrigiu dizendo: “Oh, vocês entenderam mal, pois vocês também são Eu Sou”. Jesus, única e exclusivamente, declarou ser Ele “o grande Eu Sou” do Antigo Testamento. A reação dos judeus demonstra que eles compreenderam que Jesus estava fazendo uma alegação única de divindade. “Pegaram em pedras para lhe atirarem” (v. 59) foi a reação própria contra alguém na seguinte condição: “Sendo tu homem, te fazes Deus a ti mesmo” (Jo. 10.32-33).

————

Texto Base: Resposta às Seitas, Norman L. Geisler e Ron Rhodes, CPAD, 1997. Texto adaptado e compilado pelo Pr. Edison Miranda da Silva e Maria Candida Alves.


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement