Esqueceu a senha?

TJs: O Jesus ressuscitado e suas aparições

por Pr. Natanael Rinaldi - ter set 12, 10:44 am

E, não achando o seu corpo, voltaram, dizendo que também tinham visto uma visão de anjos, que dizem que ele vive. Lc 24.23

AS APARIÇÕES DE JESUS RESSUSCITADO FORAM FÍSICAS OU MERAS VISÕES?

Nesta passagem Lucas parece dizer que o corpo da ressurreição de Jesus foi uma “visão”, ou seja, não foi uma aparição realmente física. As Testemunhas de Jeová negam que Jesus tenha sido fisicamente ressuscitado dos mortos, afirmam que Ele foi ressuscitado como um ser espiritual, que foi “materializado” em várias ocasiões para provar que havia “ressuscitado”.

RESPOSTA APOLOGÉTICA: As aparições após a ressurreição foram literais, foram aparições físicas, e esta passagem não se refere a ver Jesus, mas as mulheres vendo anjos no túmulo e não Cristo. Os Evangelhos jamais falam de uma aparição de Jesus Cristo ressurreto como uma visão, nem Paulo em ICoríntios 15. Os encontros posteriores à ressurreição de Cristo são descritos por Paulo como “aparições” literais (ICo. 15.5-8) e não como visões. A diferença entre uma mera visão e uma aparição física é significativa. Visões são relacionadas a realidades espirituais, invisíveis, tais como Deus e os anjos. Aparições, por outro lado, referem-se a objetos físicos que podem ser vistos com os olhos. As visões não possuem nenhuma manifestação física a elas associadas, mas as aparições, sim. As pessoas algumas vezes “veem” ou “ouvem” algo em suas visões (Lc. 1.11-20; At. 10.9-16), mas não através dos seus sentidos físicos. Quando alguém viu anjos a olho nu, ou teve algum contato físico com eles (Gn. 18.8; 32.24; Jz. 13), não ocorreu uma visão, mas sim uma aparição do anjo no mundo físico. Durante essas aparições, os anjos assumiram temporariamente uma forma visível, e depois retornaram ao seu estado normal invisível. Contudo, as aparições de Cristo já ressuscitado foram experiências nas quais se viu a Cristo com olhos físicos em sua forma física contínua e visível.

——————–

VISÃOAPARIÇÃO
Trata de uma realidade espiritualRefere-se a um objeto físico
Não há manifestações físicasHá manifestações físicas
Daniel 2, 7ICoríntios 15.5-8
IICoríntios 12.1-5Atos 9.1-8

——————–

Certamente, o modo mais comum de se descrever um encontro com Cristo ressurreto é intitulá-lo como uma “aparição“. Essas aparições foram acompanhadas de manifestações físicas, tais como a voz audível de Jesus, seu corpo físico marcado com as cicatrizes da crucificação, sensações físicas (tais como toques), e o ato de comer em três ocasiões. Esses fenômenos não são puramente subjetivos ou internos — eles envolvem uma realidade física.

A discussão de que a experiência de Paulo deve ser tratada como uma visão, pelo fato de que aqueles que o acompanhavam não viram Jesus é infundada, uma vez que eles ouviram o som e viram a Iuz do mesmo modo que Paulo. A diferença foi que apenas Paulo olhou para dentro da luz, por isso somente ele viu Jesus.

O assunto está detalhadamente explicado pelo Pr. Natanael Rinaldi nos estudos “A Ressurreição de Jesus e as Seitas”, “A Ressurreição Corporal de Jesus”,Respostas Contra as Objeções da Ressurreição Corporal de Jesus” e “Quem Viu Jesus Ressuscitado” disponíveis no site www.iepaz.org.


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

1 Comentário

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Creio na ressurreição corpórea de Jesus como verdade literalmente.

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement