Esqueceu a senha?

“O Menino que voltou do céu” nega experiência sobrenatural

por Artigo compilado - ter jan 20, 10:25 am

Garoto que inspirou “O Menino que voltou do céu” nega experiência sobrenatural

Em 2010 a CPAD lançou no Brasil o livro “O Menino que Voltou do Céu” narrando a experiência de Alex Malarkey que em 2004 foi vítima de um acidente de carro que o deixou tetraplégico.

Foram dois meses em coma e quando ele voltou e teve alta do hospital começou a relatar sua experiência no paraíso, dizendo que fora conduzido por anjos até o céu.

A história impressionou leitores em todo o mundo, mas cinco anos após o lançamento do livro o menino, hoje com 10 anos, veio a público dizer que mentiu, que não teve nenhuma experiência sobrenatural.

“Eu não morri. Eu não fui para o paraíso”, disse Malarkey em uma declaração oficial. “Eu disse que fui para o paraíso porque eu acho que estava querendo atenção. Quando eu fiz aquilo, eu nunca tinha lido a Bíblia. As pessoas têm lucrado com mentiras. E continuam lucrando”.

Na época do lançamento o livro ficou entre os mais vendidos do “The New York Times” e figura no filão literário chamado pelo jornal americano de “heavenly tourism” que conta com best-sellers como o “O Céu é de Verdade”, “90 Minutos no Céu”, “Cenas do Além” e “Meu Tempo No Céu” que também narram experiências sobrenaturais de pessoas que, em experiências de quase morte, visitaram o céu.

Ao desmentir sua visão sobre o paraíso, Malarkey pediu para que as pessoas acreditem apenas na Bíblia. “Eu quero que todo o mundo saiba que a Bíblia é suficiente. Aqueles que comercializarem esses materiais devem ser chamados a arrepender-se e ter a Bíblia como suficiente”.

Em seu blog a mãe do garoto também criticou a venda do livro e disse que é “intrigante e doloroso” ver que o livro continua a ser vendido e que as pessoas não o questionam.

A edição brasileira está esgotada no fornecedor e a CPAD não comercializa mais o livro “O Menino que Voltou do Céu”. A editora americana que publicou a obra, Tyndale House, comentou o caso ao jornal Washington Post e disse que todos os livros serão recolhidos das livrarias e não serão mais comercializados.

Nota: Clique aqui e veja o que a bíblia diz sobre o céu

Com informações UOL. Extraído do site gospelprime.com.br/ em 20/01/2015


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

4 Comentários

Comentários 1 - 4 de 4Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. ISSO É UMA VERGONHA, FALAR TANTA MENTIRA ASSIM, É LUCRO, DÁ MUITA VENDAGEM. ESSES “IRMÃOS” NÃO SABEM QUE O DIABO É O PAI DA MENTIRA. SATISFAZE-LO TORNA-SE FILHO DO MESMO.?!

  2. Ficam perdendo tempo em comprar esses livrinhos, pastor tal, profeta disso, menino daquilo sendo que temos o melhor livros de todos para ler, a Bíblia e deixam ela de lado

  3. infelizmente, tem criança em certo meios evangélicos em que os país incentivam a ser pastores ou profetas mirins, talvez algo assim o levou para o lado da brincadeira, acabou fazendo confusão e falando mentira. Ainda bem que ele confessou que disse tudo era mentira, bom para ele. 

  4. Até os adultos cai nas visões que o diabo nos faz acreditar estar vendo quanto nas uma criançaMas tudo isso serviu de lição porque isso é um despertar na vida do crente porque nem tudo que se ver ou se ouve podemos acreditar portanto examinais as escrituras e pedíeis descernimento a Deus  

Comentários 1 - 4 de 4Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement