Esqueceu a senha?

O Mormonismo e a preexistência do homem

por Artigo compilado - sáb fev 14, 5:37 pm

mormon0517

O mormonismo ensina que os homens têm uma existência anterior ao seu nascimento:

O Espírito do Homem

O espírito do homem não é um ser criado; ele existiu e existirá pelas eternidades. O que é criado não pode ser eterno; e a terra, a água etc., existiram por toda a eternidade (“Ensinamentos do Profeta Joseph Smith.” –Edição 1975, p. 153).

Quando vivíamos como filhos espirituais com nossos pais celestes, nosso Pai Celestial contou-nos a respeito do seu plano para nos tornarmos mais semelhantes a ele. Rejubilamo-nos quando ouvimos a respeito disto. Estávamos ansiosos por novas experiências. A fim de que estas coisas pudessem acontecer, era preciso que deixássemos a sua presença e recebêssemos corpos mortais. Precisávamos de outro lugar para viver, onde nos poderíamos preparar para nos tornarmos como ele. Nosso novo lar foi chamado terra (“Princípios do Evangelho” – Edição 1988, p. 23).

Resposta Apologética:

A Bíblia ensina que só Deus é imortal:

(…) a qual a seu tempo mostrará o bem-aventurado, e único poderoso Senhor, Rei dos reis e Senhor dos senhores; Aquele que tem, ele só, a imortalidade, e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver, ao qual seja a honra e poder sempiterno. Amém (1 Tm 6.15-16).

Nossos espíritos não vieram do ventre de uma mãe celestial:

Peso da Palavra do Senhor sobre Israel: Fala o Senhor, o que estende o céu, e que funda a terra, e que forma o espírito do homem dentro dele (Zc 12.1).

Assim a Bíblia ensina que o homem teve seu princípio na terra. Só Cristo teve preexistência dado que como integrando a Trindade por toda a eternidade, não teve princípio. Jesus preexistiu não porque fosse homem, mas porque era Deus antes de se tornar homem. (Compare Is 7.14 com Mt 1.21-23; Is 9.6; 41.4; 44.6 com Ap 1.17; 2.8; 22.13).

No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus (Jo 1.1):

E dizia-lhes: Vós sois de baixo, eu sou de cima; vós sois deste mundo, eu não sou deste mundo. Disse-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que antes que Abraão existisse, Eu sou (Jo 8.23,58).

Jesus Cristo é o mesmo ontem, e hoje, e eternamente (Hb 13.8).

Mas a Bíblia não faz referência a preexistência do homem. Em 1 Co 15.44, 46, 49, lemos: “Semeia-se corpo natural, ressuscitará corpo espiritual. Se há corpo natural, há corpo espiritual. Mas não é primeiro o espiritual, e sim o natural; depois, o espiritual e não o contrário como ensina o mormonismo. Como trouxemos a imagem do terreno traremos também a imagem do celestial.

Buscando apoio na Bíblia para sua doutrina da preexistência humana, os mórmons costumam citar:

Antes que te formasse no ventre te conheci, e antes que saístes da madre te santifiquei: às nações te dei por profeta (Jr 1.5).

Resposta Apologética:

Se Deus tivesse dito: Antes que eu o formasse no ventre materno, TU ME CONHECESTE..., isto seria uma prova da preexistência do homem. O texto prova a onisciência de Deus, que sabe todas as coisas antes que elas aconteçam.

Isaías 46.9: Lembrai-vos das coisas passadas desde a antiguidade; que eu sou Deus, e não há outro Deus, não há outro semelhante a mim.

Esse versículo não apóia a preexistência nem mesmo a reencarnação. A palavra conhecer implica um relacionamento especial de compromisso (Am 3.2). Deus tem conhecimento antecipado (Sl 139.13-16) e é capaz de conduzir o chamado (Jr 1.8-10).

Extraído da Série Apologética do ICP.


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Comentários fechados neste artigo.

Advertisement