Esqueceu a senha?

O que a Bíblia ensina sobre a dívida?

por Artigo compilado - sex set 11, 10:34 am

dineiro-doado

“Seja a vossa vida sem avareza. Contentai-vos com as coisas que tendes; porque Deus tem dito: De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei” (Hebreus 13.5).

Não só os Estados Unidos se tornou uma nação devedora, mas a maioria da população está se afogando em dívidas. Nossa dependência diária, por causa da dívida, gera a seguinte questão: O que a Bíblia diz sobre a dívida?

Primeiro, a Palavra de Deus nos adverte de que “o que toma emprestado é servo do que empresta” (Provérbios 22.7). Desta forma, somos alertados contra a insensatez de ficarmos endividados com aqueles que podem ser implacáveis em suas exigências de pagamento. Devemos levar a sério a sabedoria do provérbio: “Não estejas entre os que dão as mãos e entre os que ficam por fiadores de dívidas. Se não tens com que pagar, por que tirariam a tua cama de debaixo de ti?” (Provérbios 22.26-27).

Além disso, as Escrituras condenam a falha em pagar nossas dívidas como uma fraqueza. Nas palavras do salmista “o ímpio toma emprestado e não paga; mas o justo se compadece e dá” (SaImo 37.21). Do mesmo modo, o apóstolo Paulo recomenda com insistência que os crentes diligentemente paguem suas dívidas (Romanos 13.8).

Por fim, seja na teocracia do Antigo Israel, seja na democracia da sociedade americana moderna, o povo de Deus é chamado para ser bons administradores das riquezas que o Senhor lhes tem confiado. Se emprestarmos, devemos fazêlo com benignidade, e se pegarmos emprestado, devemos fazê-lo com prudência.

Se emprestarmos, devemos fazê-lo com benignidade, e se pegarmos emprestado, devemos fazê-lo com prudência.

“A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpriu a lei” (Romanos 13.8)

Pr. Hank Hanegraaff


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement