Esqueceu a senha?

O que é o Zen-Budismo?

por Artigo compilado - qua jan 20, 4:14 pm

Embora o zen-budismo não tenha se tornado popular no Ocidente até 1950, agora quase monopolizou o mercado da meditação. Phil Jackson até usou o zen para preparar seus times para ganhar nove campeonatos da NBA. Por causa de sua popularidade crescente, apresento três tópicos importantes sobre o zen que nos ajudam a entendê-lo.

Primeiro, a disciplina dominante do zen-budismo é zazen. Pelo zazen (literalmente, “sentar-se em meditação”), os zenistas procuram aniquilar o eu e tornar-se um com a consciência cósmica impessoal do universo (a única mente). Posturas, técnicas de respiração e cânticos são utilizados de modos variados em uma tentativa de libertar a mente do pensamento significativo e atingir um estado de vazio absoluto.

Além disso, o objetivo do zen é a iluminação—a percepção interior de que toda a realidade é um e que a dualidade é uma ilusão não iluminada (satori). Diz-se que a iluminação é a chave para extinguir a identidade individual e a entrada para o nirvana. Como o mantra do golfe diz: “Seja a bola”.

Por fim, a iluminação é alcançada por meio de enigmas sem sentido ou koans. Estes são usados para atacar a razão e a lógica, a fim de atingir a realidade alternada de que o universo é um todo interdependente e que cada indivíduo é parte desse todo. O zen literalmente utiliza centenas de enigmas sem sentido para desmantelar a mente — o mais famoso deles é: “Qual é o som de um aplauso?”

Os zenistas procuram aniquilar o eu e tornar-se um com a consciência cósmica impessoal do universo libertando a mente do pensamento significativo e atingindo um estado de vazio absoluto.

Em nítido contraste com o zen, a meditação bíblica procura centrar o eu de uma pessoa no Criador pessoal do universo. E faz isso por meio de um foco exclusivo nas Escrituras. Em vez de esvaziar nossa mente, nós cristãos somos chamados para sermos cheios do Espírito Santo e transformados pela renovação do nosso entendimento (veja Efésios 5.18; Romanos 12.1-2).

Fundamentos do Zen Budismo:

  • Zazen – “sentar-se em meditação” para alcançar o vazio
  • Iluminação – percepção interior de que toda a realida de é um
  • Enigmas sem sentido – para rejeitar a razão e desmantelar a mente

“E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a agradável e perfeita vontade de Deus”

(Romanos 12.2).

Pr.Hank Hanegraaff


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

8 Comentários

Comentários 1 - 8 de 8Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Um pouco de meditação é o q falta para
    Jcp= evaldo francisco= icabode crane= maximus= etc.

    1. q falta para você r.dias é falar a verdade.

      r.dias = silvana = daniele = michele = helena etc. 

      até quando vai sua sem-vergonhice ? não tem vergonha de ao ser bloqueado voltar com nick name de mulherizinha. é um pilantra mesmo.

    2. Em poucas palavras o sr se definiu, sr(s)(são 1 e ao mesmo tempo muitos) rdiasfóbico. O bom do sr jcp e seus avatares é q é (são) auto-explicativos.
      Eu acho q n, mas n me surpreenderia se rdias tb for vcs. 

  2. Demarcoqui jan 21 at 9:03 am  sr(s)(são 1 e ao mesmo tempo muitos) rdiasfóbico

    kkkk. vai nessa cabeção. 

  3. Jcp e avatares disse: “Vai nessa cabeção. Kkk”. Como eu disse, auto-explicativo(s).

    1. expliquem, os srs e sras “risadinhas” a “profetada” adventista postulada a partir deste pastor, e este individuo, onde a vossa crença e.g.w deu todo apoio ideológico ao mesmo, e pagou mico como e.g.w em 1844 na grande decepção. NÃO FUJA.

      https://youtu.be/wWz2ubU2uzg?t=108

    2. demarco vulgo risadinha (Rs rs rs) é tipico dos cultista de seitas argumentar dando risadinhas safadas para “mostrar” que está seguro suas doutrinas. mas explique isso. não vi nenhum adventista comentar isto:
      http://www.cacp.org.br/oracao-para-aceitar-a-profetisa-adventista/

    3. expliquem as lorotas dos seus “pastores” – gostariam de vê-los fazer um “auto explicativo” disto.
      estão atolados na mentira. 

Comentários 1 - 8 de 8Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement