Esqueceu a senha?

O que é terapia de Biorressonância?

por cacp - qua set 12, 1:19 pm

Pergunta: “Meu bom médico de família passou a usar a terapia de biorressonância. Como ou onde se deve enquadrar esse tipo de tratamento? Ele usa uma espécie de pêndulo para descobrir o medicamento certo que o paciente necessita. Isso me deixou estarrecida, e eu lhe disse que rejeito decididamente esse tipo de tratamento. Sou paciente dele há muitos anos e lamento que ele esteja fazendo isso.”

Resposta: A terapia de biorressonância – também chamada de multirressonância – alcançou popularidade crescente como alternativa de tratamento em conexão com a grande onda de esoterismo dos últimos anos.

O médico Franz Morell e o eletricista Erich Rasche desenvolveram um aparelho que, segundo eles, comuta no corpo as “vibrações que produzem enfermidades” em “vibrações que curam”, conduzindo-as de volta ao corpo. O paciente simplesmente deve tomar nas mãos dois “eletrodos” ligados ao aparelho. Todo o resto funciona supostamente de forma automática. Nem aquele que trata do paciente nem o próprio paciente teriam qualquer possibilidade de interferência. Em outras palavras: o aparelho teria condições de descobrir as vibrações certas para desencadear a cura sem qualquer ajuda humana. Com esse método seria possível curar qualquer tipo de enfermidade, especialmente as psíquicas e psicossomáticas. Até seria possível resolver problemas de relacionamento por meio da terapia de biorressonância ao se “energizar” água com as vibrações do companheiro. Ao surgir um conflito, algumas gotas dessa água são misturadas na água que o companheiro vai beber. Evidentemente um aparelho tão misterioso também não é muito barato. Mas esse não é o motivo pelo qual desaconselhamos seu uso. Estamos convictos de que nesse caso – como em muitos outros métodos de tratamento alternativo aparentemente inofensivos – trata-se de um método ocultista, do qual os filhos de Deus não deveriam fazer uso de maneira nenhuma. Fundamentalmente também se aplica aqui o alerta usado no trânsito: “Em caso de dúvida, não ultrapasse!” Embora seja fácil compreender que um paciente deseje muito ser curado e busque qualquer possibilidade que lhe prometa ajuda, os crentes sempre deveriam ter em mente as sérias palavras de Mateus 16.26: “Pois que aproveitará o homem se ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?” Quem se relaciona com poderes das trevas, da superstição ou até da feitiçaria, perde a sua alma! (Elsbeth Vetsch)

Publicado anteriormente na revista Chamada da Meia-Noite


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

16 Comentários

Comentários 1 - 16 de 16Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Além disso, não ia caber tanta gente nesse planeta, já que todos viveríamos mais… Bom, pensando assim, é bom que tudo continue como está, não é? Quem gosta de se intoxicar com remédios “não ocultos”, que continue assim, aí já morre mais cedo e não fica ocupando espaço

    1. essa sua tese “já morre mais cedo e não fica ocupando espaço” parece-me um tanto egoísta, e se isso aplica-se a você em dar mais espaço no planeta ? se não tendes conhecimento biblico para escrever algo relevante, mostre um pouco mais de inteligência e fique em silêncio. 

  2. neste planeta, dando mais chances para os que realmente podem fazer a diferença

    1. exclua você e vinte pessoas da sua familia “dando mais chances” de espaço voce gostaria ?
      deixe de ser imbecil e quadrupede !

  3. Talvez o seu medico fez má interpretação das coisas como muitos fazem, o estudo sempre é bom para tirar duvidas, antes de comentar qualquer assunto é importante ter bom conhecimento do mesmo. 

    1. essa estória de “pendulo” é espiritismo e feitiço ! disfarçado de “bom conhecimento”. assim como voce se disfarçou de nickname “Pr”. 

  4. Todo o conhecimento ciência e boa dadiva vem de Deus, o diabo sempre usa seus métodos para cegar as pessoa, sempre direcionamos as coisas ao diabo ou a Deus quando não a conhecemos, isso nos torna ignorantes, portanto o conhecimento nos torna claro todas as coisas…

    1. um pastor de verdade que tem a Biblia como Palavra de Deus, não recomenda ir atrás de certos “conhecimentos” isto foi a sugestão da antiga serpente na sutileza da argumentação quando tentou e enganou eva oferecendo “conhecimento” … 

  5. O grande problema de Albert Eisten era tentar dividir ciência e religião, quando na verdade  tanto uma como outra só existe por um unica ser o nosso  Deus que criou todas as coisas existente no universo.

  6. Nada haver com demônio… isso é física quântica. Pecado é estar doente e não buscar a cura!! Principalmente da mente!!

  7. A Humanidade só terá evolução quando ciência , religiosidade e medicina falarem a mesma linguagem ou chegarem em consenso sobre todas as coisas.
    Não esqueçam mente e física estão muito próximas.
    Acredito que a essência humana esteja se perdendo pelo caminho, temos que resgatá-la.

  8. Em 1 lugar tu precisa d/base para argumentar snão ..
    Vejamos a ciência é tecnologia caminha.juntos achar q/ instrumento opera sozinha,q/faz cura etc.. é de uma tremenda ignorância.
    Veja os aparelhos de celular ,computadores envia texto,foto etc.os mesmo não tem nada de oculto

  9. A técnica é baseada em princípios semelhantes ao da Acupuntura, terapia surgida há 5000 anos na China que utiliza agulhas e outros instrumentos para liberar substâncias químicas no organismo humano, proporcionando assim efeitos analgésicos e antiinflamatórios.

  10. A Biorressonância surge em 1950, quando o Dr. Reinholt Voll, médico alemão, desenvolve uma técnica para monitorar eletronicamente as mudanças na energia do corpo em pontos da Acupuntura.

    1. leia corretamente o artigo antes de um bla bla bla … está falando sobre “biorressonancia” e não sobre acuputura. na pergunta inicial no texto do artigo diz que o medico usava “pendulo”. isso na interpretação do contexto biblico seria feitiçaria. 1 Timóteo 4:1

    2. sobre “acupuntura” o sr. faça o favor de estudar aqui

      http://www.cacp.org.br/acupuntura-religioso-ou-cientifico/:

Comentários 1 - 16 de 16Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement