Esqueceu a senha?

O que é um bar mitzvá?

por Artigo compilado - qua set 12, 1:21 pm

Um menino judeu torna-se um bar mitzvá ao completar treze anos de idade.

A expressão significa literalmente “homem de dever” ou “filho do mandamento”. Um menino judeu torna-se um bar mitzvá ao completar treze anos de idade. Sua origem é remota, desde a época do templo, quando, então, o pai conduzia seu filho de treze anos ao local sagrado, para que o sacerdote lhe impetrasse a bênção e lhe desse conselhos morais.

Esta importante cerimônia judaica geralmente é observada no Shabat (sábado), que a precede. Entretanto, os judeus ortodoxos optam por observá-la na segunda ou quinta-feira seguinte à data do aniversário do menino, mas tudo de acordo com o calendário hebraico.

Seja como for, para que um menino se torne um bar mitzvá não é necessário qualquer cerimônia especial, porque, pela tradição judaica, isso ocorre automaticamente, quando o menino passa a observar a Torá (lei). Este ato é uma obrigação estabelecida publicamente.

Segundo os preceitos da tradição, a partir desta data, o menino é considerado um homem, no “aspecto religioso”, atingindo a maioridade religiosa, passando a ser responsável por todos os deveres religiosos de um adulto. Com isso, está apto a constituir um elemento do minyan, também conhecido como “quorum de dez adultos”, necessário para a recitação das preces e leituras públicas da Torá.

Até antes deste estágio, o pai do menino é plenamente responsável por seu comportamento como judeu, porém, a partir daí, o menino judeu deve ser conhecedor da importância e dos significados dos mandamentos, sendo capaz de observá-los por si próprio, sem a interferência paterna.

Outras curiosidades desta celebração ocorrem no Shabat, posterior ao seu 13º aniversário, ocasião em que o menino recebe a inédita oportunidade de se dirigir ao altar e recitar a Torá. O menino recita o haftará (lição dos profetas) e, enquanto o faz, as mulheres jogam sobre ele uma “enxurrada” de doces, os quais também são distribuídos para as crianças presentes na sinagoga.

Finalmente, é interessante dizer que também existe uma cerimônia similar ao bar mitzvá dedicada às mulheres. É a bat mitzvá, que quer dizer “filha do mandamento”. Diferente daquela, a observância desta teve seu início em épocas recentes, e ocorre no 12º aniversário das meninas judias. No entanto, a corrente judaica ortodoxa atenua o valor desta celebração, já que as mulheres judias não possuem as mesmas obrigações religiosas masculinas.

Claro que tal ritual não teria nenhum sentido na vida de um cristão. Apenas podemos aprender aqui a importância de ensinar a criança no caminho de Deus.

Fonte: Revista Defesa da Fé


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

1 Comentário

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. o que acontece com o jovens que nao passa pelo BAR MITSVAH

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement