Esqueceu a senha?

O que Jesus foi fazer no Hades?

por Pr. João Flávio Martinez - ter nov 06, 12:26 am

Primeiro, é preciso substanciar a evidência teológica de que Jesus realmente desceu ao Hades ou Lugar (habitação) dos Mortos:

no qual também foi [Jesus] pregar (proclamar) aos espíritos em prisão, os quais noutro tempo foram desobedientes, quando a longanimidade de Deus esperava nos dias de Noé… (I Pedro 3.19-20, parênteses meu)

Pois por isto foi o Evangelho pregado (proclamado) até aos mortos… (I Pedro 4.6, parênteses meu)

Pois, como Jonas esteve três dias e três noites no ventre da baleia, assim estará o Filho do homem três dias e três noites no seio da terra. Mateus 12.40

Pois não deixarás a minha alma no inferno, Nem permitirás que o teu Santo veja a corrupção. Atos 2.27 

… disse da ressurreição de Cristo, que a sua alma não foi deixada no inferno, nem a sua carne viu a corrupção. Atos 2.31

Por isso diz: Quando ele subiu ao alto, levou cativo o cativeiro, Deu dons aos homens. (Ora que quer dizer isto: Ele subiu, senão que também desceu aos lugares mais baixos da terra? Aquele que desceu é também o que subiu muito acima de todos os céus, para encher todas as coisas.) Efésios 4.8-10 

Nas Escrituras velhotestamentárias, a palavra usada para descrever o local dos mortos é “Seol”. Esta palavra simplesmente significa “lugar dos mortos” ou o “lugar das almas/espíritos que partiram”. A palavra grega do Novo Testamento que é usada para inferno é “Hades”, que também se refere ao “lugar dos mortos”. Outras Escrituras no Novo Testamento indicam que Seol/Hades é um lugar temporário, onde as almas ficam enquanto aguardam a ressurreição e julgamento final. Apocalipse 20.11-15 dá a distinção clara entre os dois.

Seol/Hades é uma região com três divisões (Mateus 11.23; 16.18; Lucas 10.15; 16.23; Atos 2.27-31), o território dos salvos, o abismo e o local dos perdidos. O território dos salvos é chamado “Paraíso” e “Seio de Abraão”. Os territórios dos salvos e dos perdidos são separados por um “grande abismo” (Lucas 16.26). Quando Jesus subiu aos Céus, Ele levou consigo os ocupantes do Paraíso (os crentes) (Efésios 4.8-10). O lado perdido do Seol/Hades permaneceu intacto. Todos os mortos incrédulos para lá vão e esperam seu futuro julgamento final. Jesus foi ao Seol/Hades? Sim, de acordo com Efésios 4.8-10 e I Pedro 3.18-20.

Na Cruz, Jesus disse ao ladrão ao Seu lado: “Hoje mesmo estarás comigo no Paraíso” (Lucas 23.43). O corpo de Jesus estava na tumba; Sua alma/espírito foi para o lado do “Paraíso” de Seol/Hades. Então Ele removeu do Paraíso todos os justos que já haviam morrido e os levou consigo aos Céus. Hoje esse local é localizado debaixo do altar de Deus – Apocalipse 6.9.

Este conceito é corroborado pelo Credo dos Apóstolos, que afirma: “Ele desceu até o Inferno.” A descida de Jesus ao inferno também era ensinada por teólogos na igreja antiga e aparece em diversas obras: “Homilia sobre a Paixão” de Melito de Sardis († c. 180); “Um Tratado sobre a Alma”, 55, de Tertuliano († c.220); “Tratado sobre Cristo e o Anticristo” de Hipólito († c. 236); “Contra Celso”, 2:43, de Orígenes († c.253) e , finalmente, os sermões de Ambrósio de Milão († c. 397).

Fontes pesquisadas e consultadas:

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Descida_de_Cristo_ao_Inferno

https://www.gotquestions.org/Portugues/Jesus-inferno.html

—————————-


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

3 Comentários

Comentários 1 - 3 de 3Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Esta é uma visão quem não coaduna com o restante das Escrituras. A Teologia Sistemática de Wayne Grudem nos traz uma excelente explicação sobre estas e outras passagens neste tema.

    1. Esse W.Grudem basicamente ele não concorda que Jesus desceu ao hades, ele entende algo metafórico, é taxativo, chama de “doutrina enganosa”. Então sr. “Brandão”, esse tal de Grudem não parece assim tão “excelente”. ele fala lá um bla bla bla que não convence muito.

  2. Os argumentos em prol de que Cristo não foi ao inferno (apresentados por Wayne Grudem e pelo teólogo presbiteriano Héber Carlos de Campos) são muito mais conviventes.

Comentários 1 - 3 de 3Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement