Esqueceu a senha?

O que não é depravação total

por Artigo compilado - dom jan 24, 10:58 am

pecadora

1) Depravação total não significa que os seres humanos são tão ruins quando eles poderiam ser, mas que o pecado atinge cada parte do ser de uma pessoa e que as pessoas tem uma natureza pecaminosa com uma inclinação natural para o pecado. O termo “total”, pois, é usado extensivamente, em vez de intensivamente. Depravação total não significa que as pessoas depravadas não podem fazer coisas boas diante de Deus ou do homem, mas simplesmente que essas coisas não podem trazer a salvação. Jesus reconheceu a presença de boas qualidades num certo homem rico (Mc10.21), mas ele não pôde obter a vida eterna através desta Boas qualidades. Alguns homens podem até praticar e justiça, que os tornem louváveis e alcancem algum mérito diante da sociedade, mas estes atos não podem, de maneira nenhuma, torná-los agradáveis a Deus, de forma a serem aprovados por Ele.

2) Depravação total também não significa que os seres humanos não têm consciência que lhes permita distinguir, em certa medida, entre o bem e o mal, mais que a consciência tem sido Afetada pela queda de modo que não pode ser um guia seguro e confiável.

3) Depravação total também não implica que a pessoa se entregam a toda forma de pecado ou a qualquer pecado na maior medida possível, mas que todas as suas ações são afetadas pelo pecado, em sua motivação ou propósito. Duewel afirma, quanto ao significado “total” na depravação humana, que:

* Depravação total não significa que a pessoa não possa torna-se ainda pior {…} O pecado pode tornar-se mais complexo, mais escravizador e mais degradante {…}

* Depravação total não significa que todas estão propensas a toda forma de pecado. Algumas pessoas tem algo recomendável em termos de moralidade que as mantém distantes das formas mais baixas e escandalosas de pecado. Isto pode acontecer, em parte, por causa da educação familiar, da influência de pessoas bondosas ou de civilização denominadas cristã (mais precisamente, devido à infusão da luz cristã) […].

*Depravação total não significa que a pessoa seja inconsciente. A consciência de cada pessoa conserva dentro da alma a voz de Deus […] A lei moral de Deus está impressa em cada pessoa (Rm2.14,15) […]

* Depravação total não significa que o pecador não possua qualidade positivas. A moralidade de algumas pessoas é tão recomendável quando é possível ser. Contudo, quando tal moralidade é comparada com a santidade de Deus, sob a luz que o Espaço derrama no coração, percebemos o quão pecadores somos e o quanto precisamos de Cristo, o Salvador (Is 6.5).

* Depravação total não significa que a pessoa não seja tocada pela graça de Deus […] Deus procura levar-nos ao arrependimento e à obediência (Rm 2.4).

(livro Depravação Total Da Reflexão pg. 55,56).

DEPRAVAÇÃO TOTAL NÃO SIGNIFICA DEPRAVAÇÃO ABSOLUTA!


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

1 Comentário

Comentários fechados neste artigo.
Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. depravação não é “total” :
    “Se vós, pois, que sois maus, SABEIS DAR BOAS coisas a vossos filhos” Mt 7:11
    O termo “total” é o detalhe calvinista em aleijar os humanos para depender da arbitrária salvação pela eleição “soberana” o que contradiz João 3:16 (todo aquele …);

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Comentários fechados neste artigo.

Advertisement