Esqueceu a senha?

O vinho da ceia era fermentado?

por Pr. João Flávio Martinez - qui jan 09, 12:06 am

ceia

Na ceia o vinho representa o sangue de Jesus derramado em favor de nós. Estamos pecando quando tomamos vinho na Ceia?

No tocante ao ofício da Ceia do Senhor, os três primeiros escritores dos Evangelhos empregam a expressão “fruto da vide” (Mt 26.19; Mc 14:.5; Lc 22.18). O vinho não fermentado é o único “fruto da vide” verdadeiramente natural, contendo aproximadamente 20% de açúcar e nenhum álcool. A fermentação destrói boa parte do açúcar e altera aquilo que a videira produz. O vinho fermentado não é produzido pela videira.

O Senhor instituiu a Ceia quando Ele e seus discípulos estavam celebrando a Páscoa. A lei da Páscoa em Êx 12.14-20 proibia, durante a semana daquele evento, a presença de “seor” (Êx 12.15), palavra hebraica para fermento ou qualquer agente fermentador. Seor, no mundo antigo, era frequentemente obtido da espuma espessa da superfície do vinho quando em fermentação. Além disso, todo o “hametz”, ou seja, qualquer coisa fermentada era proibido (Êx 13.7; Êx 12.19). Deus dera esta lei por ser a fermentação o símbolo da corrupção e pecado (ICo 5.7-8), sendo exatamente isso o que causa a bebida alcoólica no Homem.

No Antigo Testamento, bebidas fermentadas nunca deviam ser usadas na casa de Deus, e um sacerdote não podia chegar-se a Deus em adoração se tomasse bebida embriagante (Lv 10.8-9). Jesus Cristo foi o Sumo Sacerdote de Deus no novo concerto, e chegou-se a Deus em favor do seu povo (Hb 3.1). Ele não iria, diante da orientação da Lei,  celebrar a páscoa com bebida forte. Então, concluímos que o vinho da Ceia era puro e sem álcool.

(*Bíblia Pentecostal c/ algumas alterações).


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

12 Comentários

Comentários 1 - 12 de 12Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Ouvi um pe católico dizer que ´suco´ não salva ninguém ( linguagem preconceituosa em relação a santa ceia ), mais sim o vinho em relação a missa. Quando a PF começou a pegar os padres q tomavam vinho e dirigiam os bispos aconselharam SUCO DA UVA. Jesus meu Salvador.

  2. o mordomo espremia uva no calice do faraó (vide história de josé). 
    S.Paulo recomendou timoteo a tomar água+vinho como medicinal.
    portanto é suco da uva.
    a uva nos tempos antigos era no “lagar” pisado pela vinhateiros, espremia e bebia.

  3. A Ceia Do Senhor em memoria de Jesus deve ser feita como
    Suco de Uva e Pão Não fermentado. só que muitos são Contra o Vinho tinto Mais Não são contra o Pão fermentado.se São Contra o Vinho Tinto por ser fermentado então Não deveriam usar Pão fermentado na Ceia do Senhor.

  4. Se o vinho da missa fosse verdadeiramente o sangue de Jesus os padres católicos não ficariam BÊBADOS ou pegados em flagrante delito ao dirigir um carro com dosagem alcoolica não permitida. Será que o sangue que meu Jesus derramou TODO na cruz deixa os padres ´bebados´!? Claro que não! 

  5. No cap. 11 de I cor, Paulo censura aqueles que comiam e bebiam o “cálice do Senhor” antecipadamente, e já chegavam bêbados para a santa ceia. Portanto, não era suco e sim vinho com teor alcoólico. Ademais, quando Jesus transformou água em vinho, o “degustador” ou mestre sala

  6. Cont. o “degustador elogiou o vinho que Jesus milagrosamente havia transformado, dizendo que era um “bom” vinho. Não conheço degustador de suco.

  7. Noé se embreagou com o vinho. Tente um dos leitores embreagarse com suco de uva e me dirás.
    Não sejamos hipocritas a respeito do vinho e de muitas outras coisas!

  8. Sam, 
    Noé bebeu sim com suco de uvas, e subentende porém, que estava fermentado senão a Palavra de Deus não diria que “embriagou-se”.  a hipocrisia que voce menciona aplica-se melhor a ti somente, mas se querer “muitas outras coisas!” beber chá santo daime é problema seu.

  9. Francamente, acho debate desnecessário. A Bíblia hebraica (antigo testamento) não condena bebidas fortes, assim, o judaísmo também não condena, mas condena a embriaguez. Vinho e bebidas fortes eram reprovada em duas situações: sacerdote realizando ofício e voto de nazireu.

  10. Lc.5:37-39: Podemos observar aqui que “vinho novo” não é um simples e estático suco de uva, pois tem força para “romper odres”. Trata-se de algo vivo, em desenvolvimento, ou seja, em fase de fermentação.
    2) o vinho velho (alcoólico, indiscutivelmente) é BOM; não é algo reprovável.

  11. Ainda, o vinho da Ceia do Senhor não era puro suco de uva, mas VINHO EMBRIAGANTE (suco fermentado): 1° Coríntios 11.21.

    🙏

  12. Como pode não ser alcoólico se nessa época não existia o processo de pasteurização? E mais existe uma época específica para a colheita da uva e alguns eventos relatados na bíblia são bem distantes dessa época ou seja como ficou conservado o suco sem fermentar?

Comentários 1 - 12 de 12Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement