Esqueceu a senha?

Onyx: O desespero do egocêntrico

por Artigo compilado - seg jun 15, 11:17 am

umbigo

Nota: O Deputado Onyx Lorenzoni comenta sobre os rumos da CPI e como ela leva ao ex-presidente Lula.

————————-

Ninguém está acima da lei. Lula julga que está. Agindo com a soberba que lhe é peculiar, o ex-presidente solta suas pérolas como se fosse um intocável, como se tudo que esteja ligado ao seu nome fosse proibido de ser contestado. Na CPI da Petrobras aprovamos 140 requerimentos de acareações, quebras de sigilos fiscais e telefônicos e convocações de personagens ligados direta ou indiretamente a operações financeiras e desvios na Petrobras apurados pela operação Lava Jato. Uma delas desestabilizou Lula. Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula, terá que ir à CPI dar explicações sobre a relação do Instituto com uma empreiteira. 3 milhões e 500 mil reais entraram na conta do Instituto e da empresa que Lula utiliza para cobrar por suas palestras mundo afora. Particularmente, creio que Lula agiu como traficante de influência. Com a desculpa de “palestrar”, viajava bancado por empreiteiras, fazia suas palestras e como num passe de mágica o BNDES liberava recursos para investimentos nesses países. Cuba, Venezuela, Angola, Moçambique, Bolívia foram alguns dos países que receberam investimentos do BNDES e, na maioria dos casos, foi colocado sigilo nas operações. Esta semana foi descoberto que um ministro do Itamaraty quis esconder documentos que podem escancarar o tráfico de influência de Lula. O cerco está se fechando e o egocêntrico ex-presidente dá sinais de desespero.

Voltando aos requerimentos que aprovamos, Lula deu mais uma prova de que só se importa com o seu umbigo. Nem seus companheiros parecem merecer a sua defesa. Do mensalão ele escapou com o “eu não sabia” e foi protegido por muitos petistas. Agora quebramos o sigilo de José Dirceu e de sua empresa de consultoria, que recebeu alguns milhões de reais das empresas envolvidas na Lava Jato. Aprovamos a convocação do tesoureiro da campanha de Dilma em 2010, José de FIlippi Jr, já que Pedro Barusco, um dos delatores, informou que dinheiro do esquema irrigou a campanha de Dilma. Aprovamos acareações entre o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari, que está preso, e os operadores da propina que fizeram as delações. Mesmo com personagens recorrentes em escândalos do petismo, Lula só se mostrou preocupado com a convocação de seu fiel escudeiro Paulo Okamotto. Segundo a imprensa, Lula foi se queixar até ao vice-presidente da República, Michel Temer. Lula pode soltar suas bravatas como bem entender, está exercendo o seu direito à liberdade de expressão, embora tantas vezes pareça não conhecer o significado disso. Chegou a hora dele entender que o Brasil é dos brasileiros e todos são iguais perante a lei, ninguém está acima. Quem errou tem que pagar.

Extraído do blog blogdoonyx.wordpress.com em 15/06/2015


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement