Esqueceu a senha?

Os países mais e menos religiosos do planeta

por Artigo compilado - sex abr 17, 10:03 am

Monjes budistas na Tailândia  | Foto: Reuters
País onde a maior parte dos entrevistados se diz religioso, a Tailândia tem maioria budista

Países africanos, do Oriente Médio e do Leste europeu parecem estar se tornando cada vez mais religiosos, enquanto que os europeus ocidentais, menos. É o que diz uma pesquisa da empresa WIN/Gallup, feita com 64 mil pessoas em 65 países.

De acordo com o levantamento, o país que lidera o ranking de mais religiosos é a Tailândia, onde 94% dos entrevistados se disseram crentes. A nação menos religiosa, por outro lado, é a China, onde somente 7% disseram seguir algum credo.

Nenhum dos sete países latino-americanos onde a pesquisa foi feita aparece entre os dez países mais religiosos – o Brasil está em 23º lugar, com 79% dos entrevistados se dizendo crentes.

Colômbia e Peru estão mais acima, com 82% dos entrevistados declarando-se religiosos. A Argentina e o México, por outro lado, registraram os maiores número de ateus convictos entre os latino-americanos entrevistados.

A pesquisa foi feita através de entrevistas pessoais, por telefone ou pela internet.

O levantamento também aponta que a religião continua sendo importante mesmo entre as gerações mais jovens. Segundo a pesquisa, 67% dos entrevistados de 25 a 34 anos professam algum tipo de fé.

A adesão a uma religião também foi maioria entre os entrevistados, independentemente de seu nível educativo.

Se entre aqueles sem nenhum tipo de educação formal a taxa de religiosos foi de 80%, entre os que possuem ensino secundário ou universitário completo ela chegou a 60%. Entre os que fizeram mestrado e doutorado, a taxa sobe para 64%.

“O estudo revela que o total de pessoas que se consideram crentes é, na verdade, alto. E com a crescente tendência global de uma juventude religiosa, podemos assumir que o número de crentes continuará aumentando”, diz Jean-Marc Leger, presidente da WIN/Gallup International.

No entanto, Europa ocidental e Oceania aparecem como as regiões mais divididas a respeito da religiosidade. Em ambas, quase metade dos entrevistados diz não praticar religiões ou ser ateu convicto.

Crescimento do Islamismo

O levantamento da WIN/Gallup não fez perguntas sobre quais as religiões dos entrevistados, mas os resultados da pesquisa são publicados pouco depois que um estudo do Pew Research Center anunciou que o Islamismo pode superar o Cristianismo em número de praticantes em 2100.

No início de abril, o centro de pesquisas americano publicou um panorama global do futuro das religiões no mundo, com base em dados de 198 países e territórios.

De acordo com a projeção, o islamismo é o grupo religioso de crescimento mais rápido no mundo hoje e o número de muçulmanos deve se igualar, pela primeira vez na História, ao de cristãos até 2050. Mantida a mesma progressão, o número de muçulmanos ultrapassaria o de cristãos 50 anos depois, de acordo com a pesquisa.

O percentual da população cristã deve se manter estável nas próximas décadas, mas ela mudará de localização – a população cristã na Europa diminuirá e deve aumentar na África subsaariana.

Segundo o Pew, o número de pessoas que não se consideram religiosas deve aumentar em países europeus e nos Estados Unidos até 2050, mas pode cair de modo geral em todo o mundo, por causa das baixas taxas de fertilidade de países como China e Japão, onde há grandes contingentes de não-religiosos.

Os mais religiosos

Estes são os dez países mais religiosos do mundo segundo o levantamento da WIN/Gallup:

  1. Tailândia (94%)
  2. Armênia (93%)
  3. Bangladesh (93%)
  4. Geórgia (93%)
  5. Marrocos (93%)
  6. Fiji (92%)
  7. África do Sul (91%)
  8. Argélia (90%)
  9. Quênia (89%)
  10. Macedônia (88%)

Os menos religiosos

A pesquisa mostra também os dez países – e territórios, no caso de Hong Kong – com o menor percentual de entrevistados que se identificaram como crentes:

  1. China (7%)
  2. Japão (13%)
  3. Suécia (19%)
  4. República Tcheca (23%)
  5. Holanda (26%)
  6. Hong Kong (26%)
  7. Reino Unido (30%)
  8. Israel (30%)
  9. Vietnã (34%)
  10. Alemanha (34%)

Extraído do site http://www.bbc.co.uk/portuguese em 17/04/2015


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

21 Comentários

Comentários 1 - 21 de 21Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. De que adianta serem mais religiosos se a maioria são religiões erradas? Estão se condenando dq qualquer jeito, tal qual os que se declaram ateus. Amontoam para si doutrinas e filosofias mas o verdadeiro Evangelho não querem nem ouvir.

  2. Vale a pena notar que na maior parte dos casos, baixa religiosidade coincide com maior igualdade social, maior acesso `a educacao e saude, maior prosperidade, e menor violencia e criminalidade. O inverso tambem e’ verdadeiro.

    1. DLW, Por isso você decidiu ser apostata ? mas hipocritamente diz “baixa religiosidade”.
      Jesus disse “dê a Cesar o que é de Cesar, e a Deus o que é de Deus” estaria sendo impio ?
      QUAL SUA OPINIÃO SOBRE O ESPIRITO SANTO ? (SEJA MACHO E FALA LOGO, ACABA COM ESSE SEU SOFRIMENTO).

    2. vc é um mentiroso, se vc fizer uma pesquisa honesta ira notar q os países que hoje são as maiores potencias é porque no passado existiram homens e mulheres de Deus que deram sua vida por um futuro melhor para seus filhos.mais educação, saúde e prosperidade…

    3. …agora se vc perdeu um ente querido ou então sofreu algo no passado e por causa disso se tornou ateu, não venha colocar Deus no meio das suas revoltas. 

    4. “Minha crença” não! eu não criei seita nenhuma, sou a favor da Palavra de Deus a qual você “gentilmente” chama de mentira e diz que não existe. blasfemaste várias vezes.
      “..disse-lhes o Espírito Santo: Separai-me a Barnabé e a Saulo para a obra a que os tenho chamado.” Atos 13:2

  3. jcp, nao sei o que vc espera que eu diga! Acho que o Espirito Santo e’ um,mito inventado dentro da doutrina crista. Nao quero ofender sua crenca, mas nao acredito que exista algo chamado “Espirito Santo”. Simples!

    1. “Minha crença” não! eu não criei seita nenhuma, sou a favor da Palavra de Deus a qual você “gentilmente” chama de mentira e diz que não existe. blasfemaste várias vezes.
      “..disse-lhes o Espírito Santo: Separai-me a Barnabé e a Saulo para a obra a que os tenho chamado.” Atos 13:2

  4. tyago luiz, meu processo de desconversao nao esta’ relacionado com nenhuma decepcao que tive na vida. Foi um processo longo e gradativo totalmente baseado em racionalidade.

    1. totalmente baseado em uma lavagem cerebral.

  5. dlw, que tristeza para sua alma você ter se deixado perder. Mas ainda há tempo. Volte-se para o Senhor e Ele, que é rico em misericórdia, te aceita. Veja o exemplo do filho pródigo. Mas cuidado, volte enquanto é tempo.

    1. Obrigado pelas palavras. A vida e’ muito preciosa para se desperdicar videndo debaixo de mitos e dogmas. Gostaria de retribuir suas palavras desejando que vc se abra para a grandiosidade da vida. Sou muito mais feliz e realizado hoje do que nos meus tempos de “crente”. Abs.

    2. Anabatismo, esse cara, o dlw, é um desviado e apostata declarado, é um tipo acadêmico e “ama” amaldiçoar a Deus, com suas injurias já pecou várias vezes contra o Espirito Santo com palavras, e também é um anarquista virtual e tem um website obscuro onde propaga idéias obscuras.

    3. percebe que o diabo fala através do dlw (lembrar parabola do demonio expulso 7x pior).
      olha o que ele disse :
      ” – [diabo] Sou muito mais feliz e realizado hoje [no inferno] do que nos meus tempos de “crente”.[querubim]  Abs [abraço de tamandua].

  6. tyago, sobre a acusacao de mentira. Tirando o Japao que nao se enquadra na sua descricao, e’ fato que a diferenca entre os paises religiosos (como EUA) e nao religiosos (como Suecia) se acentou muito nas ultimas geracoes … eliminando a influencia dos “homens e mulheres de Deus do passado.

  7. O que acontece é que os países de 1° mundo foram de maioria cristã. As universidades européias influenciadas pela cristianismo que por sua vez se apoiava na filosofia, desenvolveram a ciência moderna. E isto contribuiu para o desenvolvimento tecnológico e …

    1. científico o que resultou no desenvolvimento econômico. O ateísmo é consequência do alto padrão socioeconômico e não sua causa. O ser humano quando tem boa condição socioeconômica tende a esquecer de Deus. Ora isto é uma evidência da veracidade das palavras de Jesus …

    2. “É mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que um rico entrar no reino de Deus”. Mas não esqueçamos que os grandes nomes da ciência moderna se diziam cristãos. Portanto ateísmo não é sinônimo de sabedoria, inteligência e progresso.

    3. E a própria ciência se desenvolveu nas universidades europeias que se apoiavam no cristianismo que por sua vez se apoiavam na filosofia. Estes fatores contribuíram para o desenvolvimento científico e tecnológico e posteriormente progresso socioeconômico.

    4. Mas a doutrina ateísta, hedonista e materialista destrói a sociedade. Graças ao aborto, e ao hedonismo descomprometido com os valores da família, a população europeia autóctone vem diminuindo, em vez disso crescem os imigrantes mulçumanos…

  8. Quem já atuou em missões sabe o quanto uma população pobre está mais receptiva para o Evangelho do que em lugares de alta renda. “E, outra vez vos digo que é mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar um rico no reino de Deus.”

    Mateus 19:24

Comentários 1 - 21 de 21Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement