Esqueceu a senha?

Padre compra carro de luxo no ES

por Artigo compilado - qui ago 01, 7:52 am

Padre compra carro de luxo no ES e diz que é para ‘exercício da função’

Veículo foi comprado em nome da igreja e custou R$ 86 mil, diz padre. Arcebispo de Vitória falou que padres não fazem votos de pobreza.

Depois da passagem do Papa Francisco pelo Brasil e do exemplo de simplicidade deixado por ele, a compra de um carro de luxo por um padre de Vila Velha, na Grande Vitória, tem gerado polêmica entre os fiéis locais. De acordo com o sacerdote, o veículo foi comprado em nome da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e custou R$ 86 mil, sendo R$ 29 mil retirados das próprias economias. O padre negou qualquer motivação de ostentação na compra. O arcebispo de Vitória afirmou que os padres podem ter bens e não fazem votos de pobreza, mas são aconselhados a fazer doações. Para o Papa Francisco, os sacerdotes devem dar exemplo de simplicidade.

“Penso que temos que dar testemunho de uma certa simplicidade – eu diria, inclusive, de pobreza. O povo sente seu coração magoado quando nós, as pessoas consagradas, são apegadas a dinheiro”, disse o Santo Padre, em entrevista ao Fantástico, exibida no último

O padre Pedro Camilo assumiu a Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no bairro Praia da Costa, no último mês de janeiro e afirma ter comprado o carro em nome da igreja para o exercício da função. “Tivemos uma boa oportunidade e conseguimos um bom desconto. Mas o carro não vai ser usado só dentro da paróquia, porque eu administro uma casa de retiro em Nova Almeida para dependentes químicos e isso facilita a locomoção. É para servir a igreja”, explicou.

De acordo com o arcebispo de Vitória, Dom Luiz Mancilha, os padres não fazem voto de pobreza e podem, sim, trabalhar e ter bens próprios. A orientação, no entanto, é de que os sacerdotes façam doações.”Precisamos ter cuidado quando falamos de algo que acontece em uma paróquia. Não podemos sair condenando, porque, se houver algo errado, será corrigido. Há muito tempo estamos dialogando e temos que ponderar. Vamos dar tempo ao tempo, em vez de punir e marginalizar”, destacou o arcebispo.

Extraído do site G1 em 01/08/2013


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

6 Comentários

Comentários 1 - 6 de 6Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. ” … a respeito de João [Batista]: Que fostes ver no deserto? … Sim, que fostes ver? um homem ricamente vestido? Os que trajam ricamente estão nas casas dos reis.Mas, então que fostes ver? um profeta? Sim, vos digo eu, e muito mais do que profeta;”
    mateus 11:7

  2. QUEREMOS CRITICAR UM PADRE E OLHE NOSSO PASTORES!!!………
    TODOS TEM TELHADO DE VIDRO…QUANTA HEREGIA DA AMBAS AS PARTE..
    QUE DEUS TENHA MISERICÓRDIA DESSA GERAÇÃO PORQUE A COISA VAI DE MAL  A PIOR…

    1. Não Edson é o contrário,criticam tanto os pastores e agem de igual modo.Não que os pastores tenham que andar nababescamente.E olhe que a maior parte do dinheiro vai ser tirada da paróquia. Se o pastor tiver emprego e comprar com seu dinheiro e não da igreja é uma situação diferente.

    2. edson rosa
      parabéns pelo sue comentário
      o que tem de pastores aí metidos em cumbuca é algo impressionante
      quanto a este padre deve ser adepto da teologia da prosperidade protestante

  3. sr josenir
    não foi a igreja protestante que nasceu para ser melhor que a católica?
    logo se vê que vcs é que não dão bom exemplo

  4. “Padre compra carro de luxo no ES e diz que é para ‘exercício da função’
    Veículo foi comprado em nome da igreja e custou R$ 86 mil, diz padre. Arcebispo de Vitória falou que padres não fazem votos de pobreza.”

    Que vergonha! este padre não quer ser mais papa-hóstia, só caviar ! 

Comentários 1 - 6 de 6Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement