Esqueceu a senha?

Papa e a aproximação entre Cuba e EUA

por Julio Severo - sáb dez 20, 1:31 am

Barack-Obama-e-papa-Francisco-size-598

Comentário de Julio Severo: Cuba é um país majoritariamente católico, e os EUA têm uma população católica imensa, graças à imigração latino-americana. Esse é o motivo principal por que o papa tem influência em ambos os países. O que é surpresa é que, se o papa tem o poder de desempenhar um papel crucial na normalização das relações entre EUA e Cuba, abrindo as portas do Vaticano para reuniões secretas entre americanos e cubanos, por que ele não usa seu poder para abrir o Vaticano para reuniões para convencer o governo americano a parar de promover e impor a agenda gay nas nações? Por que ele não usa sua influência para reverter o papel pró-aborto do governo dos EUA? A reportagem abaixo, do UOL, está de acordo com a Associated Press e outras agências internacionais que consultei hoje:

O papa Francisco e o Vaticano tiveram um papel essencial, intermediando a aproximação histórica anunciada nesta quarta-feira (17) entre Estados Unidos e Cuba, indicou um funcionário americano de alto escalão.

O papa fez um apelo pessoal a Barack Obama em uma carta enviada neste verão (do hemisfério Norte) e se comunicou com Raúl Castro em outra correspondência enviada separadamente a ele. Além disso, o Vaticano recebeu delegações de ambos os países para concluir a aproximação, explicou a fonte.

O Vaticano também teve um papel-chave nas conversas iniciadas no ano passado para a soltura do prisioneiro Alan Gross, que se concretizou nesta quarta-feira, pouco antes do anúncio oficial das mudanças nas relações diplomáticas.

As correspondências teriam sido escritas em meados de 2014. Nelas, o pontífice pede para os dois líderes estreitarem as relações. O secretário de Estado dos EUA, John Kerry, inclusive, encontrou seu homólogo do Vaticano, Pietro Parolin, na última segunda-feira (15).

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, destacou em seu discurso o envolvimento “pessoal” do papa Francisco no processo de negociações entre seu país e Cuba. O presidente de Cuba, Raúl Castro, também agradeceu  o apoio do Vaticano e do papa Francisco na “melhora das relações entre Cuba e Estados Unidos” e ao governo do Canadá por ter facilitado o diálogo de “alto nível” entre os governos.

O papa Francisco “se agradou vivamente” com o anúncio do restabelecimento das relações entre Estados Unidos e Cuba”, segundo o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi.

Em um comunicado oficial, o papa disse que gostaria de expressar “seus mais calorosos parabéns pela histórica decisão tomada pelos governos dos EUA e de Cuba de estabelecer relações diplomáticas, com o objetivo de superar as dificuldades que marcaram a história recente”.

A nota detalha que nos últimos meses, o papa Francisco escreveu cartas e convidou os dois presidentes a resolverem “questões humanitárias de interesse comum, incluindo a situação de certos prisioneiros”.

“Ele recebeu delegações dos dois países no Vaticano em outubro e abriu as portas de seus escritórios para facilitar o diálogo construtivo de questões delicadas, culminando em soluções aceitáveis aos dois países.”

Também disse que assegura manter o apoio a iniciativas para fortalecer os laços entre as duas nações e promover o bem-estar dos cidadãos. (Com agências internacionais)

Fonte: UOL Notícias

Divulgação: www.juliosevero.com


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

7 Comentários

Comentários 1 - 7 de 7Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Os golpes do Anticristo. Papado a besta do Apocalipse, o Anticristo, só não vê quem quer. Muitos esperam um Anticristo futuro, uma espécie de governante mundial, mas não enxergam que o Anticristo sempre esteve presente e é o Papa. O ecumenismo é seu maior triunfo.

  2. Na época da Reforma todos tinham essa noção, com o ecumenismo e a infiltração de Jesuítas na Igreja Evangélica esse conhecimento, do Papa ser o Anticristo, foi sendo suprimido através do erro do pré-milenismo dispensacionalista de Manuel Lacunza padre jesuíta.

  3. Depois com Darby e Scofield outros jesuítas também que ajudaram a disseminar esse erro. O pré-milenismo quase me enganou uma vez, mas lendo o Evangelho me despertei a tempo. Irmãos, não se deixem enganar, o Anticristo já existe e é o Papado, Roma-Babilônia.

  4. EUA e CUBA estão se flertando, com beijinhos, mas os EUA não confiam em ninguém tanto que mantém um sistema de espionagem até entre os aliados, com CUBA não vai ser diferente quando a relação progredir para namoro, vão tomar cuidado com a ratoeira escondidas nas “tits” cubanas.

  5. Bom dia, 
    Jogada do obama para conquista a população latina.
    Ele perdeu a popularidade o congresso é da direita republicana,como tea party.

  6. Portanto, a  politica da aguia do norte  é destabilizar
    O populismo latino americano.
    Como: bolivariano Bolivia,Equador,nicarágua,venezuela.

    1. Deus me livre deste esterco : sistema bolivariano …. se isso fosse bom estes países estavam como “emergentes” e não como palpérrimos. na Venezuela não tem nem papel higienico.
      E querem isso para o Brasil ! ?

Comentários 1 - 7 de 7Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement