Esqueceu a senha?

Papa sabe e acoberta os casos de pedofilia

por Artigo compilado - qua ago 29, 9:12 am

Papa sabia que cardeal americano era assediador, acusa ex-diplomata do Vaticano

Carlo Maria Viganò, um sacerdote conservador crítico do Pontífice, alega que Francisco ignorou ‘dossiê de abusos’ de Theodore McCarrick

Um ex-diplomata do Vaticano nos Estados Unidos alegou, em uma carta publicada neste domingo, dia 26 de agosto, que o Papa Francisco sabia, anos antes de se tornarem públicos, dos abusos sexuais cometidos por um cardeal americano — que hoje está com a reputação em ruínas.

A acusação bombástica, levantada por Carlo Maria Viganò, um crítico ferrenho de Francisco, acontece no mesmo dia em que o Pontífice implorou “perdão ao Senhor” pelos abusos sexuais dentro do clero, em um santuário na Irlanda. Ele realiza seu segundo dia de viagem ao país.

A divulgação da carta ameaça atrapalhar de forma imediata a difícil missão do Papa de demonstrar seu compromisso com o combate aos escândalos de abuso sexual clerical que assombram sua Igreja. Não só Francisco, mas também vários outros membros do alto escalão do Vaticano, foram agora acusados por Viganò de ajudar a encobrir os escândalos.

Viganò pediu sua renúncia. O Vaticano ainda não reagiu à carta.

Extraído do O Globo em 29/08/2018

 

 


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

1 Comentário

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. isso parece ser somente a ponta do iceberg … imagina o que esse clero não tem feito ao longo dos séculos passados, quando tinham poder estatal e faziam torturas inimagináveis por meio da “santa” inquisição.

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement