Esqueceu a senha?

Paulo contradisse o que Jesus falou sobre o divórcio?

por Artigo compilado - seg fev 10, 12:09 am

aliancaquebrada]

1 CORÍNTIOS 7.10-16 – Paulo contradisse o que Jesus falou sobre o divórcio?

PROBLEMA

Essa passagem de 1 Coríntios fala de um crente que é casado com um descrente. A certo ponto, Paulo diz: “Mas, se o descrente quiser apartar-se, que se aparte; em tais casos, não fica sujeito à servidão nem o irmão, nem a irmã”(v. 15). Jesus disse em Mateus 5:32 e 19:8-9 que se pode divorciar de uma esposa somente no caso de infidelidade conjugai. Paulo está advogando o divórcio ou a separação?

SOLUÇÃO

Não há contradição entre o que Paulo diz e as palavras do Senhor Jesus. Primeiro, Paulo diz que se um dos cônjuges é crente e o outro não, e na hipótese de o cônjuge descrente não querer apartar-se, o crente não deve insistir que se aparte (vv.12-13). Segundo, Paulo diz que se a esposa deixar o marido, ela deverá ficar sem um novo casamento (v. 11). Isso de igual forma valerá para um marido que deixar a esposa.

Paulo não diz que o cônjuge crente deve divorciar-se ou se casar de novo, se o cônjuge descrente apartar-se. Em lugar disso ele sugere que permaneça sem contrair novo casamento (v. 11), sem dúvida na esperança de uma reconciliação. O ideal de Deus para o casamento é a união de um homem com uma mulher até a morte (1 Co 7:2; cf. Rm 7:1 -2). Portanto, enquanto houver esperança de reabilitação do casamento, os dois são obrigados a tudo fazer para tal fim. Isso está de pleno acordo com o que Jesus disse sobre a permanência do casamento (em Mateus 5:33 e em 19:7-9).

MANUAL POPULAR de Dúvidas, Enigmas e “Contradições” da Bíblia. Norman Geisler – Thomas Howe


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Comentários fechados neste artigo.

Advertisement