Esqueceu a senha?

Paulo mandou entregarmos pessoas a satanás?

por Artigo compilado - ter ago 12, 6:55 pm

Paulo pregação

A maioria dos teólogos entende que o texto aponta para uma espécie de disciplina ou exclusão da comunhão com a Igreja, O Corpo de Cristo – Como entender o fato de Paulo mandar entregar dois obreiros da Igreja a Satanás?

“E entre esses foram Himeneu e Alexandre, os quais entreguei a Satanás, para que aprendam a não blasfemar” (1Tm 1.20).

Timóteo, um obreiro ainda bem jovem, estava enfrentando sérios problemas na igreja de Éfeso. Por conta disso, o apóstolo Paulo lhe escreveu uma carta encorajando-o a manter a ordem entre os irmãos. Os falsos mestres estavam deturpando os ensinos originais nos quais a igreja tinha sido instruída e, entre os tais, Paulo cita dois nomes: Himeneu e Alexandre.

Quando recebeu o ministério eclesiástico pela imposição das mãos do presbitério, o jovem Timóteo recebeu juntamente a responsabilidade de combater as heresias que possivelmente surgiriam no seio da igreja (1Tm 1.18; 4.14; 6.12).

Não há menção específica a respeito das heresias com as quais aqueles dois falsos obreiros se envolveram. Entretanto, parece que a carta de Paulo a Timóteo visava tratar problemas de crenças religiosas e idéias filosóficas. O contexto sugere que esses obreiros estavam envolvidos com questões pertinentes ao gnosticismo, sendo que Himeneu é citado por Paulo em 2Timóteo 2.17,18 como que ensinando que a ressurreição já tinha acontecido, alegorizando-a e minando a esperança futura dos irmãos.

A sentença para esses obreiros seria que fossem “entregues a Satanás”, o que a maioria dos teólogos entende como uma espécie de disciplina ou exclusão da comunhão com a Igreja, o Corpo de Cristo. Este procedimento visava tanto a correção como a punição. Quanto a este fato, a Bíblia de estudo de Genebra afirma o seguinte: “Portanto, foram devolvidos ao mundo – domínio de Satanás (Jo 12.31; 14.30; 16.11; 2Co 4.4; Ef 2.2)”. No mesmo sentido, a Bíblia de estudo Pentecostal considera: “Ser desligado da Igreja; por outro lado, deixa a vida da pessoa aberta aos ataques destrutivos e satânicos (Jó 2.6,7; 1Co 5.5; Ap 2.22)”.

 

Extraído do site do ICP em 12/08/2014


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

5 Comentários

Comentários 1 - 5 de 5Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Anterior a Paulo, isso já foi explicada nesta parabóla “E, indignando-se, o seu senhor o entregou aos verdugos, até que lhe pagasse toda a dívida.” (Mt 18:34).
    Irmãos blasfemadores e que não perdoam o próximo, a consequência é breve, logo a sua alma será afligida. 

  2. Paulo já teve a experiência em si : “espinho na carne – mensageiro de satanas”. 2Cor12:7
    se o cristão deixa de ser sal da terra, ele será “pisado pelos homens” Mt.5:13
    Não precisa nem ser “desligado” da igreja basta andar no pecado e sem arrependimento.
    esse mal lhe sobrevem.

  3. eles foram entregues a satanas no sentido de que eles serão afligidos tal como Saul foi por um espírito demoniaco e reconhecam que estão errados e se voltem pra cristo que os pode libertar e traze_los a verdade

  4. Eu cometi um pecado a 9 meses atrás, fui disciplinado a 7 sete meses (confessei o pecado após 2 meses do ato). Fui LITERALMENTE PROIBIDO de participar de qualquer culto de portas abertas (seg,ter,qua,qui,sex), so POSSO ir sab e domingos. Isso está correto ? Sou da Ass. de Deus Recife.

  5. Eu sou cristão a 10 anos, eu me arrependi e não cometi mais nenhum mal, a última vez que ceei foi à 9 meses atrás. Agora estou proibido de entrar na Assembleia de Deus Recife durante a semana e cear, nenhuma liderança me procura pra me dá uma mensagem de conforto. Me ajudem por favor.

Comentários 1 - 5 de 5Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement