Esqueceu a senha?

Perguntas e respostas a respeito do Sábado

por Pr. João Flávio Martinez - qui jun 14, 3:09 pm

Os Adventistas guardam o sábado por serem salvos ou pra salvação?

  • “Santificar o Sábado ao Senhor importa em salvação eterna”. (Livro: Testemunhos Seletos, vol. III pág.22, EGW ed1956).
    ellenwhitebooks.com
  • “O Pr. Bates, o apóstolo da verdade sobre o sábado, tomou a liderança em advogar a obrigatoriedade da guarda desse dia” (Livro “Primeiros Escritos, Prefácio Histórico XXII.
  • “Que é, pois, a mudança do Sábado, senão o sinal da autoridade da igreja de Roma – “a marca da besta”; “O selo da lei de Deus se encontra no quarto mandamento… Os discípulos de Jesus são chamados a restabelecê-lo, exaltando o Sábado…” – (Livro: O Grande Conflito, Ed. condensada, 1992, pag. 267 e 269)”.

Como o sábado era guardado na VT:

  • Não sair de casa no sábado (Êx. 16.29);
  • Não ferver ou assar comida (Êx. 16.23);
  • Guardar o sábado dentro de casa (Êx. 16.29);
  • Não acender fogo (Êx. 35.3);
  • Não fazer viagens (Ne. 10.31);
  • Não carregar peso (Jr. 17.21);
  • Não fazer transações comerciais (Am. 8.5).

O Sábado foi guardado por Adão, Abraão e outros antes do Sinai?

A Lei foi dada 430 anos depois de Abraão (Gl 3.17). Logo, Abraão não poderia guardar o que desconhecia no seu tempo (Dt 5.1-3: “Ouve o Israel, as leis e os preceitos que hoje proclamo…”.

Outra coisa, Abraão era de Ur dos Caldeus e a Bíblia deixa claro que a Lei não foi dado a nenhum outro povo que não sejam os Judeus:

Mostra a sua palavra a Jacó, os seus estatutos e os seus juízos a Israel.
Não fez assim a nenhuma outra nação; e quanto aos seus juízos, não os conhecem. Louvai ao Senhor. Sl 147.19,20

Quais foram os preceitos que Abraão guardou diante de Deus?

1)     Que saísse da sua Terra (Gn 12.1),

2)     Que andasse em sua presença e fosse perfeito(Gn 17.1),

3)     Que guardasse o concerto da circuncisão (Gn17.9-11),

4)     Que ouvisse sua esposa Sara para deitar fora sua serva Agar (Gn 21.22),

5)     Que sacrificasse seu filho Isaque (Gn 22.2),

6)     Que permanecesse na terra que Deus lhe dissesse (Gn26.2-3).

Esses foram os preceitos, mandamentos e leis que Deus deu à Abraão e nada mais, pois caso se acrescente alguma coisa além disso estamos indo além do que está escrito (I Co 4.6), é pura especulação e acréscimo ao texto bíblico!

Por que Deus deu a lei aos Judeus?

Porque te lembrarás que foste servo na terra do Egito, e que o Senhor teu Deus te tirou dali com mão forte e braço estendido; por isso o Senhor teu Deus te ordenou que guardasses o dia de sábado. Dt 5.15

“Guardarão, pois, o sábado os filhos de Israel, celebrando-o nas suas gerações como pacto perpétuo. Entre mim e os filhos de Israel será ele um sinal para sempre; porque em seis dias fez o Senhor o céu e a terra, e ao sétimo dia descansou, e achou refrigério” (Ex.31:16).

Em Ex 16.23 é dito que os judeus, antes das lei do Sinai, já guardava o santo Sábado – então o sábado sempre foi observado?

Na verdade não, pois no processo de saída da terra do Egito, Deus iniciou o processo pedagógico com seu povo: E ele clamou ao Senhor, e o Senhor mostrou-lhe uma árvore, que lançou nas águas, e as águas se tornaram doces. Ali lhes deu estatutos e uma ordenança, e ali os provou. Êx 15.25

O Sábado faz parte da Lei que foi totalmente abolido por Cristo?

 “… e havendo riscado o escrito de dívida que havia contra nós nas suas ordenanças, o qual nos era contrário, removeu-o do meio de nós, cravando-o na cruz”(Cl.2:14); “mas o entendimento lhes ficou endurecido. Pois até o dia de hoje, à leitura do velho pacto (a Lei), permanece o mesmo véu, não lhes sendo revelado que em Cristo é ele (a Lei e tudo o que nela está incluído, no nosso caso o Sábado) abolido” (II Cor.3:14). { Grifo do autor}.

Os adventistas, para imporem a obrigatoriedade da guarda do Sábado, se valem de argumentos infundados estabelecendo uma distinção entre a Lei Moral e Lei Cerimonial, Lei de Deus e Lei de Moisés, dizendo que a Lei Moral ou lei de Deus se restringe aos 10 mandamentos e continuará para sempre, e que a Lei de Moisés ou Lei cerimonial abrange o Pentateuco escrito por Moisés e foi abolida. Essa distinção é imprópria e inescriturística.

Lei de Deus e Lei de Moisés são diferentes ou a mesma coisa?

A Bíblia declara que só há um legislador e este é Deus: “Porque o Senhor é o nosso Juiz; o Senhor é o nosso Legislador” (Is 33.22; Tg 4.12). Se há um só legislador, afirmamos, com segurança, que essa suposta distinção entre lei de Deus (os dez mandamentos), e lei de Moisés (o livro da lei), não resiste a uma pesquisa bíblica. Afinal, indistintamente, a mesma lei é chamada de lei de Deus e lei de Moisés, porque Deus a deu por meio Dele, e não são duas leis distintas como ensinadas pelos adventistas.

Leiamos: “E chegado o sétimo mês, e estando os filhos de Israel nas suas cidades, todo o povo se ajuntou como um só homem, na praça, diante da porta das águas; e disseram a Esdras, o escriba, que trouxesse o Livro da Lei de Moisés” (Ne 8.1).

Observe a expressão “o livro da Lei de Moisés”. Este mesmo livro, denominado de “Lei de Moisés” é, a seguir, chamado de “Lei de Deus”:

“E leram no livro, na Lei de Deus; e declarando e explicando o sentido, faziam que, lendo, se entendesse […] E acharam escrito na Lei que o Senhor ordenara, pelo ministério de Moisés…” (Ne 8.8-14).

Como se vê, o livro da lei é chamado indistintamente de “Lei de Moisés” e de “Lei de Deus”, sempre se tratando das mesmas leis e não de leis distintas.

Qual a Lei que os cristãos devem guardar?

A lei de Cristo:

Para os que estão sem lei, como se estivesse sem lei (não estando sem lei para com Deus, mas debaixo da lei de Cristo), para ganhar os que estão sem lei. 1 Co 9.21

Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo. Gl 6.2


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement