Esqueceu a senha?

Perguntas e respostas sobre a Trindade

por Pr. Natanael Rinaldi - sáb jun 10, 2:32 pm

Pergunta: Algumas pessoas afirmam que a doutrina da Trindade não pode ser sustentada à luz da Bíblia, e outros vão além, dizendo que nós adoramos três deuses. O que afirma o Pastor?

Resposta: Em primeiro lugar, damos uma definição da doutrina: Cremos em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Estas três pessoas constituem um só Deus, o mesmo em natureza, iguais em poder e glória.

Pergunta: E para aquelas pessoas que afirmam que essa doutrina está além da compreensão humana?

Resposta: Se prevalecesse esse argumento, pela mesma razão poderíamos negar a existência de Deus, pois há um mistério em torno da existência de Deus. Ele é incomensurável. Está além da nossa compreensão, e no entanto cremos na sua existência (Isaías 55.8-9; Romanos 11.33-34).

Pergunta: Que textos poderiam ser citados apoiando a Trindade?

Resposta: Existem vários textos na Bíblia que falam de Deus como Pai; textos que falam do Filho como Deus; e ao Espírito Santo como Deus.

Pergunta: A Bíblia chama Deus como Pai de Jesus Cristo. Em que sentido deve-se entender esse relacionamento entre Pai e Filho?

Resposta: Para responder sua pergunta, primeiro leiamos Mateus 11.27. O texto quer dizer que Deus é Pai num sentido transcendente que o homem não pode conhecer, a não ser uma revelação especial. Distinguindo-se essa relação especial que Jesus tem como Pai, daquela que Jesus teve com os seus discípulos. Ele disse: “Vós orareis assim: Pai nosso que estais nos céus…”. “Pai santo, guarda em teu nome aqueles que me destes…” (João 17.11). E é interessante observar que Jesus ensinou aos seus discípulos orar, porém nunca orou em companhia deles, porque simplesmente suas relações eram diferentes das que ele podia ter. Tinha consciência de ser Filho num sentido que os outros homens não poderiam ser, e, não tendo pecado, não podia unir-se aos discípulos em oração por isso não podia unir-se aos discípulos em orarão, dizendo: “Pai nosso… perdoa-nos as nossas dívidas…” Ainda temos que, Jesus falando do céu, disse: “Na casa de meu Pai há muitas moradas…” (João 14.2). Ele não disse “na casa de nosso Pai”, coisa que deveria esperar-se se sua filiação divina com Deus Pai fosse da mesma natureza da nossa.

Pergunta: Quer dizer então que o título Filho é dado a Jesus para indicar a relação especial existente entre ele e Deus?

Resposta: Exatamente. Em Lucas 1.32 o anjo Gabriel disse a Maria: “Este será grande, e será chamado Filho do Altíssimo…”. Em João 1.33 João afirmou: “tenho testificado que este é o Filho de Deus”. Em Mateus 3.16-17 e 17.5 se repete a mesma expressão dita pelo Pai: “Este é o meu Filho amado, em que me comprazo”. Pedro testificou em Mateus 16.16-17: “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo”.

Pergunta: Em que condições Jesus afirmava ser filho de Deus, qual o significado dessa expressão?

Resposta: É só lermos João 5.18 que encontramos a resposta: “Por isso os judeus ainda mais procuravam mata-lo, porque não só quebrantava o sábado, mas também dizia que Deus era seu próprio Pai, fazendo-se igual a Deus”. Repito: Dizia que Deus era seu próprio Pai, fazendo-se igual a Deus.

Pergunta: E quando alguns afirmam que o Espírito Santo é apenas uma influência ou força ativa, como se pode contestar essa posição?

Resposta: O Espírito Santo é apresentado como uma pessoa na Bíblia. O vocábulo Consolador, que é tradução da palavra grega paráclito, como se lê em João 16.7-8, também pode ser traduzida por Advogado, Amparador, Auxiliador. Como tal, exerce funções que só podem ser atribuídas a Cristo, como se lê em IJoão 2.1: “Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo para que não pequeis, e se alguém pecar, temos um Advogado [um Paráclito] para com o Pai, Jesus Cristo, o justo”.

Além disso, o Espírito Santo é mencionado com relação a outras pessoas, o que indica ser ele também uma pessoa (Atos 13.2 e 16.6-7; Romanos 8.11,26. Em Mateus 12.32; Atos 5.3-4, 7.51, 13.2 e 16.6-7; Efésios 4.30 o Espírito Santo é apresentado como sendo blasfemado, resistido, entristecido coisa que só uma pessoa pode sentir.

Pergunta: O que é contraditório, da parte daqueles que negam a doutrina da Trindade, é que negam mais ainda assim batizam em nome da Trindade, como se lê em Mateus 28.19: “Ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo” não é verdade?

Resposta: Sim, e tem mais. A chamada saudação, ou bênção apostólica, como se lê em IICoríntios 13.14: “A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus Pai, e a comunhão do Espírito Santo seja com todos vós”.

Pergunta: Poderíamos afirmar também que em ICoríntios 12.4-6 há uma declaração da Trindade?

Resposta: Sim, está correta sua colocação, pois esse texto diz: Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo. E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo. E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos”.


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

5 Comentários

Comentários 1 - 5 de 5Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Bíblicamente existe o Deus Uno e Trino que é O Pai, O Filho e. O Espírito Santo.

  2. faltou muitos textos a ser considerado aí; por exemplo 1 Cor. 8: 5 e 6, onde o apostolo Paulo diz  que para os cristão existe apenas um Deus, qual seria? o Pai, pq então ele não disse: o Pai, o Filho e o Espírito Santo?;pq ele não aproveitou essa oportunidade para esclarecer a trindade? 

    1. E por que você não aproveita a oportunidade de ficar calado, e estude mais ???

      http://www.cacp.org.br/a-trindade-nas-escrituras/

      não “paulo” que tem que adequar-se a você ! é você que precisa estudar mais e falar menos bobagens.

  3. O Novo Testamento Afirma que “Existe UM Só Deus! Até O Diabo Crê e Teme!” Vocês Cristãos não respeitam nem o que ensinam! Que História é essa de Trindade?

    1. ” … batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo” mateus 28:19b

      é o sr. que não respeita nada, cita o N.T e desconhece este verso tão relevante que evidência a trindade explicitamente.

Comentários 1 - 5 de 5Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement