Esqueceu a senha?

Por que expor o erro das seitas?

por Pr. Natanael Rinaldi - seg jan 09, 9:40 am

seita-evan

ESTÃO ERRADAS AS CRÍTICAS RELIGIOSAS?

Não! A Bíblia nos manda “batalhar arduamente pela fé que de uma vez por todas foi entregue aos santos” (Judas 3). Para batalhar arduamente pela fé, é necessário às vezes corrigir e repreender (II Timóteo 4.2). É preciso ocasionalmente repreender os homens severamente (Tito 1.13). Às vezes é necessário se opor a um companheiro cristão (Gálatas 2.11). É preciso também debater e poderosamente contradizer falsos professores em público (Atos 9.29 e 18.28).

O diabo, é claro, prefere que os homens religiosos mantenham suas bocas fechadas enquanto ele se veste de cordeiro (Mateus 7.15), disfarçando-se como um anjo de luz (2 Coríntios 11.13-15) e infiltrando-se despercebido (Judas 4), introduzindo dissimuladamente heresias destruidoras (II Pedro 2.1) para destruir a fé do homem (Efésios 6.10-17; II Coríntios 10.3-5). A batalha nunca pode estar ganha por entregarmos nossas armas ou por comprometermo-nos com os erros.

O diabo é audacioso, ele raramente aparece com dois chifres e um rabo. Ele meramente distorce o evangelho (Gálatas 1.6-9; II Pedro 3.15-16) e se mascara como um verdadeiro cristão. Então, quando os homens tomarem a espada do Espírito (Efésios 6.17) e começarem a se opor contra o erro, ele chora: “Nós precisamos de mais amor e paciência; nós apenas vemos as coisas de maneira diferente, mas todos nós servimos ao mesmo Deus e estamos indo para o mesmo lugar”.

Não devemos batalhar ou sermos briguentos sobre caprichos pessoais ou opiniões. Mas, quando a pureza da doutrina de Deus é envolvida, nós devemos não somente discordar, mas batalhar arduamente pela verdade do evangelho! (por Gary Fisher).

Quando alguém está sendo enganada por alguém de quem não desconfia, não há um dever moral de avisarmos a pessoa que está sendo enganada? Por exemplo, você não avisaria uma família que sua casa está pegando fogo, estando eles ausentes?

POR QUE EXPOR O ERRO DAS SEITAS E PREVENIR OS CRENTES?

“Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios; pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência” (I Timóteo 4.1-2).

PODE-SE SER FIEL A DEUS, TODAVIA OCULTAR OS FATOS?

“O que resulta quando se deixa uma mentira passar incontestada? Não ajuda o silêncio a passar a mentira como sendo verdade, a ter mais liberdade para influenciar muitos, talvez para prejuízo sério deles? O que acontece quando se deixa que má conduta e imoralidade fiquem sem serem expostas e condenadas? Não é como encobrir uma infecção, sem empenho para curá-la e impedir que se espalhe? Quando há pessoas em grande perigo, duma fonte de que não suspeitam, ou quando são desencaminhadas por aqueles que consideraram ser seus amigos, será que é desamoroso adverti-las? Talvez prefiram não acreditar na advertência. Podem até mesmo ressentir-se dela, mas livra isso alguém da responsabilidade moral de dar tal advertência?” (A Sentinela, 15 de Julho de 1974, p. 419).

PECADO DE OMISSÃO

“Aquele, pois, que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado” (Tiago 4.17).

É PERSEGUIÇÃO RELIGIOSA EXPOR OS ERROS DAS SEITAS?

Uma pessoa que se propõe apontar os ensinos errados de outros grupos religiosos pode ser tida como perseguidora? Vejamos o que dizem os adeptos de seitas. Vamos citar um exemplo das testemunhas de Jeová:

“Pode haver perseguição religiosa? Não é forma de perseguição religiosa alguém dizer e mostrar que a religião de outrem é falsa. Não é perseguição religiosa uma pessoa informada expor publicamente uma religião falsa, permitindo assim que outros vejam a diferença entre a falsa religião e a verdadeira. Mas, a fim de fazer a exposição, precisa usar meios autorizados de julgamento, uma regra de medir que não se prove falha. Expor publicamente uma falsa religião é certamente de mais valor do que expor uma falsa reportagem; é um serviço público em vez de perseguição religiosa, tendo a ver com a vida eterna e com a felicidade do povo. Ainda deixa o povo livre para escolher” (A Sentinela, 15 de maio 1964, p. 304).

O QUE DISSE LUTERO

“Se não houvesse seitas, pelas quais o Diabo nos despertasse, tornar-nos-íamos demasiadamente preguiçosos e dormiríamos roncando para a morte. A fé e a Palavra de Deus seriam obscurecidas e rejeitadas em nosso meio. Agora, essas seitas são para nós como esmeril para nos polir; elas nos amolam e estão lustrando nossa fé e nossa doutrina, para se tornarem limpas como um espelho brilhante. Também chegamos a conhecer Satanás e seus pensamentos e seremos hábeis em combatê-lo. Assim a palavra de Deus torna-se mais conhecida” (O Caos das Seitas, p. 282).

“Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores” (Mateus 7.15).

Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? E em teu nome não expulsamos demônios? E em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade” (Mateus 7.21-23).

“E a palavra desses roerá como gangrena; entre os quais são Himeneu e Fileto” (II Timóteo 2.17).

“Porque há muitos desordenados, faladores, vãos e enganadores, principalmente os da circuncisão” (Tito 1.10).

DEFINIÇÃO DE SEITAS E HERESIAS

O que é uma SEITA? É uma organização religiosa de pessoas que crê, segue e defende uma facção religiosa fundamentada em doutrinas ilegítimas (heresia). A palavra seita é a tradução da palavra grega “hairesis”: “E, levantando-se o sumo sacerdote, e todos os que estavam com ele (e eram eles da seita dos saduceus), encheram-se de inveja” (Atos 5.17).

O que é HERESIA? Ideias adulteradas ou doutrinas espúrias, falsas, ilegítimas; conjunto de doutrinas não condizentes com a Bíblia e com os princípios elementares da Palavra de Deus. “E até importa que haja entre vós heresias, para que os que são sinceros se manifestem entre vós” (I Corintios 11.19).

RESUMINDO: SEITA refere-se a uma organização ou grupo de pessoas organizadas em torno de um líder fundador. HERESIA indica as doutrinas ilegítimas defendidas pelo grupo.

  1. Uma seita é uma heresia organizada.
  2. Basicamente, seitas são movimentos religiosos que distorcem ou desvirtuam uma fé ortodoxa, adulterando suas doutrinas originais de forma ilegítima, promovendo heresias.

SEITAS NOS DIAS DE JESUS

Nos dias de Jesus havia seitas como a dos fariseus, saduceus, herodianos, essênios, zelotes “Alguns, porém, da seita dos fariseus, que tinham crido, se levantaram, dizendo que era mister circuncidá-los e mandar-lhes que guardassem a lei de Moisés” (Atos 15.5). “E enviaram lhe os seus discípulos, com os herodianos, dizendo: Mestre, bem sabemos que és verdadeiro, e ensinas o caminho de Deus segundo a verdade, e de ninguém se te dá, porque não olhas a aparência dos homens” (Mateus 22.16). Fariseus e saduceus tinham doutrinas diferentes. “Porque os saduceus dizem que não há ressurreição, nem anjo, nem espírito; mas os fariseus reconhecem uma e outra coisa” (Atos 23.8).

ADVERTÊNCIAS BÍBLICAS

Paulo fez advertência contra obreiros que iriam introduzir heresias depois da sua partida das igrejas da Ásia: “Olhai, pois, por vós, e por todo o rebanho sobre que o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue, porque eu sei isto que, depois da minha partida, entrarão no meio de vós lobos cruéis, que não pouparão ao rebanho; e que de entre vós mesmos se levantarão homens que falarão coisas perversas, para atraírem os discípulos após si” (Atos 20.28-30). A mesma forma o fez o apóstolo Pedro: “E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição” (II Pedro 2.1). Ainda citamos o apóstolo João: “Amados, não creiais em todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque muitos falsos profetas se têm levantado no mundo” (I João 4.1).

FORMAS DE DOUTRINAS

A palavra “doutrina” significa ensino normativo, como regra de fé e prática. O apóstolo Paulo aponta a importância da doutrina dizendo: “Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Persevera nestas coisas; porque, fazendo isto, te salvarás, tanto a ti mesmo como aos que te ouvem” (I Timóteo 4.16). “Tu, porém, fala o que convém à doutrina (Tito 2.1).

A Bíblia apresenta três formas de doutrinas.

– Doutrina de Deus: “Não defraudando, antes mostrando toda a boa lealdade, para que em tudo sejam ornamento da doutrina de Deus, nosso Salvador” (Tito 2.10).

– Doutrina de homens “Mas, em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos dos homens” (Mateus 15.9).

– Doutrina de demônios: “Mas o Espírito expressamente diz que nos ulíimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ou ouvidos a espíritos enganadores, e doutrinas de demônios” (I Timóteo 4.1).

A primeira – doutrina de Deus – é necessária, mas devemos rejeitar as duas últimas, que são perniciosas e nocivas.

MEIOS DE IDENTIFICAÇÃO DE UMA SEITA

As quatro operações de matemática nos ajudam a identificar uma seita. As quatro operaçoes são.

Adição: se utilizam da Bíblia e paralelamente apresentam ensinos que são do fundador ou de líder, ou ainda de um suposto profeta ou profetisa, dando a eles igual ou maior valor do que à própria Bíblia. “Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro, que se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro” (Apocalipse 22.18).

Subtração: Rebaixam a pessoa de Jesus. Comparam-no com o Arcanjo Miguel (Adventistas e Testemunhas de Jeová): “E outra vez, quando introduz no mundo o primogênito, diz: E todos os anjos de Deus o adorem (Hebreus 1.6). A LBV (Legião da Boa Vontade) nega que Jesus tivesse um corpo humano real, ensinando que ele tinha um corpo fluídico, aparente: “E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade” (João 1.14). A Maçonaria compara Jesus com Orfeu e Hermes.

As Testemunhas de Jeová afirmam que Deus escondeu o corpo de Jesus ressuscitado, que apenas se materializou: “E eles, espantados e atemorizados, pensavam que viam algum espírito. E ele lhes disse: Por que estais perturbados, e por que sobem tais pensamentos aos vossos corações? Vede as minhas mãos e os meus pés, que sou eu mesmo; apalpai-me e vede, pois um espírito não tem carne nem ossos, como vedes que eu tenho. E, dizendo isto, mostrou-lhes as mãos e os pés” (Lucas 24.37-40).

Multiplicação: Os espíritas ensinam que Jesus era um homem “médium de Deus”. Negam a eficácia da morte de Jesus para nossa salvação. “Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles” (Hebreus 7.25). Ensinam que cada pessoa salva a si mesma pela reencarnação. Ensinam: “Fora da Caridade não há Salvação”. A Bíblia diz: “O qual por nossos pecados foi entregue, e ressuscitou para nossa justificação” (Romanos 4.25). “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie” (Efésios 2.8-9).

Divisão: Afirmam que a salvação está na igreja ou organização religiosa e não apenas em Jesus. Dividem assim a fidelidade a Deus com a organização ou igreja a que pertencem. Os membros da CCB ensinam que a salvação está na irmandade, e que fora dela não existe salvação. “E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos” (Atos 4.12).

As Testemunhas de Jeová e a Igreja Católica ensinam que suas igrejas representam a arca de Noé, e dizem que, como ninguém se salvou fora da arca, assim ninguém se salva fora das suas igrejas.

SITUAÇÃO ATUAL DO MUNDO RELIGIOSO

Existem 11 grandes religiões mundiais: hinduismo, cristianismo, judaísmo, taoísmo, xintoísmo, budismo, islamismo, jainismo, siquismo, zoroastrismo, confucionismo. As seitas existentes são mais de 10 000 em todo o mundo.

Classificam-se as seitas em:

– Pseudo-cristãs: Catolicismo, Testemunhas de Jeová, Mormonismo, Adventismo, Igreja Local, A Família (Meninos de Deus), Ciência Cristã, Tabernáculo da Fé, Igreja Voz da Verdade.

– Espíritas: Kardecismo, LBV, Racionalismo Cristão, Cultura Racional, Cientologia, Santo Daíme.

– Sociedades Secretas: Maçonaria, Ordem Rosa Cruz, Teosofia, Círculo Esotérico da Comunhão do Pensamento, Gnosticismo, Nova Era.

– Afro-brasíleíras: Umbanda, Quimbanda, Candomblé, Voduísmo.

– Orientais do Japão: Perfeita Liberdade, Igreja Messiânica Mundial, Seicho-No-Iê, Arte Mahikari.

– Orientais da Índia: Meditação Transcendental, Movimento Hare Krishna.

– Orientais da Coréia: Igreja da Unificação.

COMO DISTINGUIR OS FALSOS PROFETAS

A Bíblia reconhece a existência de falsos profetas: “E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane; porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos” (Mateus 24.4-5).

Como Reconhecê-los?

1 – Ele profetizou alguma coisa que não se cumpriu?

Teste: “Porém o profeta que tiver a presunção de falar alguma palavra em meu nome, que eu não lhe tenha mandado falar, ou o que falar em nome de outros deuses, esse profeta morrerá. E, se disseres no teu coração: Como conhecerei a palavra que o SENHOR não falou? Quando o profeta falar em nome do SENFIOR, e essa palavra não se cumprir, nem suceder assim, esta é palavra que o SENHOR não falou; com soberba a falou aquele profeta; não tenhas temor dele” (Deuteronômio 18.20-22).

2 – Ele tomou o nome de Deus em vão?

Teste: “Não tomarás o nome do SENHOR teu Deus em vão; porque o SENHOR não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão” (Êxodo 20.7).

3 – Ele faz contato com os espíritos de mortos, adivinhação, magia?

Teste: “Quando entrares na terra que o SENHOR teu Deus te der, não aprenderás a fazer conforme as abominações daquelas nações. Entre ti não se achará quem faça passar pelo fogo a seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro; nem encantador, nem quem consulte a um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos (Deuteronômio 18.9-11).

4 – Ele se envolve com agoureiros, feiticeiros?

Teste: “Entre ti não se achará quem faça passar pelo fogo a seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro (Deuteronômio 18.10).

5 – Ele segue falsos deuses ou ídolos?

Teste: NÃO fareis para vós ídolos, nem vos levantareis imagem de escultura, nem estátua, nem poreis pedra figurada, na vossa terra, para inclinar-vos a ela; porque eu sou o SENHOR vosso Deus” (Levítico 26.1).

6 – Ele nega a divindade de Jesus Cristo?

Teste: “Tende cuidado, para que ninguém vos faça presa sua, por melo de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo; porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade (Colossenses 2.8-9).

7 – Ele nega a humanidade de Jesus Cristo?.”

Teste: “E todo o espírito que não confessa que Jesus Cristo veio em carne não é de Deus; mas este é o espírito do anticristo, do qual já ouvistes que há de vir, e eis que já está no mundo” (I João 4.3).

8 – Suas profecias desviam o foco central da pessoa de Jesus Cristo?

Teste: “Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim” (João 14.6).

9 – Ele advoga a abstenção de casamentos, e de certos alimentos e carnes, e recomenda o vegetarianismo por razões de ordem espiritual?

Teste: Proibindo o casamento, e ordenando a abstinência dos alimentos que Deus criou para os fiéis, e para os que conhecem a verdade, a fim de usarem deles com ações de graças” (I Timóteo 4.3).

Ora, quanto ao que está enfermo na fé, recebei-o, não em contendas sobre dúvidas. Porque um crê que de tudo se pode comer, e outro, que é fraco, come legumes. O que come não despreze o que não come; e o que não come, não julgue o que come; porque Deus o recebeu por seu” (Romanos 14.1-3).

“Comei de tudo quanto se vende no açougue, sem perguntar nada, por causa da consciência” (I Coríntios 14.25).

10 – Ele promove a imoralidade?

Teste: “Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus” (Gálatas 5.19-21).

11 – Ele encoraja o legalismo caracterizado por renúncias auto-impostas?

Teste: “Se, pois, estais mortos com Cristo quanto aos rudimentos do mundo, por que vos carregam ainda de ordenanças, como se vivêsseis no mundo, tais como: não toques, não proves, não manuseies? As quais coisas todas perecem pelo uso, segundo os preceitos e doutrinas dos homens” (Colossenses 2.20-22).

12 –Ele ensina que a guarda do sábado é necessária para a salvação?

Teste: “Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados, que são sombras das coisas futuras, mas o corpo é de Cristo” (Colossenses 2.16-17).

Uma resposta positiva a qualquer uma destas perguntas é uma indicação de que aquilo que o profeta diz não procede de Deus. Deus não fala nem corrobora com nada que seja contrário ao seu caráter e aos seus mandamentos (Enciclopédia Manual Popular de Dúvidas, Enigmas e Contradições da Biblia, p. 132,133).

Pr. Natanael Rinaldi


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

10 Comentários

Comentários 1 - 10 de 10Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Interessante que o cristianismo em seu primórdio era considerado “seita”. Seria isto uma evidência de que de fato era uma seita os que seguiam a Jesus, pelo simples fato de assim o serem taxados? Certamente que não!

  2. Esse é uma artigo para aqueles que dizem: somos todos irmãos ou quem julga é Deus.

    1. melhor o sr então explicar a que Jesus se refere quando diz para não julgar

  3. “Ele tomou o nome de Deus em vão?
    Teste: “Não tomarás o nome do SENHOR teu Deus em vão; porque o SENHOR não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão” (Êxodo 20.7)”
    interessante.Quantos deste site não fazem isto todos os dias, inclusive misturando religião com politica aqui?

  4. não coloque a palavra de Jesus abaixo da de pastores

  5. protestantes, atualmente são amigos do temer e do gilmar mendes, os vampiros brasileiros

  6. Aos espécimes “auro” e “jacometo” se tendes alguma replica, façam com argumentos bíblicos ou com alguma lógica, somente soltar pum pelos vossos teclados é perda de tempo. kkkkk

  7. “somente soltar pum pelos vossos teclados”

    meu filho, o sr pastor ungido e falando essas coisa aqui…mas meu filho…olha o decoro parlamentar meu filho, alias decoro pastoral

  8. “se tendes alguma replica”

    esse daí é mais um que quer dar uma de michel temer conjugando verbos tem tempos não muito usados pelo povão.Deve ser mais um que quer ser honoris causa sem saber nem diferenciar mal e mau.São amigos mesmo dos coxinhas que estão roubando mais ainda

  9. “Ele encoraja o legalismo caracterizado por renúncias auto-impostas?”

    parece certos pastores inclusive deste site que condenam a pregação por musicas e banda

Comentários 1 - 10 de 10Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement